Costa distancia-se de Mariana Mortágua

A “geringonça” é pragmática e, apesar das diferenças ideológicas evidentes, o governo de esquerda continua de pedra e cal, garante António Costa. O Primeiro-Ministro trata, contudo, de distanciar-se do discurso da bloquista Mariana Mortágua.

“Esta nem é a linguagem do PS“: é assim que o primeiro-ministro fala da recente polémica que envolveu Mariana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda, a propósito do novo imposto sobre imóveis, em entrevista ao Público.

Mortágua disse que “é preciso perder a vergonha e ir buscar a quem está a acumular dinheiro”, uma declaração que deixou o PS sob alta tensão e que leva agora António Costa a distanciar-se dela.

Contudo, se o estilo não é o mesmo, o primeiro-ministro assume que há uma “preocupação comum” que passa pela certeza de que “é necessário uma maior justiça fiscal“.

Assumindo as diferenças ideológicas entre PS, PCP e Bloco de Esquerda, Costa sustenta que “a chave desta solução governativa não está em qualquer dos quatro partidos ter eliminado a identidade ideológica que o caracteriza e diferencia dos restantes”.

“Aquilo que permite e dá força a esta solução governativa é o pragmatismo”, destaca o primeiro-ministro, na segunda parte da entrevista divulgada pelo Público, depois de na segunda-feira ter confirmado que haverá um aumento de impostos no Orçamento de Estado para 2017.

As palavras de Costa que confirmam o teor “pragmático” da chamada “geringonça” surgem exactamente no dia em que se assinala um ano das eleições que levaram a esta solução de governo inédita em Portugal, composta pela aliança dos partidos de Esquerda.

Foi depois das eleições legislativas de 4 de outubro de 2015, que deram a vitória à coligação Portugal à Frente – composta por PSD e CDS -, que PS, PCP e Bloco de Esquerda se organizaram, com a força da maioria parlamentar, para darem forma ao governo do PS.

Costa recusa “batalha ideológica” com Marcelo

Na entrevista ao Público, Costa também fala do veto de Marcelo Rebelo de Sousa ao fim do sigilo bancário para contas acima dos 50 mil euros, considerando que “não há uma batalha ideológica” com o Presidente da República.

Sem revelar como vai o Governo responder ao veto, o primeiro-ministro argumenta que o diploma visou transpor para a legislação nacional uma directiva da União Europeia e um acordo bilateral com os EUA que, nos dois casos, não podem ser vistos “como bastiões, pontas-de-lança do radicalismo”.

Costa ainda confirma a criação do novo imposto sobre imóveis, mas sem revelar os moldes que comportará, garantindo apenas que vai trazer “uma maior justiça fiscal” sem “comprometer o investimento” ou “a dinamização do mercado de arrendamento”.

Sobre o caso dos três Secretários de Estado que foram ver jogos do Euro 2016 a convite e a expensas da Galp, o governante salienta que “não há nenhuma razão para qualquer remodelação”, concluindo que os elementos envolvidos já pagaram “o valor da viagem” e que portanto, “se houve erro, foi devidamente reparado”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. “Foi depois das eleições legislativas de 4 de outubro de 2016, que deram a vitória à coligação Portugal à Frente – composta por PSD e CDS …” Houve Eleições hoje? Se houvesse nem era preciso que as forças que compõem o Governo se juntassem. O PS dava-lhes uma “tareia”
    ZAPEMOS, irmãos.

  2. Este ainda não deu conta que quem manda é o BE , o PCP já deu e está lentamente a afastar-se ! Nas próximas eleições é que o PS vai ver o seu real valor e dimensão , o Costa é tão mau que não consegue convencer metade do próprio partido

    • Não se prenunciam da derrocada do PSOE em Espanha e segundo notícias hoje num jornal das 20 horas na TV o nosso país está agora na cauda da Europa no crescimento enquanto na nossa vizinha Espanha triplicou com um governo PP e em regime de gestão, mas pelos vistos somos nós que vamos na direção certa.

    • É por isso que é importante novas eleições para acabar com o inevitável desastre que se avizinha e salvar um pouco do que ainda sobra…

  3. Pois, no meio de tantas diferenças e distanciamento só é pena que convirjam em medidas como o aumento dos combustíveis ou o aumento do IMI com base na exposição solar. Não deixa de ser estranho, ou talvez não…

  4. Faz mal em se afastar da menina, eu no seu lugar nem me afastava como poria a Catarina do outro lado pois ficaria certamente bem guardado com uma de cada lado!

  5. Costa amigo do peito sei que me detestas mas eu respeito.
    Respeito acima de tudo a tua opção de formar governo a qq custo.
    Mas não chores. Assume em conjunto com o PC e com o Bloco as consequências da decisão, e o melhor seria começar a vender património do PC, que ao que parece é muito, para pagar os 17 mil milhões, porque o POVO, esse parolo que paga pelos erros, já não tem mais espaço para impostos.
    Percebeste?, ou queres que te faça um desenho?

  6. Entretanto hoje dia 5 e feriado mais o anúncio de um novo imposto desta vez sobre o vinho, amanhã veremos qual vai ser, talvez sobre a água.

RESPONDER

Governo russo exige 1,8 mil milhões de euros a empresa mineira por poluição no Ártico

A agência russa de defesa do ambiente exigiu uma indemnização de 147,8 mil milhões de rublos (1,8 mil milhões de euros) ao conglomerado mineiro Norilsk Nickel, pela grave poluição do Ártico com hidrocarbonetos. Em comunicado, a …

Perda de habitat pode aumentar doenças que passam de animais para humanos, prevê ONU

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que podem surgir mais doenças que passam de animais para humanos, como a covid-19, à medida que os habitats são devastados pela exploração da vida …

Rússia ameaça retaliar face às sanções "hostis" do Reino Unido

A Rússia ameaçou responder às sanções "hostis" anunciadas por Londres contra 59 pessoas e entidades, 25 delas russas. A Rússia vai responder às sanções "hostis" anunciadas pelo Governo britânico contra 49 pessoas e organizações, 25 das …

Ministério dispensa quase todos os alunos da renovação de matrículas (após ataques informáticos e o desespero dos pais)

As matrículas online são agora obrigatórias apenas para os alunos que no próximo ano lectivo vão iniciar os 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade. O anúncio é feito pelo Ministério da Educação depois das …

"Estavam prontos para bater". Atleta Ricardo dos Santos vai processar polícia londrina

O atleta português Ricardo dos Santos disse na segunda-feira que não demorou mais de 20 segundos a parar o carro, quando lhe foi pedido pelas autoridades em Londres, e garantiu que vai processar a polícia …

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …