Costa diz que retirar estado de emergência seria dar “sinal errado ao país”

Hugo Delgado / Lusa

O primeiro-ministro considerou, esta sexta-feira, que retirar o estado de emergência seria dar “um sinal errado ao país”, e salientou que os dias em que a circulação está restrita, durante a Páscoa, “vão ser muitíssimo importantes”.

Em entrevista ao programa Você na Tv, na TVI, António Costa afirmou que “seria dar um sinal errado ao país retirar o estado de emergência”.

“Ainda não podemos começar a aliviar as medidas de contenção, pelo contrário”, assinalou o primeiro-ministro, apontando que “este é o momento mais difícil” porque a “fadiga vai-se acumulando”, mas é preciso não perder o foco.

Na ótica de António Costa, a “época da Páscoa é crítica” e os cinco dias em que a circulação entre concelhos está restrita (entre quinta-feira e segunda-feira) “vão ser muitíssimo importantes”.

“Fundamental é sermos muito contidos, muito disciplinados” nas medidas de contenção da pandemia de covid-19, para ser possível antecipar o levantamento dos constrangimentos decretados pelo Governo, apontou.

As declarações do primeiro-ministro acontecem no mesmo dia em que o Presidente da República anunciou que vai propor renovar, novamente, o estado de emergência, desta vez até ao dia 1 de maio.

“Está formada a minha convicção quanto à renovação do estado de emergência até ao dia 1 de maio. Não podemos brincar em serviço, não podemos afrouxar”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

António Costa advogou também que acredita que “seguramente vai surgir” uma nova vaga de covid-19 no inverno.

O chefe de Governo indicou igualmente que ainda não foi testado à doença por não ter sintomas e não ter estado em contacto com pessoas de risco.

Afirmando que “é verdade” que faltam testes, o primeiro-ministro justificou que essa carência acontece porque “não existem à escala global” testes suficientes para serem adquiridos pelos países, sendo que o mesmo acontece com as zaragatoas e os reagentes, por exemplo.

“Nada estava produzido à escala global para uma pandemia desta dimensão”, acrescentou, salientando que Portugal entrou na mesma “luta em que todo o mundo está para conseguir comprar” estes materiais.

Por isso, rejeitou “alimentar essa polémica entre aquilo que é essencial ter, o que é necessário ter e o que as pessoas julgam que têm de ter”.

Quanto aos ventiladores, os que estão a ser adquiridos vão “permitir duplicar” a capacidade atual do Serviço Nacional de Saúde, garantiu.

Questionado sobre a forma como cumprimentou o ministro da Educação na quinta-feira, com um aperto de mão, António Costa admitiu que foi “uma falha”, mas considerou que isso só demonstra que é humano.

Portugal regista 435 mortos associados à covid-19 e 15.472 infetados, indicou o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Sinceramente não sei como é que a presidência da República, o governo, e os partidos que estão na Assembleia da República (AR), terão coragem para olhar de frente os cidadãos Portugueses após a imposição das infundadas medidas de estado de emergência, cordão sanitário, isolamento social, distanciamento social, e quarentena.

RESPONDER

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …

Mais 789 novos casos de covid-19 e uma morte em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais uma morte e 789 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 789 novos …

Organização dos Jogos Olímpicos estima cerca de sete casos diários

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 estimam que haverá cerca de sete casos de covid-19 por dia entre as pessoas envolvidas no evento, disse a emissora pública japonesa NHK. A estimativa foi …

Mais dois militares vão a julgamento por agressões em curso dos Comandos

Estão em causa dois cursos anteriores ao que levou à morte, em 2016, dos recrutas Hugo Abreu e Dylan da Silva. Um dos casos segue já para julgamento, o outro vai para a fase de …

Remodelação à vista (com saídas e trocas de pastas por "um Governo de combate")

O Governo de António Costa tem pela frente um mês de Julho decisivo que ficará marcado pela chegada dos fundos da bazuca europeia. E há dirigentes socialistas que acreditam que o primeiro-ministro deve aproveitar a …

Líderes da UE alertam Londres para respeitar acordo do Brexit

Os líderes da União Europeia (UE) alertaram o Governo britânico, este sábado, que os dois lados devem implementar o acordo do Brexit, numa reunião com o primeiro-ministro britânico à margem da cimeira do G7. A presidente …

Variante Delta está a crescer em Portugal. Lisboa e Vale do Tejo é a região mais afetada

As autoridades de saúde confirmam que já foi detetada, em Portugal, a transmissão comunitária da variante Delta do novo coronavírus. Esse cenário estará a ser mais evidente na região de Lisboa e Vale do Tejo. "Até …

Vírgula permite aos deputados receberem abono de exclusividade mesmo mantendo cargos em empresas

Um parecer da Comissão de Transparência permite aos deputados acumularem funções em empresas enquanto recebem o subsídio de exclusividade na Assembleia da República. Tudo por culpa de uma vírgula que desperta interpretações diversas. A situação é …

Grupo Espírito Santo só tem verbas para pagar 2,6% das dívidas

Os credores reclamam 11,5 mil milhões de euros em dívida, mas o império Espírito Santo só tem cerca de 300 milhões de euros. De acordo com o semanário Expresso, aquilo que resta do império Espírito Santo …

CTT reclamam dívidas de 67 milhões ao Estado

Os CTT iniciaram um processo de arbitragem contra o Estado, reclamando um total de 67 milhões de euros em compensações pelo impacto da pandemia de covid-19 e pela extensão unilateral do contrato de concessão. "Os CTT …