Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

António Cotrim / Lusa

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016.

Segundo o Jornal de Notícias, o Governo travou, no último trimestre do ano passado, a negociação a que dera início para o pagamento de indemnizações às famílias dos recrutas mortos durante a chamada “Prova Zero” do 127.º Curso de Comandos, em 2016.

A intenção do Estado é esperar pelo final do julgamento, que já teve início há mais de um ano e não tem data para terminar. Ao jornal, o Ministério da Justiça respondeu que, se houver um acordo, irá ponderar se “a transação deve ou não ser autorizada”, “à luz do interesse público”.

Em declarações ao diário, o advogado das famílias das vítimas, Ricardo Sá Fernandes, diz que esta é uma decisão “lamentável”.

“Noutras situações que conhecemos desta natureza — como Pedrógão Grande —, o Estado sempre avançou, independentemente da responsabilidade criminal, por entender que, mesmo que não haja responsabilidade criminal, há o funcionamento do sistema em geral que falha”, frisa o advogado.

Hugo Abreu, instruendo de 20 anos, morreu durante a “Prova Zero”, que decorreu a 4 de setembro de 2016, devido a um “golpe de calor”. Uma semana depois, outro instruendo com a mesma idade, Dylan da Silva, faleceu no Hospital Curry Cabral. Vários outros instruendos sofreram lesões graves e tiveram de ser internados.

Segundo a RTP, as famílias destes dois militares, assim como de um outro que ficou ferido, exigem, no total, mais de 740 mil euros de indemnização.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O Governo português só não suspende o pagamento das subvenções políticas aos parasitas da política como o António Guterres e tantos outros que as acumulam com os chorudos ordenados que auferem e os subsídios a todos aqueles que nunca trabalharam, nunca descontaram e nunca pagaram impostos.

    • Completamente de acordo!
      O Guterres devia ter vergonha de “roubar” mensalmente mais de 4 mil euros aos portugueses!!
      É pena que nenhum jornalista lhe pergunte directamente porque faz isso a Portugal!…
      Até criminosos condenados como o Vara e o Duarte Lima recebem subvenções…

  2. Pois claro que não! Não são banqueiros, nem as famílias dos estudantes do Meco, nem os polícias que afinal só andam fardados porque querem. Não é esta gente que o povo gosta de ver no poder? Metemo-nos com o PS, levamos, Jorge Coelho dixit. Já foi há quase 19 anos mas o povo não aprende! Pensam que é a brincar… É bem merecido!

  3. Acho bem!!
    Porque razão haveria o Governo de usar, mais uma vez, o nosso dinheiro para sermos nós todos a pagar pelos erros de duas ou três pessoas?!
    Há um processo a correr onde os responsáveis serão apurados, portanto é esperar para ver.
    Se, no fim, as famílias tiverem mesmo direito a ser indiminizadas pelo Estado, que sejam.
    .
    Comparar este caso com o de Pedrógão só mostra a “raça” dos advogados!…

Redução de 3% na eletricidade para o mercado regulado entra em vigor esta terça-feira

A descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh), ou seja, uma redução de aproximadamente 3% no total da fatura de eletricidade dos consumidores, entra esta terça-feira em …

Em termos económicos estamos pior que "numa situação de guerra", diz Daniel Bessa

“Na recuperação da economia não podemos esperar uma fase ascendente tão rápida. Vamos ter uma recuperação mais lenta", alerta o economista Daniel Bessa. O economista Daniel Bessa considera que a atual situação económica, decorrente da pandemia, …

Escolas não devem reabrir em abril

Esta terça-feira ao início da tarde, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que as escolas vão manter-se fechadas até ao final de abril. Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido, esta terça-feira, com especialistas …

Câmara de Comércio e Governo criam gabinete de apoio às empresas

A Câmara de Comércio e Indústria (CCIP) e o Governo criaram um gabinete de apoio às empresas para esclarecer e facilitar o acesso das companhias às ajudas lançadas pelo executivo. Segundo noticiou a TSF, a estrutura, …

Tragédia continua. Encontrado corpo de sobrinha-neta de John F. Kennedy

O corpo da sobrinha-neta do ex-Presidente norte-americano John F. Kennedy, que estava desaparecida com o filho desde quinta-feira, foi encontrado na segunda-feira, informaram esta terça-feira os meios de comunicação norte-americanos. Maeve Kennedy Townsend McKean, de 40 …

Jornal Económico e A Bola avançam para regime de lay-off

O Jornal Económico e o desportivo A Bola vão avançar para o regime de lay-off devido a quebras significativas nas vendas e publicidade desencadeadas pela pandemia de covid-19, que já fez mais de 300 vítimas …

Moratória nos créditos à habitação não suspende Seguros (e pode ter que os pagar durante mais tempo)

A suspensão dos pagamentos dos empréstimos do Crédito à Habitação, por parte dos clientes bancários que queiram aderir à moratória aprovada pelo Governo, pode não travar os pagamentos dos Seguros de Vida e Multi-riscos que …

Espanha poderá ser o primeiro país na Europa a avançar com rendimento básico universal

A ministra da Economia espanhola assegurou, este domingo, que o Governo está a trabalhar para aplicar o rendimento básico universal, embora não tenha dado ainda uma data concreta. Em declarações ao canal televisivo laSexta, a ministra …

Presidente revela que não está imune e é contra "descompressão" de medidas em abril

O Presidente da República revelou numa entrevista esta terça-feira divulgada pela Antena 1 que já fez um dos novos testes sorológicos para detetar a presença de anticorpos para o novo coronavírus e não está imunizado. "Depois …

Ministros das finanças procuram entendimento. Itália ameaça consenso de Centeno

Os ministros das Finanças da zona euro voltam a reunir-se esta terça-feira, por videoconferência, com a responsabilidade de chegarem a um compromisso sobre uma resposta comum para minimizar os efeitos da pandemia covid-19, precisando para …