Arrendar quartos a preços baixos também vai dar descontos nos impostos

Simon Collison / Flickr

O Governo prevê alargar o programa de incentivo a rendas acessíveis também a quem arrenda quartos a valores abaixo do cobrado pelo mercado imobiliário.

Este incentivo do Governo amplia as isenções fiscais já anunciadas para quem arrendar imóveis a preços acessíveis. Também arrendar quartos ou partes de uma casa a valores 20% abaixo do preço médio do mercado local vai dar direito a menos impostos, segundo avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa, nesta terça-feira.

De acordo com a publicação, o decreto-lei que deverá ficar terminado em Março de 2018, prevê que estes arrendamentos a preços acessíveis, e com um contrato de longa duração, fiquem isentos do pagamento do imposto de 28% sobre o valor da renda cobrada.

O JN atesta que o Governo também incita as Câmaras a juntarem-se a este programa de incentivos, cobrando apenas 50% ou mesmo isentando os arrendatários de impostos como o IMI e o IMT.

Os senhorios que aderirem a este programa de incentivos não poderão pedir caução, nem exigir fiador, constata o JN.

Para compensar eventuais estragos na habitação e incumprimentos, no pagamento de rendas, será criado um seguro a pagar por inquilino, senhorio e Estado.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Lá vêm mais burocracias e buracos no sistema. Na superfície parece uma boa ideia, na realidade alguém vai aproveitar-se disso. Espero estar enganado.

  2. E os senhorios que continuam a não passar recibo e não declarar nada !!! E que fazem chantagem, ou pagas e caro e sem recibo ou nem alugo, ficas sem casa!!!

Responder a Lu Cancelar resposta

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …