Bosch responsabiliza Volkswagen por manipular emissões de gases poluentes

A companhia alemã Bosch, fornecedora da tecnologia diesel posta em causa no escândalo Volkswagen, responsabilizou o grupo Volkswagen pela manipulação dos dados de emissões de gases poluentes nos veículos a gasóleo que foi descoberta nos Estados Unidos.

A companhia Robert Bosch, responsável pela avançada tecnologia que levou os motores diesel a imporem-se no mercado europeu como alternativa aos motores a gasolina, é a fornecedora dos modelos equipados com a família de motores EA189 do sistema de injeção por common-rail, a alimentação e o módulo que doseia o tratamento de gases de escape, além do software que gere estes sistemas.

Num comunicado de imprensa, a Bosch explica que, como é habitual na indústria auxiliar para o setor automóvel, as componentes são fornecidas segundo as especificações do fabricante de automóveis.

A forma de calibragem e integração destes sistemas nos veículos completos é da responsabilidade de cada fabricante de automóveis, adianta a Bosch.

A imprensa alemã revela hoje que a Bosch advertiu em 2007 o grupo Volkswagen que o software agora posto em causa era um desenvolvimento válida apenas para testes e que a utilização deste na estrada era ilegal.

Quatro anos mais tarde, em 2011, a Volkswagen também foi avisada por um engenheiro do grupo sobre as práticas ilegais nos testes de emissões, segundo um relatório citado na edição de domingo do diário alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung, que respondia nesse momento a uma investigação interna.

A tecnologia desenvolvida pela Bosch está incluída nos motores EA189 utilizados em 11 milhões de veículos das marcas Audi, Seat, Skoda e Volkswagen, ainda que por enquanto apenas a marca Volkswagen tenha identificado cinco milhões de unidades em todo o mundo.

As restantes marcas ainda não revelaram o número de veículos que incluem o software, tecnicamente denominado como defeat device, que altera os dados das emissões quando um veículo está ser submetido a testes de emissões e modifica o regime de funcionamento do motor para produzir menos gases poluentes.

O desvio está centrado nos óxidos de nitrógeno, um valor extremamente exigente nas normas de emissões poluentes dos Estados Unidos em comparação com o das normas europeias (Euro5), que entretanto foi substituída a 01 de setembro pela Euro6, agora muito mais exigente.

Nos Estados Unidos o limite admitido é de 48 miligramas por quilómetro, enquanto o do Euro5 admitia 160 miligramas, uma quantidade reduzida para 80 miligramas no novo conjunto de normas Euro6.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Departamento de Justiça dos EUA enviou email com link para site supremacista e antissemita

Uma divisão do Departamento de Justiça norte-americano enviou um email para juízes de imigração com um link para um blogue supremacista branco, repleto de referências antissemitas. A mensagem, enviada pelo gabinete executivo de avaliação de imigração …

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …

Médicos de fertilidade usaram o seu próprio esperma em centenas de pacientes

Uma longa reportagem do The New York Times dá conta de vários casos de mulheres que recorreram a médicos especialistas em fertilidade à procura de esperma anónimo e acabaram por receber o esperma do próprio …

Nenhum rohingya se apresentou para sair do Bangladesh e regressar a Myanmar

O Comissário para os Refugiados, Assistência e Repatriamento do Bangladesh, Abul Kalam, disse na quinta-feira que nenhum rohingya se apresentou para regressar a Myanmar (antiga Birmânia) numa segunda tentativa de repatriamento da etnia muçulmana. Numa conferência …

No ano letivo passado, houve nove denúncias de praxes abusivas

A linha de denúncias de praxes abusivas e violentas recebeu no passado ano letivo nove queixas relativas a agressões entre alunos que aconteceram, na sua maioria, em instituições de Ensino Superior do norte do país. A …