CDS-PP avança com moção de censura ao Governo

António Cotrim / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

A presidente do CDS-PP anunciou, esta terça-feira, que o partido vai apresentar uma moção de censura ao Governo em resultado dos incêndios e devido à falha em “cumprir a função mais básica do Estado: proteger as pessoas”.

O texto será entregue na quarta-feira “ou depois”, precisou Assunção Cristas, que falava na sede do partido, em Lisboa, depois de uma reunião da Comissão Executiva dos democratas-cristãos.

A decisão surge na sequência dos incêndios deste domingo, uma vez que o Governo falhou mais uma vez em “cumprir a função mais básica do Estado: proteger as pessoas“.

Segundo o Diário de Notícias, a líder centrista frisou ainda que, perante a repetição da tragédia, depois do incêndio em Pedrógão Grande que vitimou 64 pessoas, o Executivo socialista “não faz um único pedido de desculpas, nem toma a dianteira na indemnização às famílias das vítimas”.

Recorde-se que, no discurso feito ao país na segunda-feira à noite, o primeiro-ministro António Costa optou por não pedir desculpas aos portugueses pelas eventuais falhas do Governo na prevenção dos incêndios dos últimos dias, tendo também recusado afastar a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa.

Para o primeiro-ministro, “não é o tempo das demissões, mas sim das soluções”.

O líder parlamentar do PSD, Hugo Soares, reagiu ontem às declarações do chefe do Governo, considerando que Costa perdeu a “oportunidade de pedir desculpas” aos portugueses e salientou que muitos pagaram com as “próprias vidas” aquilo que considerou ser o “falhanço do Estado”.

“A declaração de hoje do senhor primeiro-ministro é um insulto à inteligência mas sobretudo ao sofrimento de todos os portugueses. O senhor primeiro-ministro hoje perdeu uma oportunidade de assumir a responsabilidade política e perdeu uma oportunidade de pedir desculpas (…) perdeu uma oportunidade de assumir a responsabilidade política que é sua enquanto chefe de Governo”, afirmou.

Costa respeita decisão do CDS

À saída da reunião com autarcas das zonas afetadas pelos incêndios, em Oliveira do Hospital, o primeiro-ministro disse apenas que respeitava a decisão dos centristas. “Respeito. É um direito constitucional. O Governo resulta do apoio da Assembleia da República, é a Assembleia da República que tem de responder. Faz parte da normalidade do funcionamento das nossas instituições”, disse, citado pelo jornal Público.

Por sua vez, o vice-presidente do PSD, José de Matos Correia, disse que o partido não vai apresentar uma moção de censura, considerando que “há outras formas de mostrar a indignação”. Porém, mostrou ser bastante provável que o partido apoie o texto do CDS.

O Observador escreve que, dependendo da data de entrada do texto da moção de censura na Assembleia da República, é definida a data de discussão da mesma. O regimento da Assembleia é claro, estabelecendo que a moção tem de ser debatida no terceiro dia depois de ser apresentada.

De acordo com o jornal online, sendo aprovada (o que é pouco provável dado o apoio parlamentar de que o Governo goza junto dos partidos de esquerda), a moção de censura é sinónimo de queda do Governo.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já foi informado, assim como o líder do PSD, Passos Coelho.

ZAP // Lusa

15 COMENTÁRIOS

    • atrasado e quem nao respeita os portugueses e quem sabendo das condiçoes de clima nao se precaveu contra a possibilidade de outra tragedia. atrasados sao os que por incapacidade psiquica nao querem vero obvio , a trasados sao os que por desonestidade intelectual acham que 20 ou 30 ou ate 100 mortos nao é nada, comparado com os interesses da geringonça e de uns fulanos imcompetentes pagos por todos para nos defenderem .
      atrasados sao todos os rui esteves que se dao ao desfrute de sem qualquer argumento insultar publicamente que quer defender os interesses de todos e nao apenas a de uma seita politica neste momento junta com outras do genero.

  1. Esta mulher está cada vez mais a leste !!! De quem é a responsabilidade geral? Do PS? Sim, esteve no Governo; do PSD? Sim, esteve no Governo; Do CDS, claro também esteve no Governo… Onde está o brilhante plano de combate aos incêndios proposto pelo CDS? Durante a sua participação nos diversos governos?

    • Acontece que nos governos do PSD e do CDS não morreram mais de 100 pessoas na mesma época de incêndios. Não sei se está no seu perfeito juízo para perceber o que isso significa, do número de famílias destruídas, para não falar dos gravemente feridos, dos que perderam tudo, literalmente tudo.

      Por decisão deste governo, comparativamente com o verão, tínhamos neste fds menos 30 meios aéreos, menos 800 viaturas e menos 4000 homens.
      Também não havia os postos de vigia a funcionar que houve no verão, mais uma vez por opção do governo.
      Também não houve pré-posicionamento de meios de ataque no terreno, como poderia ter sido feito.
      Também não houve alerta prévio à população.
      Também não houve reforço de patrulhamento, de modo ostensivo, nas áreas serranas e florestais, eventualmente até com meios militares, para dissuadir comportamentos criminosos e negligentes.
      etc, etc.

      Em 4 meses o governo basicamente andou a discutir com os parceiros políticos como poderiam aumentar a função pública à custa de todos os outros portugueses.
      Por opção deste governo, não só o dispositivo de combate aos incêndios não aumentou perante as condições e previsões meteorológicas fortemente adversas, como até diminuiu drasticamente.
      E este governo tem condições para governar uma nação???

  2. A moção de censura justifica-se plenamente. É um instrumento democrático. É completamente inaceitável que após o que aconteceu em Pedrogão Grande, na mesma época de incêndios se tenha repetido a mesma calamidade. Contra factos não há argumentos. É que não há mesmo. Lamentável e inaceitável, apesar dos méritos noutras áreas de governação, aqui a falha é total.

    • Olha Outro otario…
      Ouve lá ó esperteza, esta brutalidade enorme de incêndios tem origem criminosa, toda a gente diz que é impossível ser tudo causas naturais! E a culpa é do governo… vamos oferecer um equipamento se bombeiro ao costa para ir apagar fogos…
      É com cada energumeno…
      Adoro este aproveitamento político com a dor e sofrimento dos outros que perderam tudo o que tinham…
      Não me admirava nada que viesse a público que a origem criminosa está ligada a interesses políticos partidários…

  3. E…. Proteger os portugueses… Aquilo que tão “bem” fizeram durante quatro anos e meio. Com “protecção” assim, quem precisa de… protecção?

    “Costa perdeu a “oportunidade de pedir desculpas”” E tu, Cristas? Já pediste desculpas pela mer… que fizeste juntamente com o Portas e Passos?

    Sabes? Em vez de andares a fazer o “pessoal” perder tempo com coisas sem é nem cabeça, (porque não vai dar em nada – “um insulto à inteligência”) que tal encontrares soluções credíveis e realistas para resolver os problemas que tu “achas” que há? Ora vamos lá trabalhar um pouco… para os portugueses (em vez da tua clientela jet 7)!

  4. Acontece que nos governos do PSD e do CDS não morreram mais de 100 pessoas na mesma época de incêndios. Não sei se está no seu perfeito juízo para perceber o que isso significa, do número de famílias destruídas, para não falar dos gravemente feridos, dos que perderam tudo, literalmente tudo.

    Por decisão deste governo, comparativamente com o verão, tínhamos neste fds menos 30 meios aéreos, menos 800 viaturas e menos 4000 homens.
    Também não havia os postos de vigia a funcionar que houve no verão, mais uma vez por opção do governo.
    Também não houve pré-posicionamento de meios de ataque no terreno, como poderia ter sido feito.
    Também não houve alerta prévio à população.
    Também não houve reforço de patrulhamento, de modo ostensivo, nas áreas serranas e florestais, eventualmente até com meios militares, para dissuadir comportamentos criminosos e negligentes.
    etc, etc.

    Em 4 meses o governo basicamente andou a discutir com os parceiros políticos como poderiam aumentar a função pública à custa de todos os outros portugueses.
    Por opção deste governo, não só o dispositivo de combate aos incêndios não aumentou perante as condições e previsões meteorológicas fortemente adversas, como até diminuiu drasticamente.
    E este governo tem condições para governar uma nação???

    • Claro, e não morreram nos governos PSD/CDS porque eles foram muito competentes… Vê se abres os olhinhos que já é dia!
      Olha que ter orientação política não é como ser adepto de um clube de futebol!
      Já todos aqui percebemos que puxas à direita, mas deves tirar essas palas que tens de lado nos olho que não te dão amplitude de visão!
      Os governos de direita tiveram sorte, porque isto podia ter acontecido a qualquer governo.
      Azar tiveram as pessoas que perderam os haveres, familiares e alguns até a vida!
      Por isso em vez de direcionares a culpa para quem governa, só porque não são do teu clube de futebol, ah perdão, da tua cor política, devias concentrar-te em perceber que existe aqui algo muito mais complexo e de origem criminosa, quem sabe até com ligações políticas!

    • respondeu muito bem.. a maria a ines e a todo
      s esses travestis que andam na internet a soldo dos adeptos da geringonça.infelizmente,chegamos ao descaramento para nao dizer” à filha da pulhice” de ja andarem a espalhar que os fogos sao de origem criminosa e politica, para desacreditar a geringonça…. maquiavel nao faria melhor! nem marx!
      todos deviam ler o que o bruno nogueira escreveu sobre a situaçao.

  5. Concordo com uma moção de censura, mas tem de ser transversal a todo o parlamento, são TODOS responsáveis pelas mortes ocorridas. E já agora ó Cristas, faça lá um exercício de memória para ver quem mais contribuíu para destruir a floresta autóctone no país….
    CDS no seu melhor, querem é ganhar a corrida da oposição, mais vergonhoso que esta atitude só mesmo algo semelhante inventado pelo Portas…

  6. Este Genneral tocou na ferida:

    https://aspalavrassaoarmas.blogspot.pt/2017/10/vozes-lucidas-e-corajosas.html

    …e vieram-me logo à ideia nomes como Durão Barroso e Miguel Júdice
    O mais triste é a hipocrisia da promotora da “lei do eucalipto livre” Decreto-Lei 96/2013 de 19jul que se vestiu de preto juntou-se a duas carpideiras
    e agora vem chorar para as Tv’s tal é a lata desta ex-ministra que está bem retratada aqui: https://pbs.twimg.com/media/DMSAYpNWsAA9rQ1.jpg

    Marcelo, no intervalo do FUTEBOL, veio exigir a demissão da MAI e o que vem a seguir, mais do mesmo?, veio sugerir ao governo que pensasse em ir embora e eu pensei assim Marcelo está-se a revelar pois ele não é mais que um cavalo de troia do PSD e acabou de abrir as portas à laranjada.
    Numa noite surgem 500 e tal fogos como é possível? Acho mesmo que isto é obra de quem está ressabiado com a tal geringonça que até funcionou.

  7. moçao de censura sim, agora vamos ver o que os partidos dos pobres e abandonados , dos mais fracos e dos mais desprotegidos vao dizer e fazer… ou sera que esses partidos querem o poder a qualquer custo, apoiando um governo sem classe e um 1 ministro sem vergonha nem respeito pelos portugueses?

RESPONDER

É um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" proibir refeições em panteões

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, considerou hoje que seria um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" restringir totalmente "qualquer serviço de refeições nos panteões". "Concordo com as restrições, mas não na …

Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de 'legionella', garantindo que "todos os procedimentos foram implementados corretamente". "Todos os procedimentos foram implementados corretamente …

Rui Santos "paineleiro com feitio de gaja", Bruno de Carvalho "machista preconceituoso"

A associação Capazes não poupou críticas ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que acusa de "machismo, misoginia e homofobia", depois das violentas críticas que o presidente do Sporting endereçou a Rui Santos, comentador …

Detido diretor nacional do Tesouro angolano por suspeita de desvio de verbas

O diretor nacional do Tesouro angolano foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no âmbito de uma investigação policial a alegados desvios de verbas do Estado através de contratos celebrados com empresas fictícias. De acordo …

Milhares de contas russas no Twitter foram usadas para influenciar referendo do Brexit

Investigadores concluíram que nos dias anteriores à votação do referendo sobre o Brexit, centenas de contas falsas no Twitter com origem russa tentaram influenciar a decisão da saída do Reino Unido da União Europeia. De acordo …

Submarino militar argentino desapareceu com 44 pessoas a bordo

A Marinha da Argentina confirmou esta sexta-feira que está à procura de um submarino militar com 44 tripulantes, com o qual perdeu todo o o contacto há mais de 72 horas. O submarino militar argentino o …

Secretária de Estado desvaloriza "jantarinho" da Web Summit no Panteão

A secretária de Estado da Indústria desvalorizou o polémico jantar no Panteão Nacional e garante que nenhum membro do Governo esteve presente. "Não temos nada a ver com isso", afirmou à agência Lusa. A secretária de Estado …

Primeiro-ministro demissionário libanês acolhido em França

O primeiro-ministro demissionário libanês, que chegou este sábado a Paris procedente da Arábia Saudita, vai regressar ao Líbano na próxima quarta-feira para participar na festa nacional, informou a Agência Nacional de Notícias. Saad Hariri, que se …

Corte no subsídio de desemprego acaba em Janeiro

O fim do corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego vai entrar em vigor já a partir de Janeiro de 2018 e irá abranger todos os desempregados, incluindo os que já estão a receber …

Neblina de hidrocarbonetos de Plutão mantém planeta anão mais frio do que o esperado

A composição gasosa da atmosfera de um planeta geralmente determina a quantidade de calor que fica aí preso. No entanto, para o planeta anão Plutão, a temperatura prevista com base na composição da sua atmosfera …