Detetadas 21 anomalias no submarino desaparecido ARA San Juan

(dv) Armada Argentina / EFE / EPA

Submarino ARA San Juan da Armada Argentina

O submarino argentino, desaparecido a 15 de novembro do ano passado, foi inspecionado no final de 2016, tendo-se verificado 21 anomalias como “very-lights” caducados e rádios transmissores obsoletos, informaram fontes oficiais.

As duas testemunhas que falavam perante a comissão parlamentar que estuda as causas do desaparecimento do submarino coincidiram nas declarações sobre as anomalias detetadas e garantiram que “estavam todas em resolução” desde a saída do aparelho do porto de Ushuaia.

Segundo um comunicado do Senado argentino, o submergível precisava de corrigir as anomalias para o seu “adequado funcionamento”, algo que acabou por não acontecer.

“Entre as anomalias detetadas estão objetos de pirotécnica como very-lights de sinalização e rádios transmissores obsoletos”, revela ainda o documento.

O submarino ARA San Juan tinha zarpado em 13 de novembro do porto de Ushuaia, onde participou em manobras de treino integrado, e regressava à base, no Mar de Prata, quando desapareceu.

Horas depois perdeu-se toda a comunicação com o aparelho e duas agências internacionais registaram na zona “um incidente consistente com uma explosão”, que se admitiu poder estar relacionado com o desaparecimento do submarino.

13 dias depois do desaparecimento, foi divulgada a última mensagem emitida pela tripulação, que revela a entrada de água na embarcação, provocando um curto-circuito e um princípio de incêndio na zona das baterias.

A 1 de dezembro, as Forças Armadas argentinas anunciaram que iam parar as operações de busca por sobreviventes, tendo dado como mortos os 44 tripulantes do submarino.

Entretanto, o Governo da Argentina afirmou que suspeitava de corrupção no processo de reparação do submarino e a Marinha argentina também foi dada como culpada porque terá omitido ao Ministério da Defesa oito chamadas realizadas pelo ARA San Juan no dia do desaparecimento.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo ano letivo marcado pelo recorde de pedidos de bolsas de estudo no superior

Número crescente de alunos e perda de rendimentos das famílias são duas das razões apontadas para os pedidos recorde. O ano letivo 2021/22 ainda agora arrancou, mas já está a bater recordes no que respeita aos …

Urgências em Lisboa estão cheias. Situação pode piorar nas próximas semanas

As urgências do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, estão em situação crítica, com tempos de espera elevados. A situação de calamidade multiplica-se em vários hospitais do país, de …

Portugal já tem 86% da população totalmente vacinada contra a covid-19

A vacinação completa contra a covid-19 abrange já 86% da população portuguesa e são já mais de nove milhões de pessoas as que têm pelo menos uma dose da vacina, de acordo com os dados …

Direção do CDS desautoriza Telmo Correia e defende eleições "o mais brevemente possível"

A direção do CDS-PP não gostou de ouvir o líder parlamentar dizer que a melhor altura para realizar eleições legislativas seria no final de janeiro ou fevereiro. Depois de uma reunião com o presidente da Assembleia …

Órban e Le Pen apoiam a Polónia e criticam "imperialismo" da UE

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Órban, e a líder da União Nacional (RN, na sigla em francês), Marine Le Pen, manifestaram esta terça-feira apoio à Polónia no conflito que mantém com a UE, a qual acusam …

Após goleada frente ao Bodø/Glimt, Mourinho põe de lado quatro jogadores

Em duas convocatórias consecutivas, José Mourinho deixou de fora quatro futebolistas que participaram na derrota por 6-1 frente ao Bodø/Glimt. Naquela que foi a maior derrota de sempre da carreira de José Mourinho, o Tottenham perdeu …

O que cai e o que fica: as medidas que o chumbo do OE deita por terra e as que permanecem

O grosso das medidas previstas na proposta de Orçamento do Estado para 2022 não deverá sair do papel. As aprovadas em Conselho de Ministros, por sua vez, manter-se-ão viáveis, já foram discutidas fora da sede …

Truque permite que o Orçamento não seja votado esta quarta-feira

Há um mecanismo que, se for acionado, permite que o Orçamento do Estado para 2022 sobreviva mesmo que não seja votado. O Orçamento do Estado para 2022 pode baixar à comissão sem votação. Este mecanismo, nunca …

Conceição reconhece supremacia do Santa Clara e admite culpa na derrota

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, reconheceu que o Santa Clara foi superior e diz-se culpado pela derrota pesada que deixa o clube fora da Taça da Liga. O FC Porto está fora da Taça …

"Vechtpartij", quadro de Jan Steen.

Antigos jogos de bebida acabavam em vinho derramado e esfaqueamentos

Hoje vistos como jogos de diversão para jovens, na antiguidade, os drinking games (jogos de bebida) eram comuns em toda a sociedade — e, por vezes, terminavam mal. O kottabos era um antigo jogo de bebida …