Fisco reembolsou mais IRS este ano, mas demorou mais a pagar

O Ministério das Finanças devolveu 2,3 mil milhões de euros nos reembolsos de 2,6 milhões de declarações de IRS relativas ao ano de 2015, anunciou o Governo esta segunda-feira.

Em comunicado, o Ministério das Finanças refere que, até 31 de agosto, foram entregues cinco milhões de declarações, das quais 95% recebidas através da internet, mais 5% do que no ano anterior.

No último dia de agosto (prazo legal para as liquidações), segundo o ministério, estavam liquidadas 99,7 % das declarações, incluindo as entregues fora do prazo.

De acordo com o comunicado, deram origem a reembolso 2,6 milhões das declarações e foram emitidas 746 mil notas de cobrança. O valor total de reembolsos ascendeu a 2,3 mil milhões de euros, o que se traduz num acréscimo na ordem dos 344 milhões de euros face ao valor registado em 2015.

As notas de cobrança representaram um valor liquidado de 1,2 mil milhões de euros, um decréscimo de 107 milhões de euros face ao ano anterior.

Segundo a nota do ministério, a aplicação, pela primeira vez, de novas regras de liquidação do imposto levou a que os prazos de liquidação, reembolso e emissão de notas de cobrança tivesse registado algum aumento face aos anos anteriores.

O tempo médio de pagamento de reembolso situou-se nos 48,5 dias, face a 43,5 dias registados em 2015 e aos 40,55 dias registados em 2014, revelou o ministério.

No período oficial de entrega de declarações foram registados 28.148.495 acessos à área do IRS, no Portal das Finanças, dos quais resultaram 55.904.854 operações realizadas por contribuintes ou contabilistas certificados.

No último dia de agosto, estavam liquidadas 99,7% das declarações, incluindo as entregues fora do prazo, números que convergem com os de anos anteriores.

De acordo com o ministério, tendo em conta a prioridade conferida aos reembolsos, um número significativo de notas de cobrança foi emitido com um prazo de pagamento posterior ao prazo normal de 31 de agosto.

Segundo as informações do ministério, o valor das notas de cobrança nesta situação é de 594 milhões de euros, um acréscimo de 359 milhões de euros face ao ano anterior.

Face aos problemas identificados já no fim de 2015 com o preenchimento automático das despesas dedutíveis, foi introduzida a possibilidade de os sujeitos passivos substituírem os valores das deduções pré-preenchidos pela Autoridade Tributária através do sistema e-fatura.

A aplicação do prazo para opção pela tributação conjunta apanhou ainda desprevenidos muitos contribuintes que, ao entregarem as suas declarações fora de prazo, se viram privados da opção por aquele regime de tributação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …

Cientistas observaram pela primeira vez porcos a usar ferramentas

Uma equipa de cientistas registou pela primeira vez uma família de javalis das Visayas, num jardim zoológico em Paris, a usar paus para cavar e construir ninhos. Os porcos não gostam só de chafurdar na lama …

Transição verde: o mundo tem muito a aprender com uma pequena cidade na Islândia

Uma pequena cidade no norte da Islândia tornou-se quase neutra em dióxido de carbono (CO2). Uma equipa de cientistas viajou até ao país insular nórdico para descobrir como podemos aprender com esta cidade. Atualmente, as cidades …

Adolfo Mesquita Nunes não será candidato à liderança do CDS

Adolfo Mesquita Nunes anunciou este domingo que não será candidato à liderança do CDS. A garantia foi deixada pelo próprio, na sua página pessoal de Facebook, depois de ter sido desafiado por António Pires de …

Afastado desde a noite eleitoral, Rui Rio volta para lançar suspeitas sobre a RTP

Afastado dos holofotes desde a noite eleitoral e sem dizer se se vai recandidatar à liderança do PSD, Rui Rio recorreu ao Twitter para comentar as suas suspeitas sobre a RTP. O líder social-democrata recorreu às …

Iniciativa Liberal vai votar contra programa de Costa

O deputado eleito do Iniciativa Liberal vai votar contra o Programa de Governo, e revela que as suas primeiras propostas serão de desagravamento fiscal perante um Parlamento onde se quer sentar ao meio, "o mais …