Costa ignorou chumbo dos generais e nomeou Coronel da sua confiança para a Protecção Civil

Manuel de Almeida / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro, António Costa

A nomeação do Coronel Joaquim Leitão para liderar a Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC) avançou contra um parecer negativo dos generais, surgindo críticas à escolha pelas relações próximas com António Costa e com o PS.

O jornal Sol apurou que o Conselho Superior de Oficiais do Exército, órgão que integra todos os generais em funções com pelo menos três estrelas, chumbou a escolha do Coronel Joaquim Leitão para a liderança da Protecção Civil.

Apesar do parecer negativo dos generais, António Costa avançou com a nomeação, em 2016, para substituir o General Grave Pereira que se tinha demitido em ruptura com a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa.

O documento consultado pelo Sol referia que se deveria escolher antes um General e não um Coronel.

Também a Renascença noticiava, na altura da nomeação, a “estranheza” com a escolha “porque a tradição tem passado por escolher generais”.

A chegada de Joaquim Leitão à liderança da ANPC despoletou ainda críticas pelas relações existentes entre o Coronel e a sua família e António Costa e o PS.

Joaquim Leitão foi adjunto do gabinete do secretário de Estado da Administração Interna quando António Costa era o ministro em funções, em 2005. E em 2008, com António Costa a presidir à Câmara de Lisboa, o Coronel foi nomeado comandante do Regimento de Sapadores Bombeiros da capital.

Além disso, a mulher e a filha do Coronel, Isabel Leitão e Ana Leitão, integram o aparelho do PS. Isabel Leitão desempenhou vários cargos públicos desde o Governo de Sócrates e Ana Leitão trabalha na Junta de Freguesia de Santa Maria Maior que tem um presidente do PS.

O Coronel tem também sido criticado por não ter dado a cara durante o grande incêndio e por só ter aparecido nesta sexta-feira.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Eis aí o resultado! Só não vê isso quem não quer ver! E pior que tudo isso é quererem, a todo o custo, fazer acreditar no contrário. Acharem que os restantes portugueses não vêem o que está a acontecer! Acorda POVO português!

  2. Tenho a pior das impressões sobre o desempenho de funções do aludido senhor coronel,como responsável na área de Protecção Civil,.Falo com conhecimento que advém de que de como cidadão em assuntos relacionados com o aludido responsável.

RESPONDER

Os misteriosos relâmpagos azuis podem ser mais comuns do que pensávamos

Além de ser um dos fenómenos mais espetaculares, o relâmpago é também um dos mais misteriosos. Apesar de as tempestades não serem assim tão raras, os cientistas ainda não entendem completamente estas descargas elétricas geradas …

Presidenciais. Grandes vencedores e (poucos) derrotados

Num ato eleitoral marcado pela pandemia de covid-19, que chegou a trazer incerteza aos prognósticos precoces que há meses se alinhavavam, Marcelo Rebelo de Sousa, reeleito à primeira volta, é o grande vencedor da noite. …

A inclinação de Saturno é provocada pelas suas luas (e vai aumentar)

Uma equipa de cientistas concluiu que a influência dos satélites de Saturno pode explicar a inclinação do eixo de rotação do planeta. Dois cientistas do CNRS (Centre National de la Recherche Scientifique) e da Universidade Sorbonne, …

Marcelo. O que os portugueses querem (e o que não querem)

Num discurso de vitória após as eleições presidenciais deste domingo, Marcelo Rebelo de Sousa assumiu uma postura de estado e começou por recordar as vítimas da pandemia de Covid-19 no seu pior dia de sempre …

Entre o "contributo singular" de João Ferreira e a "onda liberal" de Mayan, Marisa Matias assume derrota

Marisa Matias foi uma das grandes derrotadas da noite de eleições presidenciais, ficando-se pelo quinto lugar, atrás de João Ferreira, o candidato do PCP. Já Tiago Mayan Gonçalves ficou no sexto lugar, à frente de …

Ana Gomes aponta o dedo a Costa e à esquerda e diz que travou Ventura sozinha

Ana Gomes considera que a sua candidatura conseguiu travar "a progressão da extrema direita" quando os partidos de esquerda se preocuparam apenas com as suas "agendas políticas". No rescaldo da reeleição de Marcelo Rebelo de …

De diferentes cidades, mas com o mesmo nome. Quatro estranhos chamados Paul O'Sullivan formaram uma banda

A banda Paul O'Sullivan apresenta Paul O'Sullivan no baixo, guitarra, bateria e voz. Porém, não é uma banda de um homem só. Cada membro é um músico diferente com o mesmo nome: Paul O'Sullivan. "Uma noite, …

Ventura celebrou "noite histórica", demitiu-se do Chega e avisou o PSD

André Ventura começou por assinalar a "noite histórica" face aos resultados que obteve nas eleições presidenciais 2021. Mas como ficou em 3º lugar, atrás de Ana Gomes, anunciou a demissão do Chega. "Fiquei aquém dos 15% …

Região italiana da Lombardia esteve confinada durante uma semana por engano

A Lombardia, coração económico do norte de Itália, foi confinada e classificada como zona vermelha por engano durante uma semana, devido a estatísticas erradas sobre covid-19, e só ontem um decreto governamental retificou a situação. Devido …

Rio destaca "esmagamento da esquerda" e pede a Marcelo para ser "um bocadinho mais exigente"

"A marca mais forte" destas eleições presidenciais é "a derrota do PS". A análise é de Rui Rio, presidente do PSD, que fala do "esmagamento da esquerda" e da "vitória do candidato do centro", apelando …