/

Cinco jovens desaparecidos no Meco, um morto e outro resgatado com vida

Alvesgaspar / Wikimedia

-

Cinco jovens continuam desaparecidos depois de terem sido arrastados por uma onda na Praia do Meco (Setúbal), um foi resgatado morto e outro retirado do mar com vida e transportado para o hospital, segundo as autoridades.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal adiantou à agência Lusa que um grupo de sete jovens, na casa dos 20 anos, foi arrastado esta madrugada por uma onda, quando se encontravam na praia do Meco.

De acordo com o relato, um dos elementos do grupo foi resgatado com vida quase de imediato, tendo sido transportado para o Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Pelas 07:00, as equipas de busca e salvamento resgataram o corpo de um outro jovem do grupo.

De acordo com a mesma fonte, pelas 09:30, os restantes cinco jovens permaneciam desaparecidos.

 

Jovens tinham arrendado casa em Alfarim

Alguns dos jovens do grupo de sete universitários arrastados esta madrugada por uma onda na praia do Meco tinham uma casa arrendada em Alfarim, nas proximidades, disse à agência Lusa o vereador da Protecção Civil Municipal de Setúbal, Francisco Luís.

Segundo o vereador Francisco Luis, as autoridades estão agora a tentar contactar o proprietário da habitação arrendada pelos jovens, para tentar chegar a uma identificação dos mesmos e comunicar com as famílias.

Lopes da Costa adiantou que, segundo a informação do jovem, o grupo de sete amigos, três rapazes e quatro raparigas, estaria sentado à beira-mar quando terá sido surpreendido e arrastado por uma onda grande.

 

Alguns dos jovens são alunos da Universidade Lusófona
Alguns elementos do grupo de jovens são alunos da Universidade Lusófona de Lisboa, informou o comandante do porto de Setúbal, Lopes da Costa.

De acordo com o mesmo responsável, que já falou com o jovem sobrevivente e que já teve alta do hospital Garcia de Orta, o grupo tinha uma casa arrendada em Alfarim e terá ido passear até à Praia do Meco.

 

Jovem sobrevivente prestou informações à Polícia Marítima

O jovem que sobreviveu ao acidente da madruga de hoje na Praia do Meco é de Campo de Ourique, em Lisboa, e prestou informações à Polícia Marítima, disse à Lusa o vereador da Protecção Civil Municipal de Sesimbra.

Segundo Francisco Luís, familiares de uma das raparigas desaparecidas, os pais e um irmão, foram acolhidos na tenda disponibilizada pela Proteção Civil e a receber apoio psicológico.

 

/Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE