Costa quer abrir tudo a 1 de Junho. Micro-empresas vão ter apoios até 5 mil euros

João Relvas / Lusa

“Reanimar a economia é reanimar a vida”. É António Costa quem o diz, assumindo a esperança de que no próximo dia 1 de Junho seja possível “abrir todas as actividades”. O primeiro-ministro também anunciou apoios de “até 80% a fundo perdido” para as micro-empresas “para a aquisição de material de protecção”.

O anúncio foi feito por António Costa depois da assinatura de um protocolo de cooperação entre a Confederação do Comércio e Serviços (CCP) e a Direcção-Geral da Saúde (DGS), no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

O primeiro-ministro referiu que o Governo vai dar um apoio de entre 500 euros a 5 mil euros, com 80% a fundo perdido, às micro-empresas “para a aquisição de material de protecção”.

As candidaturas a estes novos apoios estarão disponíveis a partir de 11 de Maio num processo que deverá ser simplificado.

“Na segunda-feira, Portugal vai dar um passo para começar a reabrir muitas das actividades do sector comercial que foram encerradas por necessidade de contenção da pandemia de covid-19, mas a retoma é essencial que seja feita com segurança para quem trabalha nos estabelecimentos e dos clientes”, declarou o líder do executivo.

António Costa reforçou que a existência de condições de segurança “é fundamental para que os portugueses regressem com confiança aos estabelecimentos comerciais: cabeleireiros, barbeiros, institutos de beleza, stands de automóveis, livrarias ou lojas de roupa”.

“Além das normas gerais que o Governo tem vindo a trabalhar em sede de concertação social, tendo em vista a higiene e protecção no trabalho – normas transversais a todos os sectores -, há depois, naturalmente, especificidades próprias de cada ramo. Quem vai experimentar um carro tem condições diferentes de quem vai experimentar uma gravata”, comentou, a título de exemplo.

O primeiro-ministro também deixou clara a importância de “retomar, passo a passo, um maior nível da actividade na sociedade portuguesa”, considerando que “reanimar a economia é reanimar a vida“.

“Esperamos que no dia 1 de Junho possamos abrir todas as actividades”, sustentou ainda.

Na conferência de imprensa após a assinatura do protocolo entre a CCP e a DGS, a directora-geral de saúde, Graça Freitas, tratou de alertar que “o risco não desapareceu“, defendendo que a actividade económica deve regressar de forma “progressiva, faseada, cautelosa, mas também segura”.

“Portugal pode orgulhar-se de níveis de higiene e segurança no comércio, nos serviços e restauração que estão aos níveis melhores do mundo“, vincou, por seu turno, o ministro da Economia, Siza Vieira.

Já o ministro do Planeamento, Nelson de Souza, esclareceu que os apoios às micro-empresas destinam-se aos “equipamentos”, mas também aos “serviços”.

Por fim, o presidente da CCP, João Vieira Lopes, reforçou que a “reabertura da actividade económica” a partir de segunda-feira “é uma necessidade” e “um risco necessário”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Este meu comentário já não tem razão de ser porque era uma resposta à alguém que tinha postado uma frase bastante indelicada em relação ao 1.º Primeiro Minsitro. Acho que a liberdade de expressão que todos prezamos não se coaduna com atitudes grosseiras e mal educadas. Como o comentário, presumo, foi retirado deixa de fazer sentido o meu. Só para que conste.

  1. “Microempresas vão ter apoios até 5 mil euros “ – isto é pura demagogia ! Propaganda política deste snr Costa : Qual é a micro-empresa (com 1 a 10 trabalhadores ) que vai gastar 5 mil euros em EPI ? Nenhuma ! Por isso não venha este Senhor Costa mandar areia para os olhos do pequeno empresário … Qual apoio ? Que meta esse apoio em certo sítio … Já agora , para o COVID nenhum apoio deste governo socialista é real: Layoff não pagaram ; moratória crédito á habitação é a favor do banco ! (que cobra o seguro vida durante a moratória, encarecendo no final o valor do credito). Este governo marxista -leninista é contra o capital e aqueles que empreendem, justamente o micro-empresário … Já agora “Falei e disse “ imberbe és tu !!! Seu burro…

  2. Linhas de apoio as pequenas e medias empresas uma autentica vergonha, 1ª linha de apoio esgotou em menos de uma semana, 2ª linha de apoio para empresas de metalomecânica e metalúrgicas, não esgotou mas foi suspensa uma autentica vergonha, empresas que concorreram ás linhas de apoio para garantir salários aos funcionários pelo menos durante 4 meses para não irem para lay-off ou mandá-los para o desemprego não tiveram acesso a estes apoios, que pelos vistos foram atribuídos somente a amigos, compadres ,familiares e pagar favores.

RESPONDER

Operação Marquês. Ministério Público pede alargamento do prazo previsto na lei para recorrer

Depois da decisão instrutória tomada pelo juiz Ivo Rosa, os procuradores Rosário Teixeira e Vítor Pinto já entregaram um requerimento a pedir 120 dias para o recurso. O alargamento do prazo passaria assim a ser …

Duas mortes e 271 infetados em 24 horas. Rt continua a subir em Portugal

O boletim da DGS desta segunda-feira dá conta de mais 271 novos casos. Registaram-se ainda mais duas mortes por covid-19. Segundo a DGS existem 25.784 casos ativos, menos 176 do que na véspera, e há mais …

Maioria dos pobres em Portugal trabalha (os "três D" da pobreza e 4 perfis que são uma "supresa")

Um quinto da população portuguesa é pobre e a maior parte das pessoas em situação de pobreza trabalha, mantendo vínculos laborais sem termo. As conclusões são de um estudo promovido pela Fundação Francisco Manuel dos …

Guillermo Lasso declara-se vencedor das eleições presidenciais no Equador

Guillermo Lasso declarou-se vencedor da segunda e última volta das eleições presidenciais no Equador, numa altura em que foram contabilizados 96,94% dos votos, que lhe deram uma diferença de 5,04 pontos percentuais sobre o socialista …

Número de nascimentos no primeiro trimestre de 2021 regista valor mais baixo desde 2015

No primeiro trimestre de 2021, nasceram em Portugal cerca de 18.200 bebés, o número mais baixo dos últimos sete anos para igual período. Cerca de 18.200 bebés nasceram em Portugal no primeiro trimestre de 2021, o …

Escolhas "unilaterais" agitam PSD. Castelo Branco acusa direção nacional de desrespeitar estatutos

A concelhia do PSD de Castelo Branco acusou esta segunda-feira a direção nacional do partido de desrespeitar os estatutos, ao escolher “unilateralmente e discricionariamente” o nome de João Belém para candidato àquele município, contra a …

Ivo Rosa indigna colegas ao revogar decisões tomadas por tribunais superiores

Ivo Rosa, juiz de instrução da Operação Marquês, revogou decisões tomadas por tribunais superiores, o que resultou numa onda de indignação dos seus colegas e do Conselho Superior da Magistratura. Na decisão que deixou cair 25 …

Marques Mendes diz que Ivo Rosa "é um perigo à solta". Governo deve avançar para confinamentos locais

No habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes teceu duras críticas à decisão do juiz de instrução Ivo Rosa, no âmbito da Operação Marquês. Sobre a atual situação epidemiológica, o antigo líder do …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Líder da CSU quer cadeira de Merkel (e vai disputar corrida com líder da CDU)

Se a aliança democrata-cristã CDU/CSU vencer nas eleições legislativas de setembro, o próximo chanceler alemão será um homem: o líder da CDU Armin Laschet ou o homólogo da CSU, Markus Soeder. O líder da CSU, Markus …