Bosch responsabiliza Volkswagen por manipular emissões de gases poluentes

A companhia alemã Bosch, fornecedora da tecnologia diesel posta em causa no escândalo Volkswagen, responsabilizou o grupo Volkswagen pela manipulação dos dados de emissões de gases poluentes nos veículos a gasóleo que foi descoberta nos Estados Unidos.

A companhia Robert Bosch, responsável pela avançada tecnologia que levou os motores diesel a imporem-se no mercado europeu como alternativa aos motores a gasolina, é a fornecedora dos modelos equipados com a família de motores EA189 do sistema de injeção por common-rail, a alimentação e o módulo que doseia o tratamento de gases de escape, além do software que gere estes sistemas.

Num comunicado de imprensa, a Bosch explica que, como é habitual na indústria auxiliar para o setor automóvel, as componentes são fornecidas segundo as especificações do fabricante de automóveis.

A forma de calibragem e integração destes sistemas nos veículos completos é da responsabilidade de cada fabricante de automóveis, adianta a Bosch.

A imprensa alemã revela hoje que a Bosch advertiu em 2007 o grupo Volkswagen que o software agora posto em causa era um desenvolvimento válida apenas para testes e que a utilização deste na estrada era ilegal.

Quatro anos mais tarde, em 2011, a Volkswagen também foi avisada por um engenheiro do grupo sobre as práticas ilegais nos testes de emissões, segundo um relatório citado na edição de domingo do diário alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung, que respondia nesse momento a uma investigação interna.

A tecnologia desenvolvida pela Bosch está incluída nos motores EA189 utilizados em 11 milhões de veículos das marcas Audi, Seat, Skoda e Volkswagen, ainda que por enquanto apenas a marca Volkswagen tenha identificado cinco milhões de unidades em todo o mundo.

As restantes marcas ainda não revelaram o número de veículos que incluem o software, tecnicamente denominado como defeat device, que altera os dados das emissões quando um veículo está ser submetido a testes de emissões e modifica o regime de funcionamento do motor para produzir menos gases poluentes.

O desvio está centrado nos óxidos de nitrógeno, um valor extremamente exigente nas normas de emissões poluentes dos Estados Unidos em comparação com o das normas europeias (Euro5), que entretanto foi substituída a 01 de setembro pela Euro6, agora muito mais exigente.

Nos Estados Unidos o limite admitido é de 48 miligramas por quilómetro, enquanto o do Euro5 admitia 160 miligramas, uma quantidade reduzida para 80 miligramas no novo conjunto de normas Euro6.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Wolves quer juntar Nélson Oliveira à armada portuguesa

O Wolves está em negociações com o AEK para a contratação do internacional português Nélson Oliveira. O jogador tem estado em destaque ao serviço do emblema helénico. O Wolverhampton está interessado na contratação do ponta-de-lança português …

Cientistas desvendaram alguns dos segredos do icónico "Ídolo de Pachacamac"

Investigadores revelaram novos detalhes sobre o Ídolo de Pachacamac, uma estátua icónica da arqueologia antiga peruana. O Ídolo de Pachacamac é uma estátua de madeira que se acredita representar um dos principais deuses da cultura Inca. …

Novas tabelas de IRS para 2020. Salários até 659 euros isentos de retenção na fonte

As novas tabelas de retenção na fonte a aplicar aos salários em 2020 foram publicadas esta terça-feira em Diário da República. Houve uma atualização das tabelas em 0,3%, mas o Governo desceu o montante da …

Paulo Pedroso deixou de ser militante do PS antes das eleições

O ex-ministro e antigo porta-voz do PS, Paulo Pedroso, disse esta segunda-feira à agência Lusa que deixou de ser militante do Partido Socialista antes das eleições legislativas de outubro, sem querer avançar as razões da …

Descoberto o aparelho digestivo fossilizado mais antigo já conhecido

Cientistas descobriram fósseis com 550 milhões de anos, no deserto do Nevada, nos Estados Unidos, que podem ter os aparelhos digestivos mais antigos já conhecidos. Entre cerca de 580 e 540 milhões de anos atrás, no …

Dois fetos encontrados sem vida em Espinho

Dois fetos foram encontrados esta segunda-feira sem vida em Espinho, adiantaram fontes da PSP à agência Lusa. Uma fonte da PSP de Aveiro avançou ter recebido às 12:22 um alerta para a existência de um …

Infarmed recomenda suspensão de medicamento devido a risco de cancro de pele

O Infarmed recomendou aos profissionais de saúde que deixem de prescrever Picato, um tratamento cutâneo de queratose atínica não-hiperqueratósica e não-hipertrófica, e aos doentes que não o usem. O gel, cuja substância ativa é o mebutato …

Três mísseis caem junto a embaixada dos EUA em Bagdade

Três projéteis caíram na noite de segunda-feira na designada '"zona verde" da capital iraquiana, perto da embaixada dos EUA, indicaram à AFP fontes dos serviços de segurança, que não mencionaram a existência de vítimas. A informação …

Estudo sugere que modernização reduz importância da religião na felicidade das pessoas

Em países mais desenvolvidos e em que há uma maior perceção de liberdade, a religião desempenha um papel menos importante na felicidade das pessoas. Um novo estudo sugere que em países em que a felicidade das …

Estrelas K são os melhores lugares para procurar vida

Na busca por vida para lá da Terra, os astrónomos procuram planetas na "zona habitável" de uma estrela onde as temperaturas são ideais para que a água líquida exista à superfície de um planeta. Uma ideia …