Bónus no IRS para emigrantes que regressem pode ser inconstitucional

José Sena Goulão / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Programa Regressar, que isenta de IRS metade dos rendimentos dos emigrantes que optem por regressar a Portugal, pode ser inconstitucional. A medida, anunciada por António Costa para o Orçamento de Estado de 2019, está a levantar dúvidas entre os constitucionalistas.  

Ouvida pelo Jornal de Negócios, que avança a notícia nesta quinta-feira, Maria d’Oliveira Martins, professora de Direito Constitucional na Universidade Católica, disse que este benefício fiscal pode violar o princípio da igualdade.

“O legislador devia ser prudente na fundamentação das medidas. Não se impede que haja discriminações. O que se exige é que haja fundamentação razoável, atendível, para eu dizer que essa [distinção] não é arbitrária. Neste caso não encontro razão suficiente e por isso só posso dizer que é arbitrária”, afirmou.

Rodrigo Esteves de Oliveira, professor da Universidade de Coimbra, disse também, em declarações ao matutino, ter dúvidas sobre a constitucionalidade do bónus fiscal.

“A capacidade contributiva de residentes e ex-residentes, que é o critério nuclear da igualdade para efeitos fiscais, é igual num caso e noutro”, e por isso não devia existir diferença, disse o académico.

Para Luís Pereira Coutinho, outro constitucionalista ouvido, a distinção entre cidadãos (os que ficaram em Portugal no período de crise e os que saíram) pode ser inconstitucional à luz do princípio da igualdade, que estabelece que todos os cidadãos são iguais perante a lei. O especialista diz não encontrar “fundamento relevante” para a diferenciação fiscal.

É certo que há uma série de distinções, como benefícios fiscais para pessoas portadoras de deficiência, mas aquelas que conhecemos atendem a necessidades especiais”, apontou.

Em sentido oposto, Jorge Reis Novais, da Universidade de Lisboa, defende que o regime de benesse fiscal  “em termos do objetivo que o Estado tem em vista, é legítimo, compreensível e aceitável, desde que aplicado a todas as pessoas que estejam na mesma situação”. O constitucionalista diz não ver “grande fundamento para considerar a medida inconstitucional”.

A medida visa atrair os portugueses que deixaram o país durante o período da crise. Esta seria, de acordo com o Expresso, uma das medidas mais emblemáticas do OE 2019. Os emigrantes que optassem por voltar, só pagariam metade do IRS, podendo ainda deduzir custos de instalação, como viagens de regresso e habitação.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois, espero nem que sim!
    É das medidas mais injustas e desnecessárias que vi. Grande reveladora da mediocridade e do que vai nas cabecinhas da geringonça que nos governa.
    Deposito esperança no TC para acabar com essa grande fantochada e, já agora, obrigar o aldrabão do Costa a cumprir a promessa que fez, isto é, baixar o adicional do ISP.

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …