Amigo de Sócrates passa para prisão domiciliária com pulseira electrónica

Mário Cruz / Lusa

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O antigo administrador do grupo Lena, Carlos Santos Silva, viu hoje alterada a sua medida de coação de prisão preventiva para prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR).
 
“O Ministério Público foi notificado de que, relativamente ao arguido Carlos Santos Silva, o juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal decidiu alterar a medida de coação de prisão preventiva para obrigação de permanência na habitação com vigilância eletrónica”, refere a PGR.

Carlos Santos Silva, que está indiciado por fraude fiscal, branqueamento de capitais e corrupção, encontrava-se em prisão preventiva, no estabelecimento prisional anexo à Policia Judiciária de Lisboa, desde 25 de novembro de 2014.

O ex administrador do grupo Lena foi detido no âmbito da “Operação Marquês” assim como o antigo primeiro-ministro José Sócrates.

José Sócrates, acusado dos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção, mantém-se em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora.

O advogado de José Sócrates disse hoje à agência Lusa que vai recorrer do prolongamento da prisão preventiva do ex-primeiro-ministro, apesar de ainda não ter sido notificado da decisão do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC).

O Correio da Manhã noticiou hoje que o juiz Carlos Alexandre decidiu prolongar a prisão preventiva de José Sócrates por mais três meses, após parecer do procurador do Ministério Público Rosário Teixeira.

Segundo o matutino, Carlos Alexandre alega que o ex-primeiro-ministro poderá perturbar a investigação, caso seja libertado, fundamento aplicado, igualmente, ao empresário e amigo de José Sócrates, Carlos Santos Silva, também detido no âmbito da “Operação Marquês”.

“Apesar de ainda não ter sido notificado da decisão do tribunal, vou interpor recurso da mesma, porque mesmo sem a conhecer já existem fundamentos para recorrer dela”, disse João Araújo.

Para o advogado de José Sócrates, “o mais extraordinário neste processo é o facto de as decisões judiciais serem comunicadas através da comunicação social e, em particular, do Correio da Manhã, algo que não está previsto na lei”.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. …Por boa colaboração no processo de investigação? Por acaso náo se voltou a ouvir nada sobre a Exma esposa e outros!
    Não deixo de reparar no episódio que a imprensa deu a público, que a empresa ‘x’ era a entidade corruptora e só à posteriori foram efectuadas buscas àquela tendo resultado em mais uma preventiva por falsificação documental o que configurava tentativa de proteger o detento mais sonante! Estratégia?
    Por outro lado parece que acabaram o ruído dos cortejos ao adro… É como se aumentasse cumulativamente o ruído dos silêncios

  2. Uns saem. O mais sonante fica …Depois do advogado, o motorista, o homem do “vil metal”… O potencial “cliente da própria tese académica” fica

RESPONDER

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …

António Costa vai responder por escrito a 100 perguntas sobre Tancos

Apesar de sempre ter defendido que o testemunho devia ser presencial, o Juiz Carlos Alexandre aceitou que António Costa possa depor por escrito sobre o caso do furto e recuperação das armas de tantos. O …

ERC regista como "publicação de informação" site de propaganda

A ERC registou o Notícias Viriato como "publicação de informação", em novembro do ano passado, quando o projeto do Medialab diz que se trata, na verdade, de um "site de propaganda". Segundo o Diário de Notícias, a …