Acabou a Neutralidade da Internet nos EUA

GhostAegis / Deviant Art

O fim da Neutralidade da Internet, por GhostAegis. A História repete-se.

A lei que acaba com a Neutralidade da Internet nos Estados Unidos, um princípio que garantia a igualdade de acesso à internet, entrou em vigor esta segunda-feira.

A regulação da Neutralidade da Internet, aprovada durante o governo do ex-presidente Barack Obama, impedia que os provedores de internet bloqueassem ou diminuíssem a velocidade de acesso a determinados sites, beneficiando o acesso a alguns deles em detrimento de outros, e considerava que a navegação online é um serviço público.

No entanto, a FCC, Comissão Federal de Comunicações norte-americana, aprovou em dezembro do ano passado uma lei que acaba com a Neutralidade da Internet. O apoio dos republicanos na instituição foi essencial para a mudança.

Seis meses depois da decisão, a nova regulamentação entrou em vigor esta segunda-feira, sepultando uma causa defendida pessoalmente por Obama.

“Agora, 11 de junho, essas desnecessárias e danosas regulações de internet serão revogadas e o enfoque bipartidário que funcionou no mundo online durante 20 anos será restabelecido”, afirmou em maio o novo presidente do FCC, Ajit Pai, conhecido opositor da neutralidade da internet indicado para o cargo por Donald Trump.

A partir de agora, os fornecedores de serviços podem bloquear ou diminuir a velocidade de acesso a qualquer site, inclusivamente a órgãos de comunicação ou de plataformas de streaming de áudio ou vídeo, e aumentar a velocidade de acesso a outros sites – em função de acordos com esses sites ou mediante o pagamento de pacotes de serviços.

O que mais preocupa o sector de tecnologia é a influência da medida sobre os modelos de negócio na rede, já que o fim da neutralidade da rede abre a possibilidade de que as empresas estabeleçam pacotes diferenciados para acesso a sites que consumam mais dados, como YouTube e a própria Netflix.

Sem o princípio da Neutralidade da Internet, as operadoras poderão agora criar planos tarifários diferenciados. Nesse cenário, por exemplo, os utilizadores poderão pagar um montante para ter acesso às redes sociais, mas, para ter acesso a serviços de streaming, ter de pagar mais – à semelhança do que se passa no modelo de negócio da TV.

(dr)

Um Mundo sem Net Neutrality…

Nas últimas semanas, os democratas no Senado utilizaram um mecanismo do Congresso para reverter decisões de agências federais. Por 52 votos favoráveis e 47 contrários, a oposição conseguiu vencer o primeiro obstáculo para restabelecer na neutralidade da rede.

No entanto, na Câmara dos Representantes, a maioria republicana fez valer o seu peso e impediu a votação. Acabou a Neutralidade da Internet nos Estados Unidos.

Segundo a imprensa norte-americana, pelo menos 21 estados norte-americanos, que defendem a Neutralidade da Internet, deverão agora iniciar o processo legislativo para repor este princípio a nível estadual.

A Neutralidade da Internet é um princípio estabelecido na União Europeia desde outubro de 2015, estando em vigor nos 28 estados-membros da UE.

O ZAP defende que os utilizadores têm o direito a aceder à Pipoca Mais Doce com tanta rapidez como acedem à Fox News. Na data em que a FCC aprovou a lei que então pôs fim à neutralidade da Internet nos Estados Unidos, o ZAP clarificou a sua posição de defesa desse princípio, actualizando o seu Estatuto Editorial.

ZAP // EFE

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • …acredito que se isto avançar para a europa, aposto que é criada uma internet fisica fora do controlo dos ISP’s
      (internet service providers), tipo as rádios piratas … é caso para dizer “pior a amendoa de que o cimento” , ahahahah

      • Avançar para a Europa?
        Basta dar uma vista de olhos pelos pacotes existentes no nosso Portugal para verificar que a inexistência de neutralidade da Internet.

        Na Europa, neste momento, há situações muito mais preocupantes do que a neutralidade da internet. Acho de certa forma aberrante a falta de qualquer reportagem referente ao Artigo 13 a ser votado no próximo dia 20 no Parlamento Europeu.

        Sim, as Américas são “divertidas” com a sua política e fatores sociais de pernas para o ar, mas temos que nos focar um pouco mais no que nos afeta diretamente e tão perto de casa.
        O artigo 13 tem muito mais capacidade de mudar (para muito pior) a Internet que todos conhecemos do que a falta de neutralidade nos EUA, enquanto ignoramos a falta da mesma por cá ha varios anos, e agora ignoramos a possível morte da “Internet livre” em termos de conteúdo.

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …