Governo cria novo imposto sobre imóveis

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno,

O PS e o Bloco de Esquerda chegaram a acordo para a criação de um novo imposto sobre o património imobiliário que deverá abranger apenas os imóveis de valor mais elevado, noticia hoje a imprensa.

O acordo foi alcançado no âmbito do grupo de trabalho sobre fiscalidade que reúne socialistas e bloquistas e deverá ser inscrito na proposta de Orçamento do Estado para 2017.

Este novo imposto sobre o património imobiliário global será adicional ao IMI e será progressivo, conforme salienta o Jornal de Negócios, notando que “em vez de incidir sobre cada prédio individualmente, recairá sobre o património total de cada proprietário“.

“À partida, não serão afectados patrimónios globais até 500 mil euros de valor patrimonial tributário”, afiança ainda o Negócios.

Os deputados Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda, e Eurico Brilhante Dias, do PS, explicam no jornal que “a habitação própria permanente da classe média e os prédios industriais não saem afectados” com este novo imposto.

Mortágua nota que se trata de uma medida fiscal que visa “taxar a grande riqueza patrimonial” e Brilhante Dias diz que tem como destinatários “grandes proprietários que não têm rendimentos do trabalho e vivem das rendas“.

Trata-se de “uma medida de justiça fiscal que se dirige aos contribuintes que têm maior património agregado”, realça ainda o deputado socialista, notando que a ideia é “tentar fazer contribuir quem paga poucos impostos”.

As características deste novo imposto só ficarão mais definidas quando for divulgada a proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2017.

Aumento nos combustíveis, carros e tabaco

Mário Centeno já admitiu que a proposta de OE para o próximo ano deverá incluir uma subida dos impostos indirectos, sendo certo que o IVA não vai aumentar, conforme garantiu.

Assim, os impostos indirectos sobre veículos, produtos petrolíferos, tabaco e bebidas alcoólicas deverão aumentar, sustenta a Rádio Renascença.

Centeno não foi claro neste aspecto, mas sublinhou que em 2017, haverá “uma redução fiscal” e que “as alterações fiscais que existirem terão o mesmo padrão de 2016”.

“Há um conjunto de impostos que não são alterados, por exemplo quando falamos do IVA, mas o Governo procurará, num contexto de recomposição do esforço fiscal, a forma de satisfazer este objectivo da melhor maneira”, disse ainda o ministro das Finanças, conforme declarações citadas pela Renascença.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

44 COMENTÁRIOS

  1. Disparate! Isto não são aumentos de impostos… não, são só para os “ricaços” latifundiários que têm imóveis de valor superior a 500.000€, não conta… não percebem?

      • Também não, nem fico ressabiado com os que pagam só porque têm mais que eu. Esse é o problema das esquerdas, em vez de quererem igualar-se por cima querem igualar-se por baixo.
        Mas saiba que se tiver de alugar uma casa, nesse caso vai certamente levar por tabela, mas isso também não conta…
        É como os combustíveis, também é pobrezinho e não tem carro, certamente, por isso pensa que não tem aumento de impostos…
        Realmente não há como quem não quer ver! Viver na ignorância, faz muita gente feliz.

        • As “esquerdas, em vez de quererem igualar-se por cima querem igualar-se por baixo”. Tem a noção do que escreveu?
          Então explique lá quem é que favorece as desigualdades sociais. É a esquerda? Explique lá quem é que, tradicional e ideologicamente, aposta em reduzir direitos sociais,criando um fosso cada vez maior entre ricos e pobres, apostando, e os dados oficiais estão aí, em reduzir rendimentos aos pobres e classe media, enquanto, aos longo desta crise os ricos ficaram mais ricos.
          Ninguém está contra os ricos serem ricos agora, para cumprir a norma que apregoa, o que se tem de fazer é dar condições para que classe média possa ter “armas” para também se desenvolver,criar os seus negócios e produzir, ou seja, querer “igualar-se por cima”.Se são, sistematicamente, os mesmos castigados (a classe media ) obviamente nunca vão passar do mesmo. Quando surge um governo que procura “anular” esses “castigos”, promovendo maior equidade para que a classe media possa prosperar fala-se em “inveja”. Ora francamente!
          Quanto a impostos bem, é politiquice. Pagamos impostos em tudo, certo? Agora será que pagamos no que não consumimos? Parece-me que não. Se eu não comprar carro novo, por acaso pago o IA? Ou pago IVA sobre o carro? Ou pago IUC? Não creio, a menos que alguém descubra uma forma de eu pagar imposto sem adquirir nada. Quanto a IMI, tenho casa propria e tenho, por herança dos pais das minha mulher, duas casas modestas e alguns terrenos no norte e no alentejo. Não chegamos, nem de longe, ao património de 500 mil euros ( muito menos 1 milhão). Alguma vez, sendo moralmente honesto, posso dizer que sofri um aumento do imposto? Claro que não.

  2. Que eu saiba viver de rendas implica pagar 28% de imposto à cabeça pelo que me parece que se trata de dupla tributação. Perseguem a riqueza e depois admiram-se que sejamos todos pobres…

  3. Mais um IMPOSTO disfarçado que os “justiceiros” de esquerda vão aplicar a quem tanto trabalhou p/ ter algum p/ juntar ás reformas de miséria que os politicos aplicam aos portugueses, é sempre imposto em cima de imposto. Sobre os rendimentos das rendas o IRS é aplicado o imposto de 28% agora vem c/ um outro? É estarmos a trabalhar p/ esta gentalha q está no governo. Incentivam ao aluguer porque não á casas suficientes as taxas de juro no banco é “0”, querem que sejam os senhorias a terem casas p/ alugar c/ rendas sociais!!!!…. O que mais ira acontecer? P/ agravar isto tudo só falta ser o totalitarismo e retirar os bens aos portugueses p/ ficar p/ o governos = politicos. Sim porque por este andar vai chegar a altura que nada vamos ter então eles vem SACAR tudo. Até quando portugueses? BASTA , CHEGA de tão MAU governar…. Portugueses estavam á espera de quê MILAGRES estes de esquerda sempre foram e serão os mais FALSOS deles todos.

  4. Onde anda o Tribunal Constitucional? No outro governo estava sempre em acção e agora que estão a prejudicar os portugueses NADA? Francamente “… quero ir p/ a ilha … e não mais voltar”. Cambada de nojentos.

  5. Como sempre e para que o imposto possa ser socialmente aceitável é feito só para titulares com patrimonio acumulado superior, suponhamos a 500 mil. O Povo aplaude porque não é para eles. Mas depois, digamos que 6 meses depois, se houver orçamento retificatico, é só descer os limites e não demora muito temos o imposto do imposto e a sorte é se não tiver IVA em cima..

  6. Acho bem que as grandes fortunas paguem. Quanto valerá as Grandes Igrejas, Os Grandes edifícios de escritórios, apartamentos, etc. Toda a gente fala que os ricos estão cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres. Há que chegar aos Grandes, pois normalmente parece que lhes têm medo.

    • Mais uma iluminada…
      De inveja, como não se pode ser alguém na vida, massacram-se os que com esforço lá chegaram.
      Não são nada bonitos os seus sentimentos…

  7. Com a esquerda funciona assim:
    500000 euros e já se é multimilionário. Quanto custa um T3 em Lisboa ou Porto?
    Afinal os TUGAS são quase todos milionário imaginem… até os comunistas e bloquistas. A continuar a perseguição a quem investe e vamos todos pelo cano abaixo. É que a esquerda não te, empreendedores,industriais, etc…são todos pobrezinhos. Que politica de merd.. em vez de pouparem aumentam cada vez mais a divida publica.

  8. É assim mesmo, vamos lá acabar com os ricos.
    Objectivo: sermos todos pobres. Assim sim.
    Olha olha, os melhores alunos estão todos a emigrar….porque será? Não compreenderão as vantagens de se viver num país super rico, sem ricos???
    Porque será que não querem trabalhar sem poder ter rendimentos???
    Egoistas, fascistas, “grandes”!!!

  9. Até que enfim que os ricos pagam alguma coisa!
    Já não era sem tempo.
    Andam sempre a explorar os pobres…
    Eu fui roubado durante 4 anos pelos filhos da puta do psd e do cds, ao serviço dos ricos e dos poderosos, da golsdman sach ou lá o que é.

    • Santa ignorância…
      Realmente com uma mente brilhante destas, como se pode não ser enrrab…?
      Quem nasce para soco não chega a sapato, é bem verdade.

  10. Eu realmente leio aqui cada uma, que é de bradar aos infernos!..

    Quer dizer, o passos de coelho passou o tempo todo a atacar os rendimentos mais baixos. Era o ordenado mínimo que teimava em não subir, era os cortes nas pensões de quem já quase nada tinha pra viver. Claro, como o país tem milhares de vezes mais pobres do que ricoss, é mais fácil encher os cofres do estado com dinheiro dos milhões de pobres do que dezenas de ricos, que depois ainda por cima têm dinheiro para contratar bons advogados e tudo… E bons contactos na banca, e poder de lobbying. É uma massada…

    Mas parece que com este governo, isso não tem funcionado assim. Com o Costa e o Centeno, quando a economia precisa de mais contribuições, pelo menos recorre-se a quem tem mais excedente. Mas pelos vistos há aqui quem ache que isso é que está errado. Há aqui quem ache que continuar a acentuar as discrepâncias entre ricos e pobres, é que é o correcto. Se calhar deve ser com aquela desculpa ignorante e esfarrapada de que os ricos é que investem e puxam a economia para a frente. É mesmo mentalidade à terceiro mundista africano ou sul americano.

    Alguém acredita que o que um “acumulador” faz é preocupar-se com a economia do país, quando investe num país de tesos com mão de obra barata? Acham que as grandes corporações americanas que vão explorar recursos do terceiro mundo, o fazem com o objectivo de melhorar a economia desses países?.. Por acaso é isso que tem acontecido nesses países?..

    É uma história da carochinha na qual só os “anjinhos” é que acreditam, essa de que os ricos devem ficar cada vez mais ricos para investir no fortalecimento da economia. Qualquer idiota sabe que o que fortalece a economia de qualquer país é uma classe média forte… NÃO É uma “alta finança” forte. Nem muito menos uma classe média atirada para a pobreza.

    Dispam mas é as vossas camisolas de clubísmos partidários bacôcos e discutam a realidade com imparcialidade e sensatez, como se não houvessem “simpatías futebolísticas” com partidos, que de resto se estão bem nas tintas pra todos vocês, pelo que escusam de os defender. Os partidos e em particular as suas escolas de recrutamento (os Jotas) só servem para formar pessoas no assalto ao orçamento de estado, às custas dos contribuintes. De que partido vêm uma pessoa que tomou determinada medida, não significa nada.

    Eu acho que as pessoas deviam ser obrigadas a comentar política de olhos vendados, sem saber de que partido é a pessoa que tomou determinada medida política. A confusão que isso iria dar, meu Deus… Gente que só sabe falar de política como se tivesse a falar de campeonatos de futebol: “O meu Clube contra o resto do mundo”. Pfff….

    • Caro Mikungfu, o conceito de rico e de pobre vai mudando consoante os interesses, as necessidades e a nossa situação.
      O que é um facto é que quanto mais impostos cobra um Estado mais pobre fica a população (ricos, remediados e pobres) e menos incentivos existem para que se trabalhe / produza / esforce. E sem esses factores, menos dinheiro haverá no futuro, pelo que mais impostos são necessários cobrar aos mais pobres, até chegarmos a um ponto em que só haverá muito pobres e meia dúzia de iluminados muito ricos. Há vários países que lhe podem servir de exemplo.
      Portanto, e tentando aproximar da desejada isenção que bem apregoa, mais impostos é mau, sejam eles quais forem. E redução nos custos do Estado é bom, sejam eles nas mordomias dos politicos, nas mordomias das grandes empresas, nos apoios sociais a quem não precisa ou não quer, seja nos funcionários públicos, que temos em grande excesso e com mordomias indiscritiveis!

      • José, pra começar é mentira que quanto mais impostos se paga, mais empobrece a população. Até certo ponto, o pagamento de impostos enrriquece a população. Os impostos são o que permite um Estado (ou seja, o conjunto de todos nós) criar as infraestruturas para o desenvolvimento de uma economia. O que empobrece um país é quando os impostos são tão altos que estrangulam a economia e levam ao desemprego que por sua vez leva a menos contribuições, numa espiral recessiva.

        O que leva também ao empobrecimento de uma população, são tios Belmiros a tentar tirar partido da crise e da aflição das pessoas, para pagar ordenados mínimos a licenciados e que dizem “investir” e “criar emprego”. Mas estão a investir é no bolso deles com mão de obra a preço de uva mijona. No sector privado, todos sabemos que os gestores ganham mais do que no público e os empregados ganham menos que no público. Pelo menos no Estado a gente ainda tem como os mandar embora quando não estamos contentes com eles, de 4 em 4 anos. Como é que você faz isso aos empresários privados? Imagine-se se o país fosse controlado (no fundo até o é) por corporações privadas!… A corporação privada, é como as ditaduras… Só não fazem o que não puderem e é por isso que detestam os sindicatos e as leis laborais.

        E olhe que está a falar com um filho e neto de patrões privados de uma grande empresa de engenharia que deu um importante contributo ao país desde 1931!.. Mas patrões como o meu Pai ou o meu avô, infelizmente há muito poucos. E numa país controlado por mafiosos e por um sector financeiro comprometido com a política, o mundo empresarial de hoje, é maioritáriamente composto por gandins. Vejam-se os escândalos com o pulha do Sócrates!

        Mais uma vez, aqui não se trata de esquerda nem direita. Trata-se de perceber que o ser humano não foi feito para funcionar sem regras, porque somos um animal social e não solitário. As regras são ditadas pelo grupo ao indivíduo e nunca pelo indivíduo ao grupo. Claro que eu sou a favor da propriedade e da iniciativa privada!.. Não sou de Esquerda. Mas a sociedade é que tem de ser o mais importante, e não o indivíduo isoladamente. Por isso liberdade não é anarquia. O indivíduo deve ter a liberdade que advém do mútuo consentimento com os restantes indivíduos do grupo. Por isso é que os valores da democracia são importantes e por isso é que os governos têm legitimidade e devem levar um pontapé no cú, quando a perdem. algo que não se pode fazer a empresas privadas, infelizmente… Porque caso não saiba, já há corporações económicas que processam países inteiros, por se intrometerem entre a sua ganância e a dignidade das populações.

        O poder corrompe e o poder absoluto corrompe absolutamente. Se quer saber o que é capitalismo com respeito pelos cidadãos e pela sua organização social, sugiro ler Karl Polanyi.

    • Santa ignorância, se gosta tanto de socialismo, mude-se para a Venezuela.
      O dinheiro que eu ganho é meu, não é para ser roubada nos impostos para dar a quem passa a vida com o cu sentado no café a espera de subsídios.

      • Não seja ignorante, Cláudia. O dinheiro que você ganha não é só seu. Você só ganha dinheiro porque há uma economia que só se torna possível num país onde há estradas, pontes e todo um conjunto de infraestruturas, que só existem com a contribuição de todos nós. Tente ganhar dinheiro sem usar nada do que o Estado constrói e depois venha-me dizer quanto ganhou e quanto é esse seu tal dinheiro.

        Do mesmo modo que para você trabalhar, tem de pagar um conjunto de bens e estruturas que compra a privados, como computadores, tinteiros, combustível, electricidade, etc… Outro tanto, você tem de comprar ao estado, mediante pagamento de contribuições. A não ser claro, que você tenha a árvore das patacas ou a galinha dos ovos de ouro. Se assim for, calo-me já.

      • Sim eu sei Alves, é um verbo impessoal. Por acaso até sabia mas mesmo que não soubesse, pode-se fácilmente ver que sou uma pessoa que escreve consideravelmente bem, pelo que um erro aqui ou ali num texto escrito na net a passo de corrida, tem a importância que tem.

        Agora se você em vez de estar a ver mosquitos na outra banda, tivesse acrescentado algo de útil à conversa, não tería sido pior.

    • Ora aqui está um excelente comentário… as pessoas olham os partidos como clubes de futebol, se soubessem o quão ridículos são!!!
      Parecem ovelhas todas atrás umas das outras, sem qualquer tipo de pensamento próprio.
      Pensem por vcs.
      Eu voto em pessoas, não voto em partidos.

      • E faz você senão bem, Rui! 🙂

        Infelizmente esperteza não é inteligência… E inteligência não é sabedoria. Há muito esperto de café e até há algumas pessoas com boa inteligência (menos, porém)… Mas pessoas com verdadeira sabedoria e sensatez, isso é que escasseia. Obrigado por contribuir de forma sábia e sensata. 🙂

  11. nos estados unidos os cidadãos não vêem com bons olhos os aumentos de impostos inclusivamente os dirigidos ao “ricos”, porque têm a ambição de um dia fazerem parte desse segmento da população, os odiados abastados na noção dos portugueses. Isto revela a natureza de um povo e a confiança do que podem fazer com as suas vidas. Não sou rico mas pretendo ser e isso em portugal é tabu. não devia ser. este governo e todos os outros não querem saber em primeiro lugar das pessoas mas sim das suas carreiras e dos interesses dos partidos que alimentam. somos um meio para um fim. em todo o caso as oportunidades estão aí. estudem, trabalhem e sejam empreendedores.

  12. Independentemente dos clubes partidários, aumento de imposto é sempre aumento de imposto. Seja para pobres, seja para ricos, seja para o menino ou para a menina… Não se trata de uma discussão de classes, pois o marxismo é uma teoria caduca.
    Isso sim é o que está mal, porque o que nos falta, como de agua para a boca é o controlo das despesas públicas, sobretudo das menos necessárias, de forma a termos as contas públicas com capacidade para os govermos, independentemente da cor, poderem diminuir os impostos. Como?
    Com controlo da despesa pública, com eliminação das desnecessárias, sem mordomias, sem lobbies, sem carros de alta cilindrada, sem reformas gold, etc, etc, etc… Tanque de onde sai agua e não entra na mesma proporção, mais tarde ou mais cedo seca… Mas como não pode secar aumentam os impostos.
    Por alguma razão está tudo teso, mas continuam interessados em lá chegar… devem ter alguma motivação…., que não deve ser só ajudar e servir o Povo que lhes elege.

    • Não se trata de Marxismo. Se quer falar dum Karl, falemos de Karl Polanyi, um dos pais do capitalismo moderno. A questão aqui é que a justiça social é um valor inalienável. Não se trata de comunismo nem socialismo… Trata-se de justiça social, que é um valor criado por ideólogos de direita. O Estado social não uma invenção de comunistas. As pessoas nem sequer pagavam impostos na URSS.

      Basta olhar para países como a Suiça ou os países Escandinavos para ver que lá as pessoas pagam mais impostos do que cá mas fazem-no de bom grado, porque vêm o resultado das suas contribuições e beneficiam verdadeiramente na proporção do que contribuem. O mal não são os impostos. O mal é quando os impostos são desviados para bolsos pessoais, seja de governantes, seja de privados, como acontece com as PPPs, que não são mais do que o uso dos nossos impostos para enriquecer negócios privados, em vez de reverterem para quem os paga.

      Dizer que o imposto é uma coisa má por princípio, é um absurdo e é não perceber que o mal é andarem privados a meter ao bolso os nossos impostos.

  13. Os meus parabéns, com impostos destes podem, e muito bem, a maioria dos portugueses, os únicos as queixarem-se são os que estão “mal” habituados a viver à grande e à francesa! Chorem lá as vossas lágrimas de crocodilo. No que toca ao álcool, espero que seja um imposto bem grande, um imposto “à Inglesa”, uma vez que para aqueles lados o preço deste bem não essencial até assusta. O álcool, esse sim, é responsável por um sem número de acidentes. Devia até ser proibido o consumo durante a semana em horário laboral – só Deus sabe quantos camionistas, e não só, andam por aí alcoolizados, todos os anos morrem pessoas vítimas de acidentes de viação, a meu ver o álcool é o principal culpado nestes casos.

  14. Que pouca vergonha. Continuamos governados por esses parasitas do be e do pc.
    Somos um bando de palermas ingénuos.
    Quando o Passos quis cortar nas grandes reformas caiu o Carmo e a Trindade, reformas essas que só servem para alimentar parasitas. Agora vão-se criando novos impostos, chulando quem conseguiu amealhar algum património, e chegando ao ridículo de pôr a exposição solar a pagar imposto.
    Bando de parasitas!!!!

  15. Acho muito bem , impostos sobre quem mais tem apoio e ainda avia de aver outro sobre os lucros das empresas no final do ano mas esse dividido pelos trabalhadores tipo 20%

    • Deve pertencer aos trabalhadores… que bom receber 20% sem fazer nada…
      “Havia” e “haver” escreve-se com H. Como no tempo da escola andava certamente a brincar em vez de estudar, lá se foram as hipóteses de ser rico e por isso, é mais fácil tirar a quem fez por o ser.
      Mentalidades…

  16. Pois, está bem visto a qualidade deste governo é fraca. Tapa de um lado e destapa do outro, coisa que qualquer um é capaz de fazer. Pensava que a ideia era aumentar o tamanho do cobertor, mas ainda não há qualidade suficiente para ser desta…
    Quem diz que está bem e que só toca aos ricos deve ser um valente incapaz e ignorante. Incapaz porque a ideia era sermos todos mais ricos, e não mais pobres. Ignorante porque além deste imposto há os outros que já se criaram, como o dos combustíveis ou a penalização pela exposição solar (esta medida até faria corar o tirano contra o qual lutou o Robin dos Bosques), que tocam a todos, e com bem mais intensidade em quem menos tem.
    Vivam os palermas que até quando são roubados batem palmas…

  17. A esquerda no seu melhor!
    Já agora andaram tanto tempo a perseguir a direita quebestava no governo iriam baixar isto aquilo solucionar problema dos reformados etcnetc e depois de tanta asneira e aumento das dívidas ainda aumenta os impostos. Sim aumenta impostos ou vocês acham que estas futuras medidas iriam ser para os ricos que já nada ou pouco tem no País…. Eles falam e todos acham que é possível obque eles falan. Só. Um pormenos grande, qual o país de esquerda que melhorou??? Olhem a Espanha sem governo ha um ano. O Brasil… Entre tantos outros promessas muitas mas não para quem vota…

  18. A seguir irão aos bancos ver quanto cada cidadão possui na conta, e ROUBARÃO uma percentagem anual. Esta “santíssima trindade” puxa-nos rumo ao comunismo puro e duro, o que foi rejeitado na ex-URSS e satélites. Quando a menina Mortágua e outras semelhantes eram apenas projecto longínquo, alguns que agora vão ser ROUBADOS, trabalhavam mais de 16 horas por dia, no estranjeiro ou no mar, para amealhar algum e investir no seu país. A persiguição a quem tem algo intensifica-se, pois esta gente é incapaz de criar riqueza. O mais facil é ROUBAR, e comer os ovos (dos outros). A seguir comerão a galinha. E depois, dizem que a culpa é da conjuntura e fecham a porta. Pobres de nós.

  19. Que granda cromos da bola que eu vejo a comentar.
    Há um pais onde se paga impostos bem altos, e se perguntarem ao povo desse pais se querem que lhes baixem os impostos eles dão-lhes um tiro, vejam lá se adivinham qual é (se forme minimamente inteligentes) ?
    Os estados unidos tem uma filosofia diferente da nossa, trabalhas de sol a sol (tipo os chineses) e com sorte pode ser que fiques rico, mas tenham cuidado onde depositam o vosso dinheiro pode ser que tenham o azar de Wall street “roubar”
    a vossa fortuna mas isso tudo bem como não é do estado pode roubar á vontade.
    Os ricos têm que “pagar” também a crise não pode ser sempre a classe média a ser crucificada, e já agora por mim aumentava-se o IVA para 30% só nos carros de valor superior a 50.000€, nos tacos de golfe, nos produtos de Luxo e ainda mais no tabaco, e para terminar um imposto especial para a Sonae e para o Grupo Gerónimo Martins.

  20. Que granda cromos da bola que eu vejo a comentar.
    Há um pais onde se paga impostos bem altos, e se perguntarem ao povo desse pais se querem que lhes baixem os impostos eles dão-lhes um tiro, vejam lá se adivinham qual é (se forem minimamente inteligentes) ?
    Os estados unidos tem uma filosofia diferente da nossa, trabalhas de sol a sol (tipo os chineses) e com sorte pode ser que fiques rico, mas tenham cuidado onde depositam o vosso dinheiro pode ser que tenham o azar de Wall street “roubar”
    a vossa fortuna mas isso tudo bem como não é do estado pode roubar á vontade.
    Os ricos têm que “pagar” também a crise não pode ser sempre a classe média a ser crucificada, e já agora por mim aumentava-se o IVA para 30% só nos carros de valor superior a 50.000€, nos tacos de golfe, nos produtos de Luxo e ainda mais no tabaco, e para terminar um imposto especial para a Sonae e para o Grupo Gerónimo Martins.

  21. Não só vai criar mais este imposto, outros estão já na forja a que eles chamam pomposamente de impostos indiretos como se o zé povinho não os pagasse diariamente e tudo isto com a bênção da extrema-esquerda, quem diria há uns meses atrás! Pelos dados apresentados na televisão os que já tinham aumentado como o imposto sobre combustíveis e outros ascendem a vários milhares de milhões de euros o que dá perfeitamente bem certamente para cobrir as despesas com os aumentos de salários e pensões que deram o que quer dizer que no final contas bem feitas contribuímos mais do que recebemos e de novo vão carregar com mais impostos para depois retribuírem com umas migalhas e o zé povinho cada vez mais asfixiado fica-se a sorrir de contente.

  22. Só frases, vamos combatê-los somos descendentes de grandes guerreiros e quê! agora falamos/falamos e sempre com o rabo no meio das pernas, fod……se..! que é que se passa, á mínima voz alta a reivindicar os seus direitos em qualquer parte seja instituição ou até na caixa do supermercado fica tudo cabisbaixo, acagaçado com medo e incapaz de apoiar muitas das vezes o que está correto, temos que dar razão a quem diz que a cultura do cidadão faz a diferença essa é a verdade, ainda nos falta esse toque.
    No tempo de Salazar pagávamos e não bofávamos, agora bofamos e pagamos, que porra era só um sanguessuga agora são vários e cada vez mais porque as crias desses porcos vão ser alimentadas na mesma PIA, nós enchemos!!! viva os RICOS!! sem eles estava-mos fodidos ficávamos sem trabalho para OS alimentar.

  23. Tantos indignados por aqui? Pelas vossas queixas vê-se mesmo que andam a passar fome. Espero que o imposto seja a “valer”, voçês bem merecem, cambada de crápulas.

  24. Hé pá…por aqui é quase tudo malta com boas contas bancárias e imóveis avaliados em mais de 500 mil euros. Compreendo agora porque na altura do Coelho e do Irrevogável quando foram aplicados impostos extraordinários a rendimentos acima dos 600 euros e as classes mais pobres perderam cerca de 25 % dos seus rendimentos ficaram todos caladinhos, nada de comentários nem indignações nessa altura.

RESPONDER

Tarantino diz que "Bruce Lee era um tipo arrogante". Filha do ator acha que cineasta deve pedir desculpar

A filha de Bruce Lee, Shannon Lee, disse à revista Variety que Quentin Tarantino "podia pedir desculpa ou dizer 'Eu realmente não sei como o Bruce Lee era. Apenas escrevi para o meu filme. Mas …

Fotógrafo entrou na morgue, tirou fotografias ao corpo de Marilyn Monroe e escondeu-as num cofre

Um famoso fotógrafo tirou fotografias do cadáver nu de Marilyn Monroe e escondeu-as, sem nunca revelá-las ao público. A informação é avançada pelo filho do fotógrafo Leigh Wiener, Devik Wiener, que afirma que o seu pai …

Receber o coração de um porco para transplante pode estar prestes a ser possível

Num futuro muito próximo, os seres humanos poderão receber transplantes de coração de porcos, considera o cirurgião britânico Terence English, de 87 anos, que em 1979 realizou o primeiro transplante cardíaco bem sucedido do Reino …

Elon Musk quer largar bombas nucleares em Marte

https://vimeo.com/354701570 Elon Musk quer bombardear o "planeta vermelho" para torná-lo habitável para a raça humana. Pode parecer contraditório, mas a ideia do fundador da Tesla e da SpaceX até poderia resultar. Bombardear Marte para tornar o planeta …

Mosca negra. A praga que alastra pelo Rio Tejo

Há uma praga a multiplicar-se pelos rios espanhóis, incluindo o Tejo, que está a levar milhares de pessoas às urgências dos hospitais e a afectar os produtores de animais. Trata-se da mosca negra que prolifera …

Descoberta mensagem em garrafa com 50 anos no Alaska. Autor foi descoberto na Rússia

Tyler Ivanoff estava à procura de lenha na costa do Alaska quando encontrou algo muito “maior”: uma garrafa com uma história: tinha 50 anos e uma mensagem no interior. "Estava à procura de lenha. Deparei-me por …

Portugal usa 4 vezes mais luz por candeeiro do que a Alemanha. É o país europeu com mais poluição luminosa

Portugal é o pior país da Europa em poluição luminosa, no que respeita ao fluxo luminoso per capita e fluxo luminoso por produto interno bruto (PIB). Esta é uma das conclusões de um artigo publicado na …

Colunista britânico agredido em Londres. Atacantes seriam ativistas de extrema-direita

O colunista britânico Owen Jones, considerado um dos mais influentes comentadores de esquerda no Reino Unido, foi agredido este sábado num bar em Londres, onde se encontrava a celebrar o seu aniversário. De acordo com o …

Cabras sapadoras que ajudam no combate aos incêndios em Portugal chegam ao “New York Times”

O jornal norte-americano The New York Times visitou a aldeia de Vermelhos, no interior do Algarve, para mostrar como as cabras foram promovidas a um “bombeiro low-cost” "Portugal tem tido dificuldades em encontrar soluções para …

Estado recebeu 28 milhões de euros de jogos de casino. Movimentados mais de 4 milhões por dia em 2018

Em 2018, entraram nos cofres públicos 28 milhões de euros provenientes dos casinos e bingos portugueses, num ano em que o volume do jogo ultrapassou os 1.6 mil milhões de euros. Contas feitas, os apostadores movimentaram …