Senado aprova proposta para repor Neutralidade da Internet

GhostAegis / Deviant Art

O fim da Neutralidade da Internet, por GhostAegis. A História repete-se.

O senado norte-americano quer manter viva a Neutralidade da Internet e votou, esta quarta-feira, o projeto para repor o princípio da neutralidade no país.

Esta quarta-feira,o senado norte-americano votou o projeto que prevê a revogação da decisão da autoridade para as telecomunicações (FCC), tomada em dezembro do ano passado, que havia acabado com a Neutralidade da rede, vigente no país desde 2015.

A votação apresentou uma diferença mínima entre ambas as partes: 47 senadores (45 democratas e dois independentes) votaram contra as medidas propostas pelo mais recente executivo, enquanto que 52 votos expressaram o apoio à proposta.

No entanto, esta aprovação não encerra o processo. Para que a medida da FCC seja invalidada definitivamente e a neutralidade da rede seja efetivamente restaurada, a proposta precisa ainda de ser aprovada na Câmara de Representantes, órgão do Parlamento similar à Câmara dos Deputados.

Segundo o senador democrata por Connecticut, Richard Blumenthal, o tema não é uma questão partidária, mas de interesse público. “No resto da América, neutralidade de rede é uma bandeira suparpartidária, não política. É o sangue vital da Internet”, afirmou.

O atual líder da FCC, Ajit Pai, disse não estar feliz com a votação, mas acrescentou que está confiante na sua abordagem, uma vez que será capaz de fornecer “acesso mais rápido e barato à Internet”.

A legislação introduzida durante a presidência de Barack Obama garante a neutralidade dos fornecedores de Internet aos consumidores. Ou seja, o tráfego de Internet não pode ser discriminado em função da sua origem ou destino.

Assim, as operadoras não podem privilegiar o acesso a certos locais na Internet em detrimento de outros. Os utilizadores devem pagar pelos seus consumos, independentemente do tipo de sites que visitam ou aplicativos que utilizam.

Num futuro sem Neutralidade da Internet, as operadores poderiam decidir, abertamente e arbitrariamente, por motivos económicos ou outros, que por exemplo os utilizadores podem aceder ao YouTube mas não ao NetCafe – ou o contrário. E que aceder ao  Expresso e ao Público é mais rápido do que aceder ao ZAP ou à Pipoca Mais Doce.

O ZAP defende que todos os utilizadores têm o direito a aceder à Pipoca Mais Doce com tanta rapidez como acedem à Fox News, e clarificou essa posição, actualizando o seu Estatuto Editorial, na data em que a FCC aprovou a lei que então pôs fim à neutralidade da Internet nos Estados Unidos.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Palavra “mulher” já tem nova definição

O dicionário online Priberam e o canal de televisão FOX Life uniram-se para desafiar os portugueses a participar na revisão do significado da palavra "mulher". Três semanas depois, apresentam-nos o resultado. Esta terça-feira, o dicionário online …

EUA emitem alerta sobre "ataques sónicos" na China

Esta quarta-feira, a embaixada norte-americana na China emitiu uma alerta após um funcionário do Governo ter sofrido uma lesão cerebral. A embaixada norte-americana na China emitiu um alerta depois de um funcionário ter sofrido uma lesão …

Descobertas 481 moedas romanas dos séculos I ao III em Braga

Um museu em Braga descobriu 481 moedas romanas datadas do século I ao século III que permitem perceber o circuito de comércio no Mediterrâneo na época do Império Romano. Esta quarta-feira, o Museu Pio XII, em …

José Manuel Coelho condenado a ano e meio de prisão domiciliária

O deputado do PTP/Madeira foi, esta quarta-feira, condenado a um ano e seis meses de prisão domiciliária pela prática de vários crimes de difamação e de divulgação de fotografias ilícitas. José Manuel Coelho foi julgado na …

Maternidade só deixa mãe ver as filhas recém-nascidas depois de pagarem a conta

Uma mãe esperou cinco dias para ver as suas filhas recém-nascidas porque não tinha dinheiro para pagar as despesas médicas. Juliana Logbo esperou cinco dias depois do parto para ver as suas filhas gémeas e recém-nascidas …

Novo escândalo de abusos sexuais no Chile leva à suspensão de 14 sacerdotes

A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou, esta terça-feira, a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. "Estes padres cometeram atos que podem constituir crimes nos domínios …

94% das universitárias de Coimbra já foram alvo de assédio sexual

Um estudo realizado pela UMAR Coimbra sobre a violência sexual em contexto académico revela que 94,1% das mulheres inquiridas já foram alvo de assédio sexual, 21,7% de coerção sexual e 12,3% reportaram já terem sido …

Israel admite: o famigerado F-35 já se estreou em combate

A força aérea israelita admitiu ter usado, pela primeira vez, o poderoso caça bombardeiro numa ação de combate contra dois tanques, numa missão recente. Um dos aviões de combate mais avançados do mundo, o novo caça-bombardeiro …

Proposta do PS sobre a habitação suspende despejos já em curso

O PS avançou com uma proposta de alteração ao seu próprio projeto. A medida abrange inquilinos com mais de 65 anos ou com grau de incapacidade igual ou superior a 60% desde que residam há …

Função Pública vai ter aumentos em 2019 (mas não nos salários)

O ministro das Finanças referiu, esta quarta-feira, no Parlamento, que os funcionários públicos vão ter aumentos em 2019, através da "via do descongelamento de carreiras". Mas sobre um eventual aumento dos salários não se pronunciou. "Todos …