“Ministra Mariana Mortágua” provoca alta tensão no PS

Paulete Matos, Bloco de Esquerda / Flickr

Mariana Mortágua na X Convenção do Bloco de Esquerda

O discurso de Mariana Mortágua na rentrée do PS continua a dar que falar e está a desagradar até a alguns socialistas. A direita já diz que é a deputada do Bloco de Esquerda quem manda no governo.

“Nunca um convidado externo a uma iniciativa do PS causou tanta controvérsia”, realça o Expresso, referindo-se ao discurso de Mariana Mortágua no sábado passado na rentrée socialista.

A bloquista disse que “só a esquerda radical pode salvar o capitalismo” e que “é preciso perder a vergonha de ir buscar a quem está a acumular”.

Estas palavras surgem no âmbito do novo imposto sobre imóveis que o governo pretende criar no Orçamento de Estado de 2017 – o “Imposto Mariana Mortágua” (IMM), como já é chamado nas redes sociais, depois de ter sido a deputada do Bloco de Esquerda a revelá-lo, juntamente com o deputado socialista Eurico Brilhante Dias, e a defendê-lo na comunicação social.

O Expresso refere que este protagonismo, associado às suas declarações na rentrée do PS, estão a dividir os socialistas, e o Jornal de Negócios alega que as intervenções da jovem deputada contribuíram para “reacender tensões que estavam já adormecidas“.

O Negócios faz referência ao “protagonismo” assumido por Mortágua no novo imposto sobre o património imobiliário e nota que os “sectores mais críticos de Costa”, que “incluem os mais próximos de António José Seguro”, não gostaram.

O deputado socialista Sérgio Sousa Pinto, crítico assumido da solução governativa de aliança do PS com PCP e Bloco de Esquerda (BE), é uma das vozes críticas da postura de Mortágua.

Em declarações publicadas no Facebook, conforme a transcrição do jornal i, Sousa Pinto fala da “lição ministrada do alto do legado histórico do trotskismo ou de uma qualquer seita comunista heterodoxa” e diz que a deputada bloquista é um exemplar dos “jovens burgueses cripto-comunistas e habilidosos pantomimeiros da velha escola“.

Sousa Pinto ainda se refere a isto tudo como uma “paródia senil”, prevendo que “sairá cara” ao PS.

A opinião do deputado do PS somou likes de socialistas como Jamila Madeira, João Serrano e João Paulo Pedrosa, refere o Expresso.

Mas também há no PS quem defenda Mortágua, como é o caso de João Galamba que, também através do Facebook, tratou de salientar que “por muito que inventem e distorçam, não transformarão um contributo justo numa coisa que ele não é”.

Direita diz que é Mortágua quem manda no governo

A oposição não deixa de aproveitar o caso para pôr em causa o governo de Costa e o vice-presidente do PSD, Jorge Moreira da Silva, já disse que Mortágua é a verdadeira ministra das Finanças do governo socialista.

“Na campanha eleitoral afirmei que não podíamos correr o risco de termos Jerónimo de Sousa e Catarina Martins como vice-primeiros-ministros, nunca me passou pela cabeça que Mariana Mortágua se convertesse verdadeiramente na ministra das Finanças deste Governo“, referiu Moreira da Silva em declarações à Lusa.

O CDS-PP alinha pelo mesmo tom e o líder parlamentar Nuno Magalhães considerou que é altura de o primeiro-ministro “meter um pouco de ordem” no governo, notando que “quem manda é a senhora deputada Mariana Mortágua” e não o ministro das Finanças.

A coordenadora do BE, Catarina Martins, reagiu às críticas salientando que a “direita está desorientada” e que tem tentado fazer “um falso debate”, quando “o que está em cima da mesa é como é que o património imobiliário de luxo poderá ser chamado a contribuir para os impostos do país”.

Mortágua defende-se

Mariana Mortágua já veio explicar-se numa série de publicações no Twitter, onde realça que “taxar riqueza acumulada não é taxar poupança”.

A deputada dá o exemplo do que separa um bancário como Ricardo Salgado que tem “riqueza acumulada” e um trabalhador de banco que tem “poupança” e como “o segundo já paga muitos impostos, e o primeiro não”.

SV, ZAP

PARTILHAR

38 COMENTÁRIOS

  1. Agora quem trabalha e poupa é considerado capitalista e deve ser punido com impostos indiretos. Esta gentalha da esquerda NUNCA soube o que é trabalhar e poupar p/ se ter um futuro, reforma melhor que a porca miséria que o Estado atribui. Os politicos estão salvaguardados porque esses basta fazerem de conta q trabalham meia dúzia de anos e têm logo boas reformas e a esses nada se vai tirar porque esses certamente estão salvaguardados por 1 lei para eles feita… como habitualmente. Quem paga é sempre o LORPA.

    • Burro, lê tudo até perceberes vais ver que o teu comentário é muito diferente. A não ser que pertenças aquele grupo de portugueses que se queixam que tem uma reforma baixa mas tem uma churuda conta bancária, isto acontece porque levaram a vida a roubar o fisco e agora estão a usufruir das benesses que dá uma baixa reforma, novamente a roubar os portugueses. esquerda= uma vida de trabalho para uma reforma de miséria, direitôlos= uma vida de roubo antes e depois da reforma.

      • ter uma chorruda reforma é sinonimo de ter andado a roubar a vida toda? E ainda chama nomes a FCMM…???! Você, antes de afirmações sem nexo mostrando / revelando o seu nível de inteligência, uma vez que não consegue conter essa adrenalina toda por novos impostos ( o que revela bem o virar da página a que assistimos todos os dias), deveria exigir saber exatamente quanto vai o estado receber por este novo impostos ( ninguém sabe?!?! ) e onde vai ser aplicado este dinheiro ( aparentemente, é para qqcoisa mas ninguém bem sabe no quê ). Quando começar a fazer as perguntas certas, tenho a certeza que começará a ver o mundo sem ser a preto e branco..

        • Calma atrasadinho… ninguém sabe para já, mas assim que tiveres o OE disponível para consulta, vais saber!
          O FCMM é de facto burro, sem desprimor para o animal coitado, pois não leu a noticia na totalidade e não percebeu que o que foi dito não era referente à poupança, mas sim riqueza acumulada, OK? Abre os olhinhos que já é dia…!
          Cambada de energumenos!

      • Burro é o meu caro amigo que não consegue ver a diferença entre riqueza obtida ilegalmente (situação já prevista no nosso código penal) e poupança que resulta de trabalho ou investimento , do ponto de vista moral qual é a diferença de poupar 50€ ou 50 Milhões se isso for feito de uma maneira legal ? Ou coloca uma fasquia no nível de poupança ? Acima de que valor deverá uma pessoa ser penalizada por poupar ?

    • A moça tem os ensinamentos do pai (Camilo Mortágua, assaltante de bancos e condecorado por Jorge Sampaio), portanto, nada de estranhar.

  2. Resumidamente continuam a aumentar os impostos e nem esquerda nem direita sabem fazer mais nada!

    Porque não acabar com reformas vitalícias dos políticos, e prender quem deitou este país ao buraco em que se encontra..

    Políticos são todos iguais… Uns treteiros!

    A diferença é que Portugal deixou de ser um país de analfabetos e hoje em dia já não enganam ninguém…

    A não ser os habitantes das aldeias que se lhes pagarem um autocarro e um lanche, ainda andam com umas bandeiras do partido XPTO.

    • Caro FilipeAugusto, só uma pequena correção ao seu raciocínio: lá por termos menos analfabetos em Portugal não significa que sejamos mais inteligentes…

      Basta ler apenas um pouco nas entrelinhas (algo que não é possível para muita gente) o espírito por detrás deste artigo: as pessoas grandemente endinheiradas do país terão que pagar mais por habitações de luxo. Pessoas endinheiradas que podem ser donas de grandes grupos económicos (que incluem grupos de mass media, ou, no mínimo, têm amigos associados a esses mesmos grupos).

      Poderá esta ser uma razão para um ataque mediático a esta medida? Para moldar a opinião pública para que os mais ricos continuem a sê-lo, e os mais pobres a empobrecer mais?

  3. Tens toda a razão Splash esses gajos da direita são todos uns ladrões, pelo menos na Esquerda é tudo gente séria que fez evoluir o país.

    Os meus sogros pouparam uma vida inteira, nunca mudaram de carro, o carro deles deve de ter uns 16 anos, nunca aproveitaram a vida com passeios por causa daquela mentalidade antiga de poupar para a reforma, acho bem que sejam taxados porque deviam ter curtido a vida e comprado carros e vivido em vez de andarem a pensar no futuro…

    Ps que noticia é esta ao lado de onde escrevo que um tal Sócrates recebeu 21 milhões de luvas? Deve de ser algum jornal de direita…

    • Não vale a pena torceres-te todo!
      Mesmo que os teus avós poupassem por mês 2000€, e estivessem 20 anos a poupar sem gastar 1 único tostão, não conseguiriam nunca poupar 500k.
      Mas mesmo que comprassem uma casa de 500k com ajuda do banco, estamos a falar de 500k de valor nas finanças que como sabes não tem o mesmo valor que o real valor de mercado. Uma casa avaliada nas finanças em 500k deve valer no mercado uns bons 700k.
      Achas mesmo que uma pessoa que poupou 20 anos sem gastar 1 tostão vai empenhar-se junto de uma entidade bancária para comprar uma casa de 700k?
      Convenhamos, os partidos não são clubes de futebol. Bem sei que existe a questão clubistica da cores partidárias mas uma pessoa inteligente vota em pessoas e não em partidos. Vota em ideias, quer sejam elas de esquerda ou de direita sem qualquer tipo de tabu politico.
      Abre os olhinhos que já é dia… esses óculos de Alcanena estão a fazer-te mal!

  4. A religião é o ópio do povo.
    O dinheiro é o ópio do capitalistas!
    Nós não somos religiosos e não somos capitalistas, nem somos viciados em ópio.
    Nós somos todos iguais, portanto, todos pagam.
    Bem, o que eu estou a pensar e a querer dizer é que alguns de nós somos mais iguais que os outros todos!…

  5. Concordo com acabar com reformas vitalícias dos políticos, anteriores e futuros. Prender quem faltar com as suas responsabilidades, sejam políticos, gerentes de banco, médicos, etc.. Tanta gente com medo e pena dos milionários. Que classe tem um valor patrimonial de 500.000€ e grandes quantias em dinheiro no banco? Não é a generalidade das pessoas …

  6. O problema de se criar um novo imposto é que se não der o retorno que se pretende é só ajustar o nível a partir do qual se começa a pagar. Ou seja se o retorno de impostos para património acima de meio milhão for baixo, baixa-se a fasquia do meio milhão para os 200 mil e vai continuar a baixar o valor até atingir toda a gente. Criar novos impostos é um principio muito mau!
    Além disso porque o PCP não paga IMI e outros impostos sobre os 200 apartamentos e 60 terrenos declarados? Não podem ser considerados ricos só porque são pobres de espírito?

    • Informa-te, não é um novo imposto! É alterar um já existente que actualmente apenas taxava a partir de 1 milhão de euros e para imóveis de forma única, não no acumulado total de activos imobiliários do mesmo individuo fiscal.

  7. Para a Marli Costa pergunta que classe tem 1 valor patrimonial?
    A resposta e para os outros todos que neste painel deram opinião é só 1% dos portugueses, leiam bem 1% de 10 milhões de portugueses e splash tens raspão nesse 1% não estão os seus sogros, portanto e se for assim como estou a dizer não há que ter medo, não desconversem.
    E já agora Marli já cá faltavam os médicos,etc com pessoas a prender quando faltam as suas responsabilidades.
    Eu já vivi muitos anos e já votantes gente desde cá de baixo à lá de cima a faltar às suas responsabilidades, só que algumas não fazem mossa.

  8. Tudo ja com medo que lhe vão ao bolso por terem poupanças ou dinheiro guardado.
    Se é para dar aos mais pobres ou as pessoas que nao tem dinheiro talvez exista mais igualdade social e acabar com o RICO e o POBRE
    Tenham o suficiente para viver e nao amealhem só porque trabalheui imenso!!
    Tiveram foi grandes ordenandos que duvido que com ordenado minimo se consiga Poupar

    • Leia (por favor) a notícia outra vez (se é que a leu)! Se não percebeu leia-a de novo. Mais tarde ou mais cedeo entenderá (espero eu).

  9. Mais um título parvo! Mesmo com as aspas!… Toda a gente tem direito à opinião e interpretação. Um “jornal” (mesmo que virtul) não! Deve transmitir as notícias sem fazer juízos de valor e interpretações “criativas”. Ou será que o ZAP faz (apenas) artigos de opinião?
    Ao Sr Sérgio Sousa Pinto: Deixe o PS e mude-se para o PSD, que eles têm muitas vagas! Leve o Assis consigo que não faz falta e também é de direita!

  10. Em suma quando se começa a combater a fuga aos impostos, a direita fica histérica, taxar os mais pobres tudo vem, taxar os mais ricos aqui-del-rei que vem aí o dilúvio. Se fossem apanhar gambozinos….

    • “Se fossem apanhar gambozinos….” Não conseguiriam! Isso é só para gente competente e inteligente (porque sabem que gambuzinos não existem). Só (só…) nos temos de preocupar (e muito) se “eles” alcançarem o poder novamente. Aí é que vai ser elas!

  11. Incrivel como o “contributo” para esta questão, que a direita deu, foi um mero e pobre exercício de politiquice humoristica e barata, sem qualquer conteúdo. Esperava eu, que dali viesse algum conteúdo, alguma proposta alternativa em concreto mas não, preferiram dedicar-se ao “humor”, uns falando em “ministra Mariana” (PSD) e outros (CDS/PP) “quem manda é a senhora deputada Mariana”. É, de facto ridículo e é, sobretudo, mais um exercício de clarificação desta neoliberal direita. Só mesmo gente muito pobre de espirito e de soluções, pode fazer este tipo de politica, de resto, muito humoristica. O nível é mesmo muito fraco.
    Considero a questão sensivel e deve ser bem ponderada. Não concordo porém com o valor base que o BE sugere como “riqueza acumulada” e que são os falados 500 mil €. Para quem cá vive e trabalha, com o nivel de rendimentos que temos (baixos), é aceite pensar que dificilmente conseguiremos atingir um nivel de poupanças deste calibre porém estou a pensar em pessoas ( portugueses como nós) que trabalharam uma vida no estrangeiro para quem, POUPAR esse montante para a sua velhice, em Portugal, foi possível mas envolveu muito sacrificio e foi tarefa verdadeiramente Herculea. Não acho justo serem penalizados.
    Em suma, genericamente, cumprindo o principio de proporcionalidade fiscal e porque vivemos momentos de crise, concordo com a aplicação do imposto, embora ache que deve haver uma ponderação séria e realista, desprovida de complexos ideologicos, para se estabelecer a fronteira justa entre “riqueza acumulada” e “poupanças”.

    • Atenção que os 500 mil, diz respeito ao valor da avaliação pelas finanças e não ao valor real de mercado!
      Portanto diria que para ter um valor de 500 mil nas finanças, teria de valer uns bons 700 mil de valor de mercado.

  12. O novo IMI vai passar a chamar-se IMM Imposto Mariana Mortágua já devidamente atualizado por agora com o sol já incluído, daqui a mais seis meses haverá nova atualização onde se incluirá o luar. Considerar que uma pessoa possa estar rica com um ou mais imóveis com valor superior a mais de 500 mil euros pode ser uma visão completamente errada pois muitos imóveis além de estarem constantemente a precisar de manutenção se estiverem desabitados será sempre um custo elevado para o proprietário a não ser que o deixe ficar ao abandono o que está a acontecer a muitos por este país fora, isto poderá ser também um desincentivo ao investimento, se já estávamos sobrecarregados com impostos do governo anterior devido ás razões que todos conhecemos e de que o PS deveria ter a coragem de assumir publicamente a responsabilidade, vêm-nos agora carregar ainda com mais para adquirirem milhões em troca de tostões que nos darão em salários ou pensões para adoçar a boca ao pacóvio.

    • Que comédia… Já pensaste que esta medida incentiva o arrendamento? assim deixa de haver casas ao abandono!
      Além de que não é um novo imposto, é a alteração de um já existente mas que apenas taxava de 1 milhão para cima.
      O que vale é que iluminados como tu, aceitam que a direita tenha aumentado em 30% o IRS da classe média e não tenham sequer pestanejado, e agora com uma medida de justiça fiscal, vêm com balelas e pseudo humor onde não se vislumbram nem 1 única ideia ou proposta!
      É de facto uma comédia…

      • Mas o que é mesmo cómico é que esta medida nem é deste governo.
        Confesso que já não me lembrava mas, ainda agora vi, na Sic notícias, um directo com Passos Coelho, em que ele fazia reparos a esta possivel medida mas depois tramou-se, a jprnalista perguntou-lhe qual era a diferença entre esta medida e a que ele tinha proposto há 3 anos, igual no propósito e nos objectivos mas com um valor de 1 milhão em vez de 500 mil propostos pelo BE. Só vendo a reacção, para se perceber a atrapalhação, arranjou umas justificaçõee atabalhoadas, contraditórias, diria mesmo sem sentido.
        É ver pra crer.

  13. Povo nojento, imbecil, invejoso, anencéfalo (ou com o cérebro em diarreia crónica cerebral,) onde num manicómio auto-gerido, chefiado por alguns xicos-espertos, vulgo “pulhíticos”, (desde a extrema esquerda à extrema direita,) se vão governando, à grande e à francesa, e o povo masoquista levando nos cornos e ainda delirando de gozo!!!. Pelos comentários chegamos a essa conclusão. O mal do mundo são as organizações políticas mafiosas que estão em todo o lado… Fomos nós que votámos neles e nas suas promessas…. mas politicamente falando, promessas não são para ser cumpridas ou honradas, mas, apenas para enganar o zépovinho…. Acabar com o capitalismo, o “soxialismo”, e os esqueletos andantes chamado povo, e no que sobrou do país, além, do que foi metido no prego, vendido, dado, roubado e empenhado, deve ser o lema. A democracia foi substituída pela “DEMOKRATUR” Dois grandes homens, deixaram 2 obras super actualizadas, Zeca Afonso e os seus “os vampiros” e ” Menino do Bairro Negro, e de António Aleixo a célebre quadra, “Há tantos burros mandando, Em homens de inteligência, Que às vezes fico pensando, Que a burrice é uma ciência”!!!! Não mais me esquecerei quando um “célebre” político português da dita esquerda, há algumas décadas atrás, em visita à Suécia, gaba-se que no seu país, já tinham os ricos quase acabados…. e Olof Palme respondeu, e, nós, aqui na Suécia, os pobres!!! Foi há algumas décadas, no tempo dos revolucionários… aqueles que prometeram uma vida digna e nos roubaram tudo, até a esperança….e nos deixaram e deixam empenhados até à 50ª geração!
    Para que serve andarem aqui com comentários azedos e às turras uns com os outros, se não passamos de animais irracionais, perante o estado, a não ser quando votamos e pagamos impostos, e mesmo assim, nem sempre. O que apenas muda são os dípteros, o tacho, esse é o mesmo, onde esses ditos cujos umas vezes estão dentro e outros na borda!. Afinal quem manda no país…. ? É essa menina? O tempo do adolfo e do estaline ( letras pequenas) creio já se foi!!!. Com medidas dessas o nosso país não sairá da merda que nos meteram. O estado só cria miséria e despesa, o estado destrói, e são o seu povo que cria riqueza, nunca os “pulhíticos” o fizeram. Nunca uma esquerda radical criou mais do que miséria, portanto, a menina Mariana, que é economista, deve saber disso e penso que os portugueses não estarão mais interessados em estalinismo, cubanismo, chavismo, petralhismo ou naquelas teorias daquele animal da Coreia da Morte!!! Ultra capitalismo quer privado, quer do estado, neoliberalismos e todas essas teorias radicais, não desenvolvem, destroem. O capita racional é que desenvolve e cria melhores condições de vida num país. A esta juventude política, faz falta trabalharem profissionalmente para aprenderem algo mais, além do que vem nos “books e suas teorias” ou nas “escolinhas” das juventudes políticas!!! Impostos são necessários e devem ser pagos por todos, mas devem ser bem administrados…. o que certamente não acontece ( factos, são factos, e, contra factos, não há argumentos (factos com c)!!! Mudanças de impostos e impostos radicais, leis e decretos alterando a cada 2 meses a legislação, condições e impostos, não criam investimentos… AFASTAM-NOS.

    • No geral, um comentário bem válido (com algumas parvoíces no meio – e inevitável). Mas… Qual é a alternativa? Sabe-me dizer? Se a extrema direita (que era o que lá estava) não dá. A extrema esquerda também não (que é o que dizem que está agora). Exclui a ditadura. Já só resta a anarquia!

  14. Sim porque quando portugal pede dinheiro vai lá fora encher o rabo a outros quando podia muito bem ir buscar dinheiro aos portugueses na forma de obrigações etc e tal.
    Quem tem deve pagar mais do que os que não têm, é muito mais justo!

  15. Esta miúda nunca soube o que é trabalhar, nem sabe o que é a vida, os portugueses pagam-lhe um ordenado chorudo, não tem que se preocupar, vai continuar com fantasias marxistas na cabeça, nunca vai conhecer a vida real, a União Soviética acabou e ela não deu por isso, felizmente ainda resta a Coreia do Norte, último baluarte do Comunismo.
    Por que é que a falta de investimento está a tornar a situação financeira do país completamente caótica depois de o país a muito custo se ter endireitado? Quem tem dinheiro para investir? Meus amigos, julgam que alguém no seu perfeito juízo quer investir em Portugal enquanto esta gentalha extremista continuar a mandar no governo? Quer queiramos quer não vivemos num sistema capitalista e iremos continuar a viver. E esta gentalha que governa Portugal (e a Grécia) espanta o investimento e empobrece o país. Olhem no outro sentido e vejam a Irlanda, que conseguiu criar condições atractivas para os investidores. No ano passado cresceu 23% e já tem um dos PIB’s mais elevados do mundo. Já foi um país mais pobre do que Portugal. Não tem é gente extremista a afugentar os investidores nem teve nenhum Trocas a governar e a roubar ao mesmo tempo, endividando o país até mais não para dar os contratos aos amigos e receber a parte dele. Agora andamos a tapar o sol com a peneira. É essa a diferença.

    • “julgam que alguém no seu perfeito juízo quer investir em Portugal enquanto esta gentalha extremista continuar a mandar no governo?”. É… É preferível uma gentalha extremista (de direita) subserviente… Bem melhor, não é?
      Eu até poderia dizer “que tanta ignorância…”, mas no seu caso, não é. Opta por ser assim conscientemente. É uma opção e tem todo o direito. Só espero que haja (muito) poucos como o senhor…

  16. “Esta gentalha que governa Portugal (e a Grécia) espanta o investimento e empobrece o País”?
    Por amor de Deus.
    Meu caro amigo, nunca mas nunca, uma estratégia de empobrecimento foi levada a efeito com tanto ” empenho e rigor ” como no governo anterior. Quer provas? Vá ao site do INE, está lá tudo. Quer mais provas? Leia ( ou reveja na SIC ) o estudo feito pelo ISEG onde se comprova que as assimetrias sociais do governo ultraliberal de Passos Coelho as agravaram, onde o fosso entre ricos e pobres se vincou mais ainda, onde os sacrificios ( pomposamente anunciados por Passos como repartidos ) massacraram os pobres (e aqui confesso que fiquei surpreendido, pois pensava que os mais castigados tivessem sido a classe média ), fundamentalmente os pobres pasme-se, o que só posso entender como tendo objectivo final matá-los á fome para não darem despesa ao Estado ( conclusão arrepiante e hedionda mas não posso tirar outra face aos dados ), etc, etc.
    Entenda uma coisa caro senhor, a ultima preocupação dos ricos, são os pobres. Eles vivem numa esfera cuja compreensão da palavra sobrevivência não existe. Têm como objectivo de vida o enriquecimento sem limites. Se não houver um Estado que os regule e fiscalize, pura e simplesmente, atropelam todos os limites para atender os seus objectivos. Entender o Estado como um “papão” é uma visão torpe e que visa apenas diminuir o papel fundamental que o Estado tem no fomento de condições de equidade e dignidade para todos os cidadãos, em areas tão importantes como saúde e/ou educação.
    Por ultimo, a Irlanda. Péssimo exemplo. O crescimento de 23% do pib da Irlanda não pode ser lido dessa forma tão redutora. Informe-se bem da razão de ser desses numeros. Depois talvez perceba o malabarismo ( involuntário é certo ) existente.

    • Caro Tretas, desista (agora sou eu…)! Esse senhor Joel defende (claramente) que os ricos devem ser paparicados ao extremo com o risco, se não o fizermos, de perder os “ditos investidores” (que na maior parte investem em máquinas e não em mão de obra). Esse senhor não entende (porque escolheu conscientemente essa via) que, apesar de ser necessário o tal “investimento”, também é preciso a mão de obra… Motivada, ou seja, com boas condições de trabalho e remuneração. Esquece-se que ele próprio é mão de obra (a menos que seja rico). Mas nãaaaaooooo…. É melhor não provocar a ira dos ricos! Sim, porque se o fizermos eles fazem aquilo que já fizeram (e ainda estamos a viver – por muito tempo ainda): “criam uma crise (mais uma).

RESPONDER

Ter filhos torna as pessoas mais felizes (mas só depois de saírem de casa)

Vários estudos têm concluído que as pessoas sem filhos estão mais satisfeitas com as suas vidas do que aquelas que não os têm. Mas uma nova investigação constata que os pais e mães são mais …

Facebook está a criar (com sucesso) tecnologia capaz de ler mentes

Há cerca de dois anos, o Facebook começou a desenvolver uma tecnologia capaz de ler as mentes das pessoas. Agora, a empresa apresentou com sucesso os primeiros resultados da sua investigação. O Facebook quer disponibilizar uma …

Descobertas oito novas fontes de Explosões Rápidas de Rádio vindas do Espaço

As Explosões Rápidas de Rádio (Fast Radio Bursts, FRBs) são dos enigmas mais intrigantes da astronomia moderna. Estes sinais de rádio, por norma, duram milésimos até desaparecer, mas alguns repetem-se de forma irregular. Desde a descoberta …

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …