Advogado de Sócrates vai impugnar proibição de entrevistas

jomaf / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro-ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O advogado de José Sócrates anunciou esta terça-feira que vai impugnar a decisão de proibir o ex-primeiro-ministro, em prisão preventiva em Évora, de dar entrevistas a órgãos de comunicação social, alegando que tal proibição é “um ataque à cidadania”.

Numa nota enviada às redações, o advogado de José Sócrates, João Araújo, considera ainda a decisão de proibir as entrevistas “ilegalmente fundamentada e juridicamente absurda” e diz que, desta forma, ficou provado que a decisão de condenar Sócrates a prisão preventiva serviu “para o calar”.

“Fica patente que a decisão de condenar o meu constituinte à prisão foi tomada, não só para investigar, mas também para o calar. Por isso, também é ilegal”, afirma João Araújo, sublinhando que tal proibição “terá consequências” e “será vigorosamente impugnada por todos os meios processuais disponíveis e em todas as jurisdições”.

Os Serviços Prisionais decidiram na segunda-feira seguir a decisão do Tribunal Central de Instrução Criminal e rejeitar os pedidos de entrevista de órgãos de comunicação social ao ex-primeiro-ministro.

De acordo com a resposta dos Serviços Prisionais, a direção-geral solicitou parecer ao tribunal à ordem do qual Sócrates cumpre prisão preventiva e a decisão foi no sentido de rejeitar tal pedido de entrevista.

No comunicado, João Araújo considera a proibição de entrevista “iníqua e ilegal” por acrescentar à medida da prisão preventiva “outra restrição à liberdade que a Lei e a Constituição não preveem”.

“A decisão ontem [segunda-feira] conhecida de privar o Senhor Eng. José Sócrates do exercício do direito de exprimir o seu pensamento, por entrevista a um jornal, é iníqua e ilegal. Essa decisão, não obstante ser formalmente da autoria do senhor Diretor Geral dos Serviços Prisionais, é substancialmente do Senhor Juiz de Instrução, Dr. Carlos Alexandre, e promovida pelo Ministério Público”, frisa.

O advogado explica ainda porque considera a decisão injusta: “É iníqua porque, perante o espetáculo diário da difamação do meu constituinte, preso, por parte de uma imprensa, livre, pelos vistos com acesso irrestrito ao material processual – escutas telefónicas, despachos, depoimentos – o Senhor Juiz de Instrução optou por impedir o visado de se defender”.

“Essa decisão é, ademais, ilegalmente fundamentada e juridicamente absurda – entender que o exercício da liberdade de expressão de pensamento, como de qualquer outra liberdade constitucional, pode prejudicar a atividade jurisdicional ou policial releva de uma orientação anti-jurídica e incompatível com os princípios do Estado de Direito Democrático. Se não fosse grave, seria ridículo“, considera.

João Araújo afirma ainda que José Sócrates “não se conforma” com a decisão, que, “tanto quanto lhe for possível, não acatará”.

José Sócrates está detido preventivamente desde 25 de novembro, indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção.

O advogado do ex-primeiro-ministro optou por adiar a entrega do recurso, que estava marcada para segunda-feira, contra a prisão preventiva do ex-primeiro-ministro, alegando que necessitava de consultar primeiro o seu cliente.

Até hoje, deram entrada no Supremo Tribunal de Justiça três pedidos de habeas corpus (para libertação imediata de José Sócrates), todos à revelia da defesa do antigo primeiro-ministro. O primeiro pedido de habeas corpus foi recusado por falta de fundamento legal, o segundo não chegou a ser admitido para apreciação e o terceiro será decidido na quarta-feira.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …

Gestão da pandemia: PGR francesa vai abrir investigação judicial a PM e ministros

Em causa estão 90 queixas contra o anterior chefe do Governo Edouard Philippe, e os ministros Olivier Véran e Agnès Buzyn, tendo 53 delas sido examinadas e nove consideradas admissíveis para seguirem eventualmente para tribunal. O …

Benfica perto de garantir Taremi e Helton Leite para a próxima época

O SL Benfica está perto de assegurar as contratações do avançado do Rio Ave, Mehdi Taremi, e do guarda-redes do Boavista, Helton Leite, para a próxima temporada. Mehdi Taremi e Helton Leite deverão ser reforços do …

Operação Marquês. Ivo Rosa não marca data de início do julgamento

O juiz de instrução Ivo Rosa optou por não marcar data de início do julgamento dada a complexidade do processo da Operação Marquês. O anúncio foi feito no final do debate instrutório, esta sexta-feira. "É manifesta …

Bolsonaro veta obrigatoriedade do uso de máscaras em lojas e igrejas

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vetou hoje parte de uma lei que estipulava o uso obrigatório de máscaras em órgãos públicos, lojas, indústrias, templos religiosos e locais fechados em que haja concentrações de pessoas. O …

Benfica insiste em Jorge Jesus e está disposto a esperar pelo treinador

Jorge Jesus continua a ser a principal ambição de Luís Filipe Vieira para o cargo de treinador do SL Benfica. Tanto que o presidente das 'águias' mostra-se disponível para esperar. Não é segredo para ninguém que …