Correio da Manhã “não vai parar de escrutinar” José Sócrates

José Sena Goulão / Wikimedia

Ex-primeiro-ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro-ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O jornal Correio da Manhã afirmou esta quarta-feira que vai, “para já”, acatar a decisão judicial que o impede de publicar notícias sobre o processo que envolve José Sócrates, mas garante que “não vai parar de escrutinar” o ex-primeiro-ministro.

“Esta decisão não vai parar o Correio da Manhã de escrutinar Sócrates”, lê-se no editorial desta quarta-feira do jornal, assinado pelo diretor-adjunto, Eduardo Dâmaso.

Segundo o mesmo texto, os advogados do jornal “estão a analisar a decisão extensa” do Tribunal da Comarca de Lisboa e, “tratando-se de uma deliberação judicial, o CM vai, para já, acatá-la” e, depois, contestá-la no lugar próprio.

O Tribunal da Comarca de Lisboa deferiu terça-feira a providência cautelar interposta pela defesa de José Sócrates para impedir a divulgação de notícias relacionadas com o processo “Operação Marquês” pelo grupo Cofina, proprietário do Correio da Manhã.

A defesa do antigo primeiro-ministro revelou que foi decidido proibir cada um dos jornalistas de “editarem, publicarem ou divulgarem, incluindo através de outros jornalistas do grupo Cofina, por qualquer modo, em suporte de papel, em suporte eletrónico ou sonoro, radiofónico, televisivo, por transcrição direta ou por qualquer outro modo indireto o teor de quaisquer elementos de prova constantes do inquérito“, que decorre no DCIAP de Lisboa, e em que José Sócrates é arguido.

O grupo Cofina inclui, entre outros títulos, o Correio da Manhã (imprensa e televisão), a revista Sábado, o desportivo Record e o Jornal de Negócios.
Para o diretor-ajunto do CM, a decisão do tribunal, conhecida na terça-feira, à noite colide “com a jurisprudência nacional e do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem”.

Decisão sobre Cofina “abre grave precedente”

O Sindicato dos Jornalistas considerou esta quarta-feira que a decisão judicial que impede a Cofina de publicar notícias sobre o processo que envolve José Sócrates “abre um grave precedente” e que leva “a constrangimentos” no direito de informar.

“A direcção do Sindicato dos Jornalistas entende que o recente caso relacionado com as publicações do grupo Cofina abre um grave precedente e provoca constrangimentos ao exercício do direito de informar”, publicou hoje à noite aquele órgão sindical na sua página na Internet.

Para o sindicato, “são condenáveis todas as tentativas de limitar a liberdade de imprensa” e todas as tentativas de “limitar a liberdade de imprensa e de informação, valores constitucionalmente protegidos, são condenáveis”.

O sindicato salienta que “encoraja” a investigação jornalística autónoma no contexto de processos judiciais em que se verifique relevante interesse público.

Questionado pela agência Lusa sobre esta decisão judicial, o Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas limitou-se a responder que “o que o juiz decidiu não foi silenciar o Correio da Manhã, mas proibi-lo de publicar ou divulgar, inclusive através de outros jornalistas do grupo Cofina, por qualquer modo”, através de qualquer suporte, por transcrição direta ou por qualquer outro modo indireto, o teor de quaisquer elementos de prova constantes no inquérito”.

José Sócrates esteve preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora mais de nove meses, tendo esta medida de coação sido alterada para prisão domiciliária, com vigilância policial, a 04 de setembro passado.

O ex-primeiro-ministro foi libertado na sexta-feira passada da medida de coação de prisão domiciliária, embora fique proibido de se ausentar de Portugal e de contactar com outros arguidos, no âmbito do processo “Operação Marquês”.

Sócrates foi detido a 21 de novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

/Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Isto é FACISMO. O JS nunca me enganou é um facista disfarçado. Está a fazer ao CM o que já fez anteriormente na TVI. Isto da #democracia” é tudo uma TRETA. O que eles querem é poder p/ ROUBAR descaradamente o Zé Lorpa. o Povo é mesmo LORPA senão vejam o que está acontecer na politica, estamos sem governo porquê? Porque o Lorpa do povo deu votos á esquerda quando foi esta esquerda que SEMPRE nos levou á BANCARROTA.
    Continuo a LAMENTAR que todos paguem este erro, mas na dita “democracia” é assim mesmo… DEIXEM de SER LORPAS….

  2. Independentemente da linha editorial, ou do estilo da publicação, do público alvo, alguém imagina o que seria se os envolvidos no “silêncio judiciario” fossem políticos da direita, as cobras e lagartos montados no carmo e na trindade que viriam por aí?
    Conseguem imaginar uns monteiros a deitar para o lixo uma e outra vez o lixo deveras repugnante e a eito de varadas de lamaçal, se se tratasse de alguém da direita?
    A história repete-se com outros protagonistas da mesma área dos macaus e dessas porcarias… das forças “populares”, terroristas que mataram feriram e roubaram…
    Em política o que interessa são os fins e não os meios até porque “em política feio,feio, é perder”… Ainda que se tenha de calar a imprensa livre.. A propósito, será que há processos cíveis ou criminais contra os orgãos de informação da COFINA?
    No mercado o tomate deve estar escasso… O que se passou com os 30 Mil exemplares da edição do livro de Rui Mateus esgotados na hora e nunca mais reeditados – há tantos anos? Contos proibidos? Há um PS desconhecido dos Portugueses ou “aquilo” é o que lhe circula nas veias? O poder a todo o custo nos vultos de cortesias de sobretudo… No silêncio de gabinetes.

  3. Atentado à liberdade de expressão, ao direito à informação, à cidadania e à democracia.
    Além de figura pública, foi lá posto com o voto do povo.
    Abaixo os silêncios viva o crivo do eleitorado…
    .
    Não queremos que se apaguem outros “lixos”.

  4. Escrutinar?! Informação? No CM?!
    De vez em quando, no meio daquele “lixo jornalístico”, é capaz de haver disso…
    Seria preocupante se isto acontecesse a algum jornal que realmente informe e publique noticias… agora, num jornal que as “cozinha” e faz programas de horas com supostas e hipotéticas teorias sem nada palpável…

  5. A CMTV já está (mais uma vez) em DIRECTO à porta da casa de José Sócrates!!
    Isto é que é informação de qualidade…
    Horas de directo sem dizer absolutamente nada (a não ser ruído)!!

  6. Agora o CM e todo este grupo teem mais tempo,quero ver esta acutilancia,esta luta sem quartel virada para a transcrição do processo julgado e com condenados na
    ALEMANHA ,OS SUBMARINOS.
    Quem sacou e como sacou e quais as consequencias do assalto ao BPN.
    O que aconteceu ao bando de Coimbra que sacaram milhoes da escola PUBLICA para entregar aos colegios privados,
    Expliquem-me lá o negocio do pavilhão ATLANTICO.
    Contem-me lá como ficou o embargue do TUNEL do MARÃO.

    Digam lá quem ficou com as mesmas obras?
    Não vi respostas
    Gosto da verdade e isenção
    Não quero continuar a pagar .

    • Ora nem mais!
      Este “jornalixo Correio da Manhã” já só engana parolos e, pelos vistos, continua a enganar muitos.
      Tem feito uma perseguição feroz a Sócrates, sem que o mesmo se verifique em relação a outros processos, com contornos bem superiores numa escala de valores e mais lesivos do Estado. São uns nojentos, cuja isenção nem está num estadio de “duvidosa” está já é num estadio de altamente tendenciosa e sem crédito. Nojentos!

RESPONDER

Comissão Europeia planeia reduzir capacidade das multinacionais em explorar sistemas fiscais

A Comissão Europeia está a estudar formas de acionar partes de tratados europeus para reduzir a capacidade das multinacionais em explorar os sistemas fiscais de alguns países da União Europeia (UE), identificando-os como distorções do …

Governo britânico decide banir Huawei da rede de telemóvel 5G

As operadoras de telemóvel britânicas vão ter de remover todo o equipamento da empresa chinesa Huawei usado na infraestrutura de telecomunicações 5G até ao final de 2027. A decisão foi tomada, esta terça-feira, numa reunião do …

Bolsonaro farto da quarentena. "É horrível", diz Presidente, infetado com covid-19

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em quarentena há quase uma semana após testar positivo para a covid-19, anunciou que vai submeter-se, esta terça-feira, a um novo exame e admitiu que vai aguardar ansioso os …

Encontrado o corpo da atriz Naya Rivera

O corpo da cantora e atriz, estrela da série televisiva Glee, foi encontrado, esta terça-feira, num lago no sul da Califórnia, anunciaram as autoridades do condado de Ventura. O corpo de Naya Rivera foi descoberto seis …

Em 2100, seis em cada dez idosos vão ser dependentes

Quase seis em cada dez portugueses idosos vão ser dependentes de pessoas em idade ativa no ano de 2100. A estimativa é do Eurostat. De acordo com uma estimativa recente do Eurostat, seis em cada dez …

Sete detidos em megaoperação policial em Viana do Castelo e no Porto

A PSP deteve, esta terça-feira, sete homens, com idades entre os 20 e os 30 anos, todos do concelho de Viana do Castelo, apreendeu “droga diversa” e material ligado ao tráfico e consumo de estupefacientes. Em …

China acusa EUA de sabotarem paz regional após posição sobre Mar do Sul da China

A China reivindica quase toda a área do mar do Sul da China e opõe-se, frequentemente, a qualquer manobra ou ação militar dos Estados Unidos na região. Esta terça-feira, a China acusou os Estados Unidos de …

45% da população ativa da Madeira está em lay-off ou no desemprego

A pandemia de covid-19 teve efeitos desastrosos no turismo e no mercado laboral da Região Autónoma da Madeira. No arquipélago, um terço da população ativa está em lay-off e o desemprego subiu 10% face a …

Líder da oposição da Nova Zelândia demite-se. "Tornou-se insustentável em termos de saúde"

O chefe da oposição da Nova Zelândia, Todd Muller, está demissionário, deixando o Partido Nacional sem liderança antes das eleições legislativas em que o centro-direita tem de defrontar a primeira-ministra Jacinda Ardern. Através de um breve comunicado, …

Costa sai de Haia sem promessas e deixa achega ao primeiro-ministro holandês

"Ou saímos todos ao mesmo tempo deste problema, ou ficamos todos no problema", disse António Costa após a reunião com o primeiro-ministro holandês sobre o plano de recuperação europeu. O primeiro-ministro, António Costa, disse esta segunda-feira …