O primeiro submarino russo com “torpedo do Juízo Final” foi lançado ao mar

O K-139 Belgorod é o primeiro submarino russo equipado com um torpedo drone Poseidon, conhecido como o “torpedo do Juízo Final”. O submarino estava a ser construído pelos russos há 27 anos.

Já se falava que a Rússia planeava equipar os seus submarinos com o temido torpedo Poseidon, também conhecido como o “torpedo do Juízo Final“. Agora, os russos lançaram ao mar o primeiro submarino equipado com um destes projéteis. Estas armas nucleares têm a capacidade de destruir completamente cidades costeiras.

O submarino K-139 Belgorod, que é o mais longo do mundo, começou a ser construido em 1992, mas a sua produção foi interrompida por mais de uma década em 2000, após o desastre a bordo do seu antecessor: o Kursk. Toda a tripulação a bordo do submarino morreu depois de uma explosão durante testes com mísseis.

O ArsTechnica recorda que na altura do incidente — apenas quatro meses depois do início do primeiro mandato de Vladimir Putin — o presidente russo estava a passar férias em Sochi, onde permaneceu mais quatro dias depois do acidente.

Contudo, parece que os russos não aprenderam e voltaram a equipa os submarinos com mais uma arma capaz de grande destruição. O Belgorod viu o seu design ser modificado e carrega agora o “drone” torpedo nuclear Poseidon. O projeto inicial previa que este fosse “um submarino de pesquisa e resgata para propósitos especiais“.

O rumo dos planos para o submarino acabaram por mudar, já que Putin pressionava o desenvolvimento de novas armas nucleares para combater a ameaça dos mísseis anti-balísticos dos Estados Unidos da América. O Belgorod foi um dos dois submarinos entendidos para este propósito, além do submarino nuclear Khabarovsk.

A nova arma russa consegue mover-se debaixo de água a uma profundidade de até mil metros, e alcança uma velocidade de 200 km/h graças a um mecanismo de propulsão que cria à sua volta uma cavidade de ar que reduz a resistência da água.

O torpedo conta ainda com um alcance de 10 mil quilómetros e, alegadamente, é capaz de transportar uma ogiva de 10 megatoneladas – número que pode chegar às 100, dependendo do tipo de missão do submarino. O Belgorod consegue carregar quatros destas ogivas, que têm quatro metros de comprimentos e 1,5 metros de diâmetro.

Além deste torpedo, o K-139 Belgorod vai contar com mais uma inovação tecnológica. Os russos pretendem incorporar uma rede de sensores de deteção de submarinos, semelhante à encontrada à rede de sonares SOSUS da marinha norte-americana.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Todas as semanas o regime do bandalho do Putin “lança” uma arma do “Juízo Final”! Andará este pulha tão desejoso de acabar com a vida na Terra? Afinal quem ameaça – além dos inimigos internos que tem – quem de facto a Rússia? O ocidente? Queixa-se que Nato está cada vez mais próxima das sua fronteiras, mas quem é que ameaça todos os vizinhos e tem tropas suas quem quase todos eles? Quem tem roubado território aos outros, fora de qualquer acordo ou redesenho de fronteiras? É triste ver um país fazer-se de grande à custa das armas quando a maioria do seu povo vive de uma forma que nem aos nosso porcos deixaríamos viver! Um país cheio de injustiças e miséria que apenas dá dó sobre a triste vida dos seus cidadãos, mas com a mania que pode contruir impérios em pleno século XXI!

    • Tanto disparate. Não está a confundir o Putin com o bandalho do Trump??? Este sim além de bandalho é mesmo um sacana, um criminoso e perigoso terrorista. Por alguma coisa os EUA fazem parte da listagem de perigosos terroristas, já não era sem tempo. Estando nesta lista a caça está aberta. E afinal de contas se os EUA não têm defesa possível para o Poseidon porque não fazer um ensaio??? Por exemplo a Rússia dizia aos EUA, têm X dias para sair da síria, não saindo no prazo, Pumba um ensaio do hospital com o Poseidon, para ver se realmente é tão eficaz como dizem.

  2. Mais um desafio do senhor Putin que muitos consideram um homem pacífico e que com a sua ambição bélica vai acabar por desafiar os americanos a novas invenções e outros como a China se candidatarão a novas experiências, são biliões de dólares gastos em armamento que bem poderiam reverter para o bem estar dos cidadãos e do próprio planeta, o egoísmo desta gente acabará por ditar de uma forma ou de outra a extinção do planeta.

Chuva de críticas ao plano nacional de vacinação: "É vasto em imprecisões e impreparações"

Francisco Rodrigues dos Santos considerou que "faltou planeamento" no plano de vacinação português e observou que "basta comparar" com aqueles anunciados "na Alemanha, no Reino Unido ou em Espanha para perceber que há diferenças abismais". O …

O corpo ideal? O mistério das enigmáticas figuras pré-históricas de Vénus pode ter sido resolvido

Um dos primeiros exemplos mundiais de arte, as enigmáticas estatuetas de "Vénus" esculpidas há cerca de 30 mil anos, intrigaram os cientistas durante quase dois séculos. Agora, o mistério das estranhas figuras pode ter sido …

Nova geringonça à vista? Rui Rio mostra-se disposto a governar mesmo sem vencer eleições

São muitos os sinais que tem dado. Rui Rio está disponível para liderar uma futura maioria de direita se esta vier a surgir no quadro de futuras eleições legislativas - mesmo que o PSD seja …

Cientistas encontram nova criatura gelatinosa no fundo do mar (mas podem nunca mais voltar a vê-la)

Uma equipa de investigadores da Administração Nacional de Pesca Oceânica e Atmosférica (NOAA) revelou que descobriu Duobrachium sparksae, uma nova espécie de ctenóforo - ou águas-vivas-de-pente. A descoberta foi feita remotamente usando imagens de vídeo de …

Costa anuncia hoje medidas que vão vigorar nos períodos de Natal e de passagem de ano

O primeiro-ministro anuncia hoje as medidas de combate à covid-19 enquadradas pelo decreto presidencial de estado de emergência, que indicativamente vigorará até 7 de janeiro, incluindo os períodos de Natal e de passagem de ano. Na …

Especialistas explicam de que forma o novo coronavírus pode afetar o cérebro

Através do uso de amostras de tecido de pacientes que já morreram, uma equipa de investigadores conseguiu desvendar os mecanismos pelos quais o coronavírus é capaz de chegar ao cérebro de pacientes com covid-19 e …

Há círculos fantasmagóricos nunca antes vistos no céu (e os astrónomos não sabem o que são)

Em setembro de 2019, uma equipa de investigadores fez uma apresentação sobre objetos interessantes encontrados em novos dados radioastronómicos. Esses objeto tinham formas muito estranhas que não cabiam facilmente em nenhum tipo de conceito conhecido. A …

Já é possível ouvir a Via Láctea. NASA transforma dados de corpos celestes em música

A NASA converteu dados de astronomia em sons, permitindo ouvir composições musicais derivadas da própria estrutura do Universo. Especialistas da NASA transformaram dados da Via Láctea em sons graças a um processo conhecido como sonificação. …

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …