“Risco de desvio significativo” nas contas do Governo. Bruxelas com reservas sobre esboço do OE2020

André Kosters / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

A Comissão Europeia (CE) pediu esta terça-feira ao Governo português que apresente uma versão atualizada do projeto orçamental para 2020 “tão cedo quanto possível”, observando que o ‘esboço’ recebido aponta para o risco de um desvio significativo das metas fixadas.

Uma semana depois de o Governo ter enviado para Bruxelas o Projeto de Plano Orçamental, a Comissão enviou esta terça-feira uma carta ao ministro das Finanças.

A CE começa por apontar que está consciente de que o plano é feito com base num cenário de políticas inalteradas, por o novo Governo saído das eleições de 6 de outubro ainda não ter tomado posse, mas pede a apresentação, o mais brevemente possível, de um documento atualizado que “garanta o cumprimento” das regras europeias a nível de saldo estrutural e dívida pública, pois, adverte, o esboço de orçamento aponta no sentido oposto.

Reconhecendo que o projeto de plano orçamental “apenas inclui medidas que o Governo já adotou até à data, sem novas medidas planeadas para 2020”, os comissários Valdis Dombrovskis (vice-presidente responsável pelo Euro) e Pierre Moscovici (Assuntos Económicos e Financeiros) notam, todavia, que o plano orçamental num cenário de políticas inalteradas “projeta uma deterioração do saldo estrutural em 0,2% do PIB [Produto Interno Bruto] em 2020” e sublinham que “esta expansão orçamental fica aquém do ajustamento estrutural recomendado de 0,5% do PIB”.

O outro ‘reparo’ da Comissão prende-se com a projeção de crescimento da despesa pública, na ordem dos 3,9%, “o que excede o aumento máximo recomendado de 1,5%”.

“Globalmente, estes elementos parecem não estar em linha com os requisitos de política orçamental fixados na recomendação do Conselho de 9 de julho de 2019, uma vez que apontam para o risco de um desvio significativo em 2020, e no conjunto de 2019 e 2020, do esforço orçamental recomendado”, nota a Comissão na carta enviada a Mário Centeno, e esta terça-feira publicada no site do executivo comunitário.

Afirmando compreender que o processo de submissão de um plano orçamental detalhado esteja atrasado relativamente ao calendário habitual devido às eleições, Bruxelas recorda ainda assim “a importância da apresentação de um plano orçamental atualizado, tal como previsto no código de conduta sobre a implementação do duplo pacote legislativo”.

“Convidamos por isso as autoridades portuguesas a submeterem, tão cedo quanto possível, um plano orçamental atualizado à Comissão Europeia e ao Eurogrupo, que assegure o cumprimento da recomendação do Conselho para Portugal”, escrevem.

Para além de Mário Centeno, também os seus homólogos da Bélgica, Espanha, França e Itália receberam cartas semelhantes da CE, observa o jornal Público, dando conta que em todos estes países foram encontrados desvios significativos no plano orçamental.

Contactado pela SIC Notícias, o Ministério liderado por Mário Centeno rejeitou fazer, para já, qualquer comentário sobre os reparos de Bruxelas.

Conselho de Finanças Públicas também mostrou reservas

O Projeto de Plano Orçamental enviado para Bruxelas e agora publicado prevê que a economia desacelere de um crescimento de 2,4% em 2018, para um crescimento de 1,9% em 2019 e volte a acelerar para um crescimento de 2% no próximo ano. Para este ano, o Governo melhorou em uma décima a previsão para o défice, de 0,2% para 0,1% do PIB.

Face aos números enviados no esboço para Bruxelas, o Conselho de Finanças Públicas (CFP) mostrou a semana passada algumas dúvidas. A aceleração do crescimento económico prevista pelo Governo para 2020, no Projeto de Plano Orçamental  “comporta elevados riscos” e não é um cenário “prudente”, alertou o organismo.

“Para 2020, o perfil de aceleração do crescimento económico considerado pelo Ministério das Finanças comporta elevados riscos descendentes, tendo em conta a degradação das perspectivas económicas nos principais parceiros comerciais da economia portuguesa”.

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, já afirmou que “gostaria muito” de poder apresentar à Assembleia da República o Orçamento do Estado para o próximo ano (OE2020) ainda em 2019, mesmo que a discussão se prolongue para 2020.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Agora já não importa que sejam apanhados a dar valores irreais. Já voltaram para o poleiro e têm-no assegurado…Mentiras sobre mentiras…

  2. Este ilusionista ministro das finanças, está habituado a praticar, por cá, as contas marteladas. Só que lá fora, essa jogatana ilusionista não pega. Este gajo é um verdadeiro fiasco.

  3. Vão desviando que nova troika virá e outros para meterem o comboio nos carris que esses sim, é que serão os maus da fita!

  4. É compreensível que a CE seja compreensível . . . O indigitado primeiro-ministro Centeno não é o Centeno do governo anterior . O ministro-sem-pasta A. Costa não é o Costa do governo anterior e o partido do governo , também , não é o PS do governo anterior ! ! Até a “geringonça” deixou de funcionar na Assembleia para passar a funcionar no governo . . .

RESPONDER

Polícia do Chile suspende uso de armas de ar comprimido como ferramenta antimotim

A polícia do Chile anunciou esta terça-feira a suspensão do uso armas de ar comprimido, que já provocou lesões oculares a mais de 200 manifestantes, dias depois de um relatório ter revelado que os projéteis …

Polícia holandesa encontra 25 pessoas escondidas em contentor frigorífico num cargueiro

A polícia holandesa localizou esta terça-feira 25 pessoas escondidas num contentor frigorífico numa embarcação que saiu do porto de Vlaardingen, perto de Roterdão, na Holanda, em direção ao Reino Unido, mas teve de regressar após …

É oficial: José Mourinho é o novo treinador do Tottenham

O treinador português José Mourinho, que estava no desemprego há quase um ano, é o sucessor do argentino Maurício Pochettino no comando do Tottenham, anunciou esta quarta-feira o 14.º classificado da Liga inglesa de futebol. Mourinho, …

Cientistas captam imagens extremamente raras de um peixe a devorar um tubarão inteiro

https://vimeo.com/374136378 Os tubarões são dos animais mais temidos nos oceanos, mas naquela que é uma verdadeira troca de papéis, um tubarão foi devorado por completo por um peixe das profundezas do mar. Um vídeo publicado pela US …

Há uma nova maneira de medir a gravidade da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova forma única de medir a gravidade da Terra. O método anterior envolvia medir a influência da gravidade nos átomos, rastreando a rapidez com que os átomos caíam. O problema …

Detetado pela primeira vez vapor de água na Europa, a lua de Júpiter

Uma equipa internacional de cientistas confirmou a presença de vapor de água na superfície de Europa, um dos quatro satélites naturais de Júpiter, revelou a agência espacial norte-americana (NASA). "Os elementos químicos essenciais (carbono, hidrogénio, …

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …