Costa e médicos enterram machado de guerra (fintando Reguengos e após pedido de desculpas do primeiro-ministro)

Tiago Petinga / Lusa

António Costa recebeu o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães.

António Costa e o Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, fizeram publicamente as pazes após o vídeo em que o primeiro-ministro chama “cobardes” a estes profissionais de Saúde. Isto depois de o governante ter mostrado o “enorme apreço” que tem pelos médicos portugueses.

Após a reunião de urgência solicitada pela Ordem dos Médicos (OM) com o primeiro-ministro, enterrou-se o machado de guerra no seguimento de uma “conversa muito franca e bastante útil para troca de informações”, como apontou António Costa em conferência de imprensa.

Costa começou por deixar uma “palavra de apreço a todos os médicos portugueses” numa espécie de mea culpa depois de ter sido apanhado a chamar “cobardes” aos profissionais que terão recusado prestar assistência aos utentes de um lar de idosos em Reguengos.

O primeiro-ministro vincou a “enorme consideração e apreço” que tem pelos médicos e “pelo seu trabalho, assim como pela generalidade dos profissionais de saúde”.

Falando em “confiança, respeito e agradecimento por todo o trabalho que têm feito”, Costa reforçou a “solidariedade forte para os médicos que estiveram a trabalhar no lar de Reguengos, mesmo não tendo as condições mais adequadas”.

Costa sublinhou mesmo que fizeram um “trabalho magnífico”.

Caso dos lares merece “reflexão profunda”

Sobre o caso concreto do lar de Reguengos, Costa fintou o tema, generalizando a questão. “A situação que diz respeito aos lares não é nova e é conhecida dos portugueses”, apontou, sublinhando que é preciso fazer uma “reflexão profunda da sociedade”.

Num “país com a dinâmica demográfica que temos”, é um “debate urgente que temos que fazer”, vincou ainda Costa.

O bastonário da OM alinhou pelo mesmo tom, salientando que a situação do lar de Reguengos “está entregue às autoridades competentes”.

Costa salientou ainda que “uma das prioridades da reforma do Serviço de Saúde passa pelo desenvolvimento da rede de cuidados continuados e dos programas de assistência domiciliária”.

O primeiro-ministro aproveitou para “recordar ao senhor bastonário o esforço que o Estado tem feito para reforçar as condições financeiras e humanas para que as IPPS e as Misericórdias e mutualidades façam ainda um melhor trabalho”.

Dirigindo-se especificamente ao bastonário, Costa apontou que espera que “todos os mal-entendidos estejam esclarecidos”. “Acho que testemunhou de forma inequívoca o meu apreço e consideração pelos médicos portugueses“, terminou, acabando a conferência de imprensa sem direito a perguntas dos jornalistas.

Antes, o primeiro-ministro tinha notado que temos que “desejar o melhor, mas “preparar o pior” com vista à potencial segunda vaga de covid-10 no Outono/Inverno.

Também o Bastonário realçou o “desafio que temos pela frente”, não apenas pela “questão de combate à covid”, mas também devido aos “doentes não covid que ficaram para trás” durante o período de confinamento.

Miguel Guimarães falou ainda do problema da “gripe sazonal” e da importância da “protecção às pessoas mais desprotegidas” que estão nos lares, vincando que é “absolutamente essencial que nos preocupemos” com esta questão.

Susana Valente SV, ZAP //

 

PARTILHAR

46 COMENTÁRIOS

  1. Cada vez mais adoro este chefe da Geringonça. Agora teve (mais uma) prova de humildade. Mas alguém acredita na sua humildade? Perguntem, por exemplo ao António Seguro.

    • Perguntar a um gajo tão estúpido é pedir uma resposta sem qualquer credibilidade. Não deve haver ninguém com mais ódio pessoal e inveja de Costa, do que o (in)seguro.

      Quer dizer, se o Costa não pedisse desculpa, como o Passos nunca o fez sobre nada do que disse (incluindo mandar as pessoas emigrar), era porque não pedia desculpa. Agora deu provas de humildade e admite os erros… É porque não é sincero??? Então diga-me lá você que é um iluminado, qual é que seria a reacção que Costa teria, depois de dizer o que disse, que lhe agradaria? Eu respondo – nenhuma porque para si, política é como o futebol e o seu clubismo partidário nunca lhe vai deixar dizer bem do Costa, faça ele o certo ou o errado. Chama-se a isso fanatismo ideológico. A sua opinião enquanto estiver tingida disso, não conta.

      • Não sejas ingénuo, a única razão do costa resolver isto com os médicos é unicamente para não manchar mais a sua imagem, no final a história de reguengos, foi e vai ser exatamente isso, uma história sem culpados e responsabilidades… mais uma vez o governo conseguiu resolver um grande problema…. e que fique esclarecido reguengos foi culpa do governo como dos médicos como de toda gente metida neste negócio de burocracias… todos viram e todos assobiaram para o lado…. vergonha, mais um caso igual ao de pedrogão… este país ja cheira mal de tanta merda… corrupção desde o governo ao próprio ze povinho… ve se em todo o lado…

      • A resposta de Costa era demitir-se, porque nunca um primeiro ministro teve a ousadia e a má educação de chamar covardes à classe médica que, por acaso, tanto tem sido elogiada no combate ao Cobid19. Neste gajo não há humildade nenhuma, mas arrogância sem limites. O tipo, ao que parece, anda muito tenso e, sobretudo neste caso de Reguengos, quis defender a incompetente ministra, sem ter argumentos para isso.

          • Isso não é verdade. Que eu saiba o partido dele reúne mais intenções de voto do que qualquer outro mas está longe de ter a maioria. E depois não se esqueça que nessa sua análise não pode falar dos portugueses mas sim dos eleitores. E quase metade, não vota. No fundo ele representa meia dúzia de tipos do PS que o puseram lá. Como o primeiro-ministro é sempre do PS ou do PSD, basta meia dúzia de filiados com peso apoiarem um determinado artista e tem aí o seu primeiro-ministro… muito longe de representar o povo.

      • Este não percebeu o filme. Esteve a vê-lo, mas compreendeu-o mal. Ou adormeceu e acordou apenas no final.
        O Seguro foi corrido do PS porque queria sanear o partido. E isso no PS é difícil de fazer como todos compreendemos pelas jogatanas de interesses que estão sempre em curso.

        • Claro que nada disso tem acontecido no PSD… os mais mafiosos como o Big Mac (Marco António Costa), o Hugo Soares, o Montenegro, etc, não tentaram já de tudo para afastar o Rui Rio – que tem tido uma tarefa inglória de tentar limpar o PSD…

          • E alguém disse o contrário?! Lá tinha de vir este com as clubites.
            Agora que no ps o roubo é à descarada… ai isso não tenha dúvidas. Quantos ministros avençados tivemos ao longo da história? E primeiros-ministros comissionistas? E… cala-te boca que a procissão ainda vai no adro…

  2. Curiosamente, depois de ter visto a notícia em quase todas as estações de televisão e agora na ZAP não consigo nada do que foi dito pelos respectivos jornalistas. O que vi foi o Dr. Costa a “dar água de cú lavado” à Ordem dos Médicos, porque precisa de paz no sector para evitar que incompetência do seu governo seja ainda mais evidente do que já é!
    O Dr. Costa foi incompetente com o SIRESP, com as Forças Armadas no caso de Tancos, com a PSP no caso das pistolas GLOCK, nos lares com a ARS, no início da pandemia com a questão do uso das máscaras, na TAP com o modelo de gestão, no Novo Banco com os contornos da transação e agora também com o conflito com a Ordem dos Médicos. O dr. Costa é recorrente e reiteradamente incompetente como Primeiro Ministro e por muito que a “Ordem dos Jornalistas” faça por dissimular esse facto, essa é a verdadeira raíz do problema!

    • Se António Costa tem estado assim tão mal, porque não emigra Contra Costa? Emigre porque se ficar por cá, vai ter de o aturar por muito mais tempo, assim o espero.

      • Pode ser que te enganes. Já faltou mais. É cada tiro no pé. E o CHEGA engorda. Quando o PSD mudar o líder, o PS vai de vela.
        Aproveita para negociar bem no lítio e noutros habituais saques ao erário público enquanto aí estás. Depois, como deve ser hábito, não tens onde cair morta.

    • Excelente analise caso tenha sido feita com o devido distanciamento politico. Disse tudo e muitos parabéns
      Antes que alguém venha dizer que sou contra o PS, devo informar que sou contra todos os políticos incompetentes deste ou qualquer outro País que vive à conta dos impostos dos contribuintes e nada fazem. Em Portugal isso é por demais evidente e não admira que os jovens se tenham afastado tanto porque na verdade somos governados quer por estes ou outros quaisquer de forma absolutamente corrupta e incompetente.
      Se houver alguém que mostre os condenados de todos os processos indicados pelo Sr.costa e outros como o de Socrates , então eu humildemente peço desculpa aos politicos. Até lá são incompetentes, vivem harmoniosamente com a corrupção, corporativismo , os favores, os amigalhaços, o emprego familiar, etc…

    • Excelente analise caso tenha sido feita com o devido distanciamento politico. Disse tudo e muitos parabéns
      Antes que alguém venha dizer que sou contra o PS, devo informar que sou contra todos os políticos incompetentes deste ou qualquer outro País que vive à conta dos impostos dos contribuintes e nada fazem. Em Portugal isso é por demais evidente e não admira que os jovens se tenham afastado tanto porque na verdade somos governados quer por estes ou outros quaisquer de forma absolutamente corrupta e incompetente.
      Se houver alguém que mostre os condenados de todos os processos indicados pelo Sr.costa e outros como o de Socrates , então eu humildemente peço desculpa aos politicos. Até lá são incompetentes, vivem harmoniosamente com a corrupção, corporativismo , os favores, os amigalhaços, o emprego familiar

  3. Até onde chega a hipocrisia dos políticos. Ontem eram covardes, hoje são maravilhosos. Como pode um povo ter ao comando dos seus destinos, um miserável desta envergadura.

    • Pois é meu caro, nestas últimas décadas como nenhum político acredita no que diz, fica sempre surpreso ao ver que os outros se acreditam nele.
      Com certeza que conhece uma fralda, se não mudar… é o que se sabe. Na política passa-se exactamente igual…

  4. Afinal trata-se de uma manobra patética de ataque da ordem dos médicos para escudar dois médicos cobardes que utilizaram a burocracia hierárquica para se escapar ao dever de assistência. Mas Costa perdoou e aceitou uma saída ‘honrosa’ da ordem. Até o Rui Rio brilha com a luz emitida por Costa :-). Agora os médicos devem resolver a falta nacional de médicos de família (eu também não tenho)

    • Ha médicos a quem devemos estar muito reconhecidos porque são excelentes médicos, cumprindo a sua missão com grande competência e humanidade.
      Há médicos que se recusam a assistir os doentes nos lares, há médicos que se recusam a ir para aonde são necessários.
      Há também a Ordem dos Médicos que não permite que mais médicos sejam formados, acautelando assim que todos tenham colocação e nenhum vá para o desemprego.
      Faltam médicos de família? Faltam médicos nas unidades de saúde? O que é isso comparado com algum médico no desemprego?

      • Sim, aqui estamos a falar da classe e dos seus representantes. Mas por inerência da historia , do curso e da própria organização piramidal nos hospitais, uma pequena dose de humildade seria algo de desejar em alguns dos elementos que a componham.

  5. Sinceramente… não consigo entender todos estes comentários, apesar de saber qual a intenção.
    Mas vamos ao que interessa… qual dos habilidosos “comentadores”… nunca falou ou comentou, com um amigo, com a mulher/marido que determinada pessoa era um fdp?… isto é uma conversa em off. Hora se uns dias depois alguém que ouviu a conversa vai distribuir esse comentários em off no café… ele passa a ter uma outra dimensão… (não interessa depois que esteja fora do contexto.. ou que existe sempre um fdp para nos lixar… em todo o lado)… só resta à pessoa retratar-se.
    Costa esteve muito bem. Tudo o resto é folclore.

  6. Tudo isso são questões laterais, porque o ponto é a desonestidade dos jornalistas do Expresso. Espero, sinceramente, que os jornalistas envolvidos sejam despedidos e fiquem sem a carteira profissional já que esta profissão não é para eles.

  7. Que saudades de quando um Médico era o Sr Doutor, Respeitado, considerado, Rico, Confiável, comprava as melhores Casas e Quintas, era gente Rica, até que aparece uma hipótese de alguém sem fazer nada entrar com um tacho para pesar no erário público, assim aparece uma Ordem e Sindicato de Médicos, resultando num grande empobrecimento da classe, sem dignidade, o título de Doutor Esbatesse, e com um nível medíocre, abaixo de charlatão, perdeu crédito, personalidade, passou a ser um Pobre, um Grevista, que profere asneiras do tipo de quem os representa, eram colaboradores ativos do estado, agora são Guerreiros, que saudades de quando não existia, ou era tão nobre que não se dava conta da existência da Ordem e Sindicato de Médicos.

  8. Acho muita piada aos vários Contra Costa que por aqui vão desfilando, qual carneiros a defender a sua bocada, que é como quem diz fanáticos a defender o seu clube, é vergonhoso.
    Depois, verifico que uma parte dos comentadores, nem sabe defender a sua língua por falta de conhecimentos ortográficos, indo ao ponto de nem saberem copiar, ou porque são “covardes” ou porque é a “cobid”, não é o primeiro ministro, (que tem estado muito bem em toda esta crise), na minha opinião os miseráveis são estes.
    Como diria um “reputado” antigo primeiro ministro que não me deixa saudade alguma, EMIGREM.

    • O amigo perdeu uma boa oportunidade de ficar calado.
      Para começar o amigo é seguramente mais um filiado do partido do saque. Aquele partido que deixou o país sem guito nenhum, depois dos negócios do 44 e de termos tido um ministro da economia avençado de um grupo financeiro. E ainda dos belíssimos negócios que pagaremos nos próximos 50 anos das rendas da energia e das PPP’s. Fantástico!
      O amigo muito provavelmente anda a sonhar com o negócio do lítio e com outras galambadas. O ambiente vai dar bons negócios nos próximos anos. E algumas condenações passados mais alguns.
      Depois, o amigo fala do que não percebe. E não me refiro apenas à política mas sim em relação à língua de todos nós.
      https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/covarde-e-cobardices/14489

      Informe-se melhor, pense antes de escrever e verá que não ficará tão pateta aqui nos seus comentários.

      • O Jagunço da Ribeira anda a pensar o que é que haverá ainda no país que se possa vender?
        Olhe talvez a estátua do Marquês, a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos ou outra coisa parecida.
        Venda, venda, talvez lhe caia alguma comissãozinha ou um qualquer lugar privilegiado numa empresa de relevo! Venda!

      • Muito bem. Que grande porratada nesse pateta A.C.B.S. ! Este xuxalheiro não se lembra das 3 bancarrotas que o PS já deu a Portugal e, no sé. XXI, do fartar vilanagem de um seu primeiro ministro e, mais recentemente, da pouca vergonha do “todos em família” e das negociatas entre xuxalheiros.

  9. Pateta, e estou a ser meigo, é o sr. Jagunço da Ribeira nos seus comentários em geral e no referente à língua de todos nós, é claro que sei que ambas as expressões de cobarde se podem usar, mas eu referi que não sabem copiar, pois o termo usado foi cobarde, que aliás é o mais utilizado no português de Portugal, sendo o outro mais utilizado no Brasil, como não vou muito à bola com brasileiros, prefiro cultivar aquilo que aprendi e sei estar certo.
    Não, não sou filiado em nenhum partido, mas também não sou cego, nem surdo, nem imbecil, a ponto de me deixar enrolar com aquilo que qualquer partido demagógica ou interesseiramente pretenda. Para além disso o que sabe o sr. de energia ou ppps? E o que são galambadas? Está a ver-se ao espelho verdade? Lá porque tem isso no sangue não julgue que todos os outros sofrem do mesmo.
    Só mais uma vez, emigrem.

  10. Agora sabe-se que o que passou na reunião da ordem dos e com o Costa e o que este veio dizer cá para fora, é pura coincidência. Deste trafulha não se podia esperar outra coisa.

    • Em 46 anos de democracia nunca vi um pantomineiro e ilusionista tão grande como este indiano. Este gajo chega a ser perigoso. Faz-se meio socialista e meio comunista e seca tudo à sua volta. Também porque, infelizmente, não temos atualmente oposição. Consegue governar em minoria e autoritarismo, coisa, antes, nunca vista. Tantas misérias governativas (incêndios, etc) e compadrio político e ladroagem por todo o lado e o povo, impávido e sereno com este rumo de uma mão cheia de nada. Um país que continua pobre e acabrunhado. Um país que não tem Presidente da República, antes um homem doente que aparece em todo o canto onde aparece uma objetiva fotográfica. Não será hora de se iniciar um país decente e de esperança?

RESPONDER

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. A notícia …