Mais de um milhão de catalães em protesto pedem unidade de Espanha (e prisão de Puigdemont)

Centenas de milhares de pessoas manifestaram-se no centro de Barcelona contra a independência da Catalunha e a favor da unidade de Espanha, acusando os líderes separatistas de terem enganado e dividido o povo da região mais rica do país.

“A Justiça tem de decidir, mas eu acho que o Carles Puigdemont devia ir para a prisão, assim como todos os que colaboraram nesta farsa”, disse à Lusa este domingo Rafael, de 50 anos, acompanhado pela família, que veio defender a “unidade de Espanha, com o lema “Todos somos Catalunha! Pela convivência, sensatez”.

A polícia municipal de Barcelona estimou em 300.000 o número de manifestantes, enquanto os organizadores da Sociedade Civil Catalã aponta para cerca de 1,3 milhões. Nas imagens aéreas (abaixo) captadas pelo La Vanguardia, no entanto, é perceptível que o número de manifestantes ultrapassa até provavelmente a estimativa dos organizadores.

“Fomos demasiado lentos. Madrid demorou muito tempo a reagir, mas Puigdemont é o principal responsável pela divisão dos catalães ao fazer acreditar muitos numa grande mentira”, avançou Miguel, de 34 anos, ao lado do pai, um com uma bandeira espanhola e o outro com uma da comunidade autónoma da Catalunha.

Muitas pessoas tinham bandeiras como estas e também da União Europeia e gritavam “Viva a Espanha“, “Unidade” e ainda “Puigdemont para a prisão”.

Na cabeça da manifestação estiveram a catalã Dolors Montserrat, ministra da Saúde espanhola, em representação do Governo de Madrid, e os líderes regionais dos principais partidos que lutam contra a divisão de Espanha.

Comprometemo-nos a não abandonar os catalães e cumprimos. Vamos devolver a democracia à Catalunha nas eleições de 21 de dezembro”, disse Dolors Montserrat aos jornalistas.

Nos cartazes empunhados pela multidão liam-se slogans como “Espanha unida”, “despertar de um povo silenciado”, “pela reconciliação entre os catalães divididos”, e “todos somos catalães”.

A catedrática catalã de direito constitucional Teresa Freixes foi uma das primeiras a subir ao palco para pedir aos manifestantes para “não caírem nas provocações” dos independentistas, que acusou de doutrinarem os alunos nas escolas e de “construírem tudo com base em mentiras”.

Os organizadores da Sociedade Civil Catalã insistiram na necessidade de defender a democracia, a convivência e o diálogo dentro da lei.

O parlamento regional da Catalunha aprovou, na sexta-feira, a independência da região, numa votação sem a presença da oposição, que abandonou a assembleia regional e deixou bandeiras espanholas nos lugares que ocupavam.

Ao mesmo tempo, em Madrid, o Senado espanhol deu autorização ao Governo para aplicar o artigo 155º. da Constituição para restituir a legalidade na região autónoma.

O executivo de Mariano Rajoy, do Partido Popular (direita), apoiado pelo maior partido da oposição, os socialistas do PSOE, anunciou ao fim do dia a dissolução do parlamento regional, a realização de eleições em 21 de dezembro próximo e a destituição de todo o Governo catalão, entre outras medidas.

Em resposta, no sábado, Carles Puigdemont, disse não aceitar o seu afastamento e pediu aos catalães para fazerem uma “oposição democrática”, numa declaração oficial gravada previamente e transmitida em direto pelas televisões.

Ministro admite que Puidgemont pode vir a ser preso

O ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol, Alfonso Dastis, afirmou hoje que o líder catalão Carles Puidgemont, demitido por Madrid, poderá ser preso por ter participado no movimento independentista.

O chefe da diplomacia do Estado espanhol indicou que Puidgemont pode “em teoria” ser candidato nas eleições regionais marcadas para 21 de dezembro pelo chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, “se nessa altura não tiver sido posto na prisão”.

Em entrevista à Associated Press, Alfonso Dastis referiu-se assim à possibilidade de Puidgemont enfrentar acusações criminais pelo seu papel no movimento independentista que culminou com a declaração de independência na sexta-feira no parlamento catalão.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. a ambiçao cega , a arrogancia manipula, as suas frustraçoes pessoas usadas pelos terroristas e marginais de extrema esquerda,.para servirem interesses inconfessveis. a prisao nao sera o pior castigo, talvez o ter que varrer as ruas de madrid acompanhado do seu sequito do podemos , os verdadeiros mentores desta traiçao.

RESPONDER

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …