Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

António Cotrim / Lusa

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016.

Segundo o Jornal de Notícias, o Governo travou, no último trimestre do ano passado, a negociação a que dera início para o pagamento de indemnizações às famílias dos recrutas mortos durante a chamada “Prova Zero” do 127.º Curso de Comandos, em 2016.

A intenção do Estado é esperar pelo final do julgamento, que já teve início há mais de um ano e não tem data para terminar. Ao jornal, o Ministério da Justiça respondeu que, se houver um acordo, irá ponderar se “a transação deve ou não ser autorizada”, “à luz do interesse público”.

Em declarações ao diário, o advogado das famílias das vítimas, Ricardo Sá Fernandes, diz que esta é uma decisão “lamentável”.

“Noutras situações que conhecemos desta natureza — como Pedrógão Grande —, o Estado sempre avançou, independentemente da responsabilidade criminal, por entender que, mesmo que não haja responsabilidade criminal, há o funcionamento do sistema em geral que falha”, frisa o advogado.

Hugo Abreu, instruendo de 20 anos, morreu durante a “Prova Zero”, que decorreu a 4 de setembro de 2016, devido a um “golpe de calor”. Uma semana depois, outro instruendo com a mesma idade, Dylan da Silva, faleceu no Hospital Curry Cabral. Vários outros instruendos sofreram lesões graves e tiveram de ser internados.

Segundo a RTP, as famílias destes dois militares, assim como de um outro que ficou ferido, exigem, no total, mais de 740 mil euros de indemnização.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O Governo português só não suspende o pagamento das subvenções políticas aos parasitas da política como o António Guterres e tantos outros que as acumulam com os chorudos ordenados que auferem e os subsídios a todos aqueles que nunca trabalharam, nunca descontaram e nunca pagaram impostos.

    • Completamente de acordo!
      O Guterres devia ter vergonha de “roubar” mensalmente mais de 4 mil euros aos portugueses!!
      É pena que nenhum jornalista lhe pergunte directamente porque faz isso a Portugal!…
      Até criminosos condenados como o Vara e o Duarte Lima recebem subvenções…

  2. Pois claro que não! Não são banqueiros, nem as famílias dos estudantes do Meco, nem os polícias que afinal só andam fardados porque querem. Não é esta gente que o povo gosta de ver no poder? Metemo-nos com o PS, levamos, Jorge Coelho dixit. Já foi há quase 19 anos mas o povo não aprende! Pensam que é a brincar… É bem merecido!

  3. Acho bem!!
    Porque razão haveria o Governo de usar, mais uma vez, o nosso dinheiro para sermos nós todos a pagar pelos erros de duas ou três pessoas?!
    Há um processo a correr onde os responsáveis serão apurados, portanto é esperar para ver.
    Se, no fim, as famílias tiverem mesmo direito a ser indiminizadas pelo Estado, que sejam.
    .
    Comparar este caso com o de Pedrógão só mostra a “raça” dos advogados!…

RESPONDER

Estado pode deixar de ganhar dinheiro com empréstimo ao Novo Banco

Atualmente, o Fundo de Resolução paga juros de 2% e 1,38% pelos empréstimos contraídos junto do Estado para financiar as medidas de resolução do BES e do Banif, respetivamente. Porém, esse valor pode descer para …

Equipa de campanha de Trump processa The New York Times por difamação

A equipa de campanha de Donald Trump processou o The New York Times. Em causa está um artigo publicado em março do ano passado. A equipa de campanha de Donald Trump alega que o jornal publicou, …

Enfermeiros que deixem de ser chefes regressam ao início da carreira

Há enfermeiros que regressaram ao início de carreira depois de terem abandonado as suas funções de chefia, revela o jornal Público. Tal como escreve o matutino, que avança a notícia esta quinta-feira, para que estes …

"Ronaldo foi abandonado pela equipa". Imprensa italiana arrasa Juve e elogia CR7

O Lyon tirou partido do fator casa e surpreendeu a octocampeã italiana, Juventus, em França, e ganhou esta quarta-feira uma vantagem importante - embora ténue - na eliminatória com os bianconeri para a Liga dos …

Costa desaconselha viagens de finalistas. Associação de pais diz que "não vale o risco"

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu esta quinta-feira que Portugal acabará por ter casos de coronavírus "mais cedo ou mais tarde". No entender líder do Executivo, que falava aos jornalistas em Bragança à margem da primeira …

Esquerda está contra, PSD não dá a mão. Montijo está em risco (mas "não há drama")

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, vai respeitar a decisão da maioria do Parlamento. "Acataremos, não há drama". Esta quarta-feira, Pedro Nuno Santos respondeu às críticas da esquerda acerca da vontade do Governo …

Reino Unido admite abandonar negociações com a União Europeia

O Governo britânico admite abandonar as negociações com a União Europeia (UE) para um acordo pós-Brexit se não houver progressos até junho, refere um documento publicado esta quinta-feira com a posição do Reino Unido. Num documento …

Bancos avisam: Proibir comissões vai levar a fecho de balcões e despedimentos

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) é contra a proibição de comissões bancárias ou a sua limitação em valor e em número, no MB Way e nos contratos de crédito. As propostas vão ser discutidas …

Juiz Vaz das Neves usou Relação de Lisboa para ganhar 280 mil euros com julgamento privado

O juiz Luís Vaz das Neves, ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, usou o salão nobre do tribunal para um julgamento privado com o qual ganhou 280 mil euros. De acordo com o jornal Público, …

Sergio Ramos é rei e senhor dos cartões vermelhos. Domina em todas as provas

O central Sergio Ramos foi esta quarta-feira expulso pela 26.ª vez na derrota do Real Madrid no Bernabéu frente ao Manchester City (2-1), na primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O futebolista espanhol …