Terramoto político faz Câmara de Setúbal tremer. Autarquia da CDU prestes a cair

10

Viet-hoian1 / Wikimedia

Câmara Municipal de Setúbal.

O PSD já lançou o repto ao PS para alinhar no derrube da Câmara Municipal de Setúbal. Se os membros das listas destes partidos renunciarem, Fernando Negrão também sai.

O PSD de Setúbal já tinha pedido a demissão de André Martins, e desafiou os socialistas a criar uma aliança para fazer cair a Câmara da CDU.

De acordo com o Expresso, os socialistas demitem-se caso os do PSD renunciem aos mandatos. O semanário avança, esta sexta-feira, que os 14 membros da lista laranja, incluindo os suplentes (menos Fernando Negrão), já entregaram o pedido de renúncia à concelhia.

O deputado e ex-vice-presidente do Parlamento tem estado isolado no PSD local por não concordar com o derrube imediato da Câmara Municipal, optando pela cautela e pela “certeza mais sólida” que o resultados dos inquéritos trará.

No entanto, “por outras razões, sobretudo por causa da representatividade eleitoral” que fica distorcida, Negrão admite alinhar. “Se houver uma renúncia dos vereadores do PSD e do PS, acompanharei”, disse, em declarações ao Expresso.

A CDU tem cinco vereadores, o PS tem quatro e o PSD dois.

O vereador socialista Fernando José concorda, considerando que “não existe fundamento para os vereadores do PS renunciarem aos mandatos”. Ainda assim, admite que se os sociais-democratas se demitirem, os socialistas também saem.

“Se toda a lista do PSD renunciar, a CDU passa a ter a maioria que não alcançou nas eleições, os vereadores do PS continuarão por se verificar uma alteração em relação aos resultados eleitorais”, disse Fernando José ao semanário. “A concretizar-se, caberá aos vereadores do PS e às estruturas do partido analisar e avaliar em cada momento a alteração substancial dos factos e a decisão a tomar.”

Nesse caso, o executivo autárquico cairia e haveria eleições intercalares.

Confrontado na quarta-feira pelos vereadores do PSD, Fernando Negrão e Sónia Martins, o autarca André Martins optou pelo silêncio.

Ainda assim, André Martins reconheceu que o nome da cidade estava “enlameado” à luz dos acontecimentos recentes e traçou uma linha da evolução dos acontecimentos e das reações que se sucederam: nomeadamente os inquéritos instaurados pelo Governo ou pela Comissão Nacional de Proteção de Dados.

Usou, inclusive, estes processos para justificar a ausência de respostas e esclarecimentos, mesmo quando estes lhe eram pedidos diretamente. “Entendemos que, a partir deste momento e até à conclusão destas diligências, deveremos evitar voltar a comentar publicamente este assunto.”

As investigações do caso dos refugiados ucranianos que foram recebidos por russos pró-Putin na Câmara Municipal de Setúbal cabem à Inspeção-Geral das Finanças e à Comissão Nacional da Proteção de Dados.

  ZAP //

10 Comments

  1. consta que o comunismo já matou 150 milhões de pessoas em pouco mais do que 100 anos, dos quais uns milhões à fome !! (inclusive na Ucrânia, nos anos 30); seria mais do que todas as guerras convencionais juntas … e há quem persiste a ‘acreditar’ neles ?! é obra !!!

  2. O comportamento do Presidente da Câmara de Setúbal é inqualificável… para lá de escandaloso!! Ele e seu executivo já se deveriam ter demitido. Mais parece que estes comunistas estavam de conluio com os Russos… não me espantaria em nada! Já viram o artigo da ZAP sobre civis torturados com 21 “rosas” nos dedos e pénis, e arame farpado enfiado nos anus? Como é possivel que os comunistas não condenem tais barbaridades?!? Pior… alguns Portugueses até parecem pactuar com isto, como é o caso da Câmara de Setúbal, e até Jerónimo de Sousa, que agora tanto nos desaponta com sua posição pro-Putim.

  3. O que se passou em Setúbal deve ser rigorosamente investigado, não apenas no âmbito dos organismos federais, mas também na própria cidade.

    É preciso perceber como esse casal de russos continuou a prestar serviços aos Refugiados, dentro da Câmara Municipal, mesmo depois da invasão da Ucrânia.

    E a falta de reação, mesmo depois da reclamação dos Refugiados de serem entrevistados por pessoas naturais do país invasor?

    Ora senhores, a simples transferência dessa apuração para cima é prova de que em Setúbal não se consegue dar organização, quando o malfeito se instalou.

  4. PARTIDO COMUNISTA/CDU cada vez mais jurássico, anacrónico e desfasado da realidade. Fica a suspeita de o PC estar a ser financiado pelo Kremlin.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.