Trump tem “interesse financeiro” em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua “cura” para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial “cura milagrosa” para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New York Times avança, agora, que o Presidente dos EUA pode ter “interesses financeiros” no processo.

A hidroxicloroquina tem sido notícia, nos últimos tempos, como potencial medicamento contra a Covid-19, mas não há ainda estudos científicos reconhecidos que aprovem que pode ter os efeitos desejados.

Trump tem insistido no uso do medicamento nos EUA, apesar de o especialista mais reputado do país no domínio das doenças infecciosas, o médico Anthony S. Fauci, não o recomendar.

Uma peça do The New York Times (NYT) avança que as reais motivações de Trump por trás da insistência na hidroxicloroquina podem ser financeiras. É que se o medicamento for vendido massivamente, como solução contra a Covid-19, várias empresas farmacêuticas com accionistas com ligações a Trump vão lucrar com isso, avança o jornal.

O próprio Trump tem uma pequena participação financeira na Sanofi, farmacêutica francesa que produz o medicamento Plaquenil, a versão comercial da hidroxicloroquina, ainda de acordo com o NYT.

Os maiores accionistas da Sanofi incluem a Fisher Asset Management, sociedade gerida por Ken Fisher que é “o maior doador dos Republicanos“, com especial ênfase em Trump. E o Fundo Invesco que é gerido por Wilbur Ross, o Secretário de Estado do Comércio de Trump, é accionista da Sanofi e da Mylan, outra farmacêutica.

O próprio Trump e a família têm investimentos num fundo – Dodge & Cox – que também tem participação na Sanofi, como acrescenta o NYT.

A publicação apurou ainda que várias farmacêuticas que produzem genéricos, incluindo a Mylan, a Teva e a Amneal, estão a mobilizar-se para fazer comprimidos de hidroxicloroquina. A Amneal Pharmaceuticals foi fundada por Chirag Patel que integra um clube de golfe de Trump em Nova Jérsia, e um dos responsáveis da Teva Pharmaceutical Industries, Roberto Mignone, tem ligações ao genro de Trump, Jared Kushner.

Vários especialistas médicos têm alertado que a hidroxicloroquina, que é usada contra a malária e o lúpus, tem contra-indicações graves, incluindo cegueira e paragem cardíaca.

Ao longo dos últimos tempos, têm sido notícia vários estudos que falam da sua alegada eficácia contra a Covid-19 e tem sido usada em diversos hospitais pelo mundo para tratar pacientes com a infecção provocada pelo coronavírus.

Em Portugal, a Ordem dos Médicos estará a estudar a possibilidade de a usar a título preventivo em profissionais de saúde e outros grupos de risco, como idosos.

Todavia, a eficácia da hidroxicloroquina contra a Covid-19 não está comprovada. E na Suécia, alguns hospitais terão deixado de a administrar aos doentes devido aos efeitos secundários verificados.

Em Março passado, uma análise feita pela agência noticiosa AFP chegou a associar a origem da associação da hidroxicloroquina à Covid-19 a um esquema fraudulento com origem na Nigéria. Mensagens divulgadas no WhatsApp, citando alegados estudos científicos, acabaram por ser disseminadas pela Internet e terão permitido ao autor do esquema ganhar dinheiro com a venda de comprimidos de hidroxicloroquina.

Na Nigéria, o medicamento usado contra a malária está proibido desde 2005, depois de a Organização Mundial de Saúde ter alertado para “elevadas falhas de tratamento e resistência” à substância em algumas partes do mundo, como aponta a AFP.

Ora, Trump tem alegado que não há tempo para mais estudos em torno da hidroxicloroquina porque há “pessoas a morrer”, defendendo que mais vale arriscar porque não há “nada a perder”.

O NYT cita um médico que entende que o papel de Trump como presidente dos EUA é “projectar esperança”, admitindo que ele faz bem em falar da possibilidade de o medicamento ser a solução para a pandemia. Mas a “esperança falsa pode ser má”, alerta outro médico ouvido pelo jornal.

Certo é que há hospitais dos EUA que estão a usar hidroxicloroquina, juntamente com outras substâncias, como a azitromicina, um antibiótico prescrito contra bronquites bacterianas, pneumonia e gonorreia, entre outras doenças. Um cocktail de remédios cujos reais efeitos nos pacientes são desconhecidos.

Temos estado a atirar a pia da cozinha a estes pacientes“, salienta ao NYT o médico Adhi Sharma, de um hospital em Long Island. “Não sei dizer se alguém melhorou por conta própria ou por causa da medicação”, conclui.

SV, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Isto faz lembrar, como em plena crise do H5N1 (gripe das aves) se veio a descobrir uma ligação entre a Gilead Sciences e o Vice-presidente da administração de George Bush, Dick Cheney. Segundo o que foi noticiado, Cheney era um dos principais accionistas da empresa e a Gilead Sciences acabara de apresentar uma vacina contra o vírus. É estranho como na política e na moda o eterno retorno do novo se repete incessantemente…

  2. Isso não é bem assim! Há vários estudos sim (peer reviewed).. e a muitos países usaram com sucesso a cloroquina (china) e a hidroxicloroquina (coreia) simplesmente porque sabem que é segura.. para alem de que os australianos e franceses comprovaram o seu real funcionamento in vitro com o SARS-CoV-2. Alguns estudos clínicos foram também realizados .. os últimos de conhecimento geral foram feitos em franca por epidemiologistas de renome (pela segunda vez) .. e o resultado foi verdadeiramente significativo.. não só funciona in vitro como funciona clin1icamente! A (hidroxi)cloroquina com o Zinco em estado ionico pode de facto inibir a replicação RNA do virus em causa.. e isso é um facto!

    Os efeitos secundários não são como este artigo quer dar a entender… qualquer medico o pode confirmar. Há pessoas com lupus a tomar a hidroxicloroquina nas dosagem indicadas pelos coreanos faz mais de 10 anos sem qualquer efeito nefasto.. (e não estou a dizer que não os há.. por exemplo a retina pode degenerar)..

    A cloroquina existe faz decadas.. e sabemos bem o que ela pode provocar! Não é nada de novo!!

    .. este artigo parece mais algo gerado para denegrir o Trump que outra coisa. Atenção que não sou pró-Trump (nem contra).. parece-me que o Trump olha mais pela população dos EUA que a própria OMS..

  3. Já agora… sabem quanto é que o Trump ganha como presidente? ZERO! (só por curiosidade)

    Foi um dos 4 presidentes Americanos a recusar de ordenado em toda a história Americana.. sendo os restantes John F. Kennedy, Herber Hoover e Gorge Washington … os seus ordenados são inteiramente doados!

    • não reboles mais deixas o pelo todo agarrado à carpete. se tivesses atilhos eras uma marioneta como não tens conclui-se que és o aspirador dos simpson’s. ele há com cada borgeço.

    • O que ainda é mais preocupante!…
      O que anda aquele “bicho” a fazer (além das cenas tristes quase diárias) à frente da maior potência mundial e, com que interesses??

RESPONDER

AEK 2 - 4 Braga | “Guerreiros” saqueiam Atenas e apuram-se

O SC de Braga garantiu esta quinta-feira o apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa. Os minhotos foram à Grécia bater o AEK por 4-2, graças a uma exibição personalizada, num jogo em que …

Ciclone mortal deixou uma praia da Índia coberta de ouro

Centenas de pescadores, mulheres e crianças no distrito de East Godavari, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, passaram o fim de semana a vasculhar a praia local em busca de ouro. Após o …

O Flamengo de Jorge Jesus foi "um mero acidente de percurso"

2019 foi uma exceção para a equipa brasileira que, depois de ter vencido (quase) tudo, neste ano já foi afastado da Taça do Brasil e da Libertadores: "O português foi embora e com ele toda …

Concorrência condena MEO a pagar 84 milhões por combinar preços com a NOWO

A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas. “A Autoridade da Concorrência …

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …

Alterações climáticas podem colapsar os sistemas de saúde, alertam especialistas

O quinto relatório anual da Lancet sobre saúde e clima revelou que todos os países enfrentam ameaças à saúde humana, "que se multiplicam e se intensificam" à medida que as alterações climáticas originam novas pandemias …