Testemunha arrolada por Sócrates serve de “trunfo” para a acusação

Manuel De Almeida / Lusa

Mário Lino, antigo ministro das Obras Públicas do Governo de José Sócrates (2005-2009), negou esta segunda-feira ter sido instrumentalizado pelo então primeiro-ministro para favorecer os interesses do Grupo Lena.

Segundo o semanário Expresso, o antigo Governante, arrolado na Operação Marquês como testemunha de Sócrates, manteve o que tinha já dito quando a acusação foi conhecida.

Mário Lino reiterou que não foi usado por José Sócrates para favorecer os interesses do Grupo Lena, mais mais concretamente na adjudicação da construção de um troço de comboio de alta velocidade (TGV) para ligar Poceirão a Caia.

Em declarações ao mesmo jornal, o antigo ministro disse que os governantes “não são mentecaptos”, negando ter sido instrumentalizado.

Os procuradores do Ministério Público têm outra versão: sustentam que o antigo primeiro-ministro “instrumentalizou” os seus governantes ligados ao setor das obras públicas para que a empreitada da construção de um troço que ia ligar Poceirão a Caia através de um comboio de alta velocidade beneficiasse o grupo Lena.

O grupo Lena, por sua vez e de acordo com a acusação, corrompeu José Sócrates quase desde o primeiro dia em que este tomou posse depois de vencer as eleições de 2005. “Quer a obra avançasse ou não, o grupo teria sempre lucro porque o contrato garantia uma indemnização no caso de o projeto não ir para a frente, como veio a acontecer”, esclarece ainda o semanário Expresso.

Testemunha de Sócrates é trunfo da acusação

O jornal Expresso escreve ainda esta segunda-feira feira que uma outra testemunha arrolada por José Sócrates foi utilizada pelo procurador Rosário Teixeira como trunfo.

Foi durante o terceiro interrogatório a José Sócrates que o procurador questionou Sócrates sobre Raul Vilaça Moura, presidente do júri do concurso que atribuiu a concessão do TGV a um consórcio liderado pela Brisa e pela Soares da Costa e de que fazia parte o Grupo Lena. Trata-se do alegado corruptor-mor de Sócrates.

Rosário Teixeira confrontou Sócrates sobre a confissão de Raul Vilaça Moura, que admitiu ter estado no gabinete do ex-ministro socialista, acompanhado por Mário Lino, para debater os eventuais riscos de uma recusa do projeto pelo Tribunal de Contas – tal como veio mais tarde a acontecer.

Terá sido com esta questão que Sócrates hesitou durante os seus interrogatórios conduzidos por Ivo Rosa, num momento raro, segundo relata o Expresso.

“Agora que o acabei de ouvir, a minha ideia é que isso tinha que ver com a terceira ponte… Mas, eh pá, talvez ele tenha uma memória mais fresca do que eu. Ele só se ocupava disso”, começou por dizer antes de afastar responsabilidade perante a insistência do procurador Rosário Teixeira. “É muito simples. Tem de chamar o engenheiro Mário Lino. Eu nunca intervim em nenhum concurso”.

O Expresso apurou ainda que Mário Lino não só foi chamado como testemunha por José Sócrates durante a instrução, mas também por Raul Vilaça Moura.

28 arguidos e quase duas centenas de crimes

O inquérito da Operação Marquês, que está agora na fase de instrução, culminou na acusação a 28 arguidos – 19 pessoas e nove empresas – e está relacionado com a prática de quase duas centenas de crimes de natureza económico-financeira.

José Sócrates, que chegou a estar preso preventivamente durante dez meses e depois em prisão domiciliária, está acusado de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, dezasseis de branqueamento de capitais, nove de falsificação de documentos e três de fraude fiscal qualificada.

A acusação sustenta que Sócrates recebeu cerca de 34 milhões de euros, entre 2006 e 2015, a troco de favorecimentos a interesses do ex-banqueiro Ricardo Salgado no Grupo Espírito Santos (GES) e na PT, bem como por garantir a concessão de financiamento da Caixa Geral de Depósitos ao empreendimento Vale do Lobo, no Algarve, e por favorecer negócios do Grupo Lena.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. Quem lê o titulo pasquinado, fica com a ideia de que o Ministério Público, finalmente, encontrou algo que prova que o ex-primeiro ministro foi corrompido! O modo de “”papaguear” o testemunho de alguém que está envolvido num projecto e tem uma reunião de trabalho com os responsaveis superiores é notável!! O encontro entre estas entidades e o assunto discutido prova alguma coisa??? Só prova que estiveram reunidos e discutiram o assunto, mas ao que parece! não discutiram o valor das ” luvas” a receber!! Onde é que está o “trunfo”????? O dito “trunfo” só existe nas mentes opacas que querem, a todo o custo, encontrar algo palpável, concreto e sólido, mas infelizmente para o Tex & Alex não aparece nada de nada. Cada vez mais se percebe que a “dupla” escreveu um livro de ficção, onde as personagens fazem papeis de “faz de conta”!!! “O Pensamos, acreditamos, estamos convencidos”, não passa de um “embuste para idiota acreditar”!!!

    • Querem ver que o “engenheiro num domingo” ainda vai receber mais do Estado e vai ter uma estátua ! Dois cofres repletos faziam girar todos estes bandidos. Porquê todos este movimentos de milhões ? Ainda há muito e muito que apurar.

    • Certamente há que explicar o rio de dinheiro que lhe chegou “por baixo da mesa”, nomeadamente enquanto viveu em Paris, e que, come foi já verificado, não foi época de poupanças.

      Como bem diz o povo: “quem cabritos vende e cabras não tem, de algures lhe vem…”.

    • Certamente há que explicar o rio de dinheiro que lhe chegou “por baixo da mesa”, nomeadamente enquanto viveu em Paris, e que, como foi já verificado, não foi época de poupanças.

      Como bem diz o povo: “quem cabritos vende e cabras não tem, de algures lhe vem…”.

    • o caso e muito estranho quando so ha teorias e pouco ou nada de provas mas seja como for todos os partidos tem trafulhas olhe so o partido novo chega ja tem 1 ganda trafulha

    • Oh Verdades
      Querias que discutissem as “luvas” numa reunião de trabalho? Não estamos no Brasil, onde se quebra o “galho” com toda a facilidade. Parece que tens alguma dúvida que os sacos azuis ou de outra cor existem e que as “luvas” são combinadas em locais sem câmaras, sem telemóveis e sem testemunhas!!!

      • Sofres de demência pois já te esqueceste dos grandes vígaros como o Passitos que aldrabou o Estado e o Porcas que foi subornado no caso submarinista à vista de todos já para não falar da múmia cavaquista que aldrabou tudo e todos. Se gostas de partidos e políticos leva-os todos para tua casa que na minha esses vígaros não têm lugar.

  2. Viva o socialismo… o tal ‘clube’ onde quem o habita zela pelos interesses do trbalhador!
    Um logro, uma hipocrisia! Abram os olhos!

    • PS português foi sempre uma miséria. Como é que há tanto povo que vota neste partido demagogo e sempre incompetente? Abram os olhos. Com esta tralha Portugal não passa disto. É altura de escorraçar esta gente, para ver se o martirizado povo, com tantos impostos, começa a ter uma vida mais digna.

  3. https://m.youtube.com/watch?v=hwieIQzlFpo
    Vi esse video e é que não me perguntei onde estão os 300 milhões de euros de lucros do estado para levar este barco para a frente
    Esta justica como o jornalismo estão muito atrasados na investigação
    É tudo ajudar o rico mas o ze povinho cada vez mais pobre a pagar os desfalques que os outros fazem

RESPONDER

Irão acusa Israel de ataque a central nuclear e promete "vingança"

O Irão acusou Israel de responsabilidade num ataque que atingiu, este domingo, a instalação de enriquecimento de urânio de Natanz, deixando entender que se registaram danos nas centrifugadoras, e prometendo "vingança". "Com esta ação, o regime …

Abel Ferreira expulso e Palmeiras perde Supertaça para o Flamengo

O Flamengo bateu o Palmeiras nos penáltis, este domingo, depois de um empate 2-2 no tempo regulamentar, na final da Supertaça do Brasil, na qual o treinador português acabou expulso por protestos. O médio Raphael Veiga, …

Centeno quer que BdP possa vender bancos sem aval da Autoridade da Concorrência. Regulador está contra

As novas regras da banca preveem que o Banco de Portugal (BdP) possa alienar total ou parcialmente um banco a outra instituição sem ter de esperar pela decisão da Autoridade da Concorrência. Porém, o regulador …

Ruben Amorim falou do "campeonato cheio de artistas", mas fintou arbitragem após novo empate

O Sporting empatou o segundo jogo consecutivo e Ruben Amorim acabou expulso já depois do apito final no jogo com o Famalicão (1-1). Fintando o tema da arbitragem, o treinador dos leões falou de um …

"Só amamos as batalhas difíceis." Sócrates culpa silêncio da esquerda pela ascensão da extrema-direita

"Passei sete anos a defender-me da mentira da fortuna escondida e no final ouço, pela primeira vez, que há indícios de um crime que já prescreveu." José Sócrates escreveu um artigo de opinião, no jornal …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: O Alpinista Descendente

Maior animação no topo da tabela. Um líder em queda, o dragão europeu, uma águia mais artística. Números e frases da semana, visto da Linha de Fundo. Fama sem proveito Sporting CP (Pedro Gonçalves 25') 1 …

Mourinho soma mais uma derrota. Ingleses desiludidos com o seu futebol

O Tottenham atrasou-se, este domingo, na luta pelo acesso à Liga dos Campeões, com uma derrota caseira por 3-1 perante o Manchester United. Em Londres, na 31.ª jornada da Premier League, o Tottenham até esteve em …

TAP alarga ainda mais medidas voluntárias. Podem sair mais 600 pessoas

Elevado interesse de muitos funcionários levou a companhia aérea a criar uma fase intermédia, que começou no domingo e dura até sexta-feira, que pode levar à saída de mais 600 pessoas. A TAP anunciou que vai …

AC Milan define preço a pagar por Rafael Leão

Face ao interesse de clubes como Everton e Juventus, o AC Milan definiu a fasquia das futuras propostas por Rafael Leão: no mínimo, 50 milhões de euros. A cumprir a sua segunda temporada ao serviço do …

Empresas esqueceram-se de levantar 72 milhões do fundo de compensação

Empresas deixaram 72 milhões de euros por reclamar relativos a dinheiro descontado para o Fundo de Compensação do Trabalho (FCT), mas ainda o podem fazer. Desde 2013, as novas contratações exigem que seja descontado 1% do …