Do empréstimo milionário à nacionalização. As soluções da TAP para resistir à crise

Profilbesitzer / Flickr

A TAP está a enfrentar uma das suas piores crises, face à pandemia de covid-19, e há várias soluções em cima da mesa, desde um empréstimo com aval do Estado à nacionalização da empresa.

Para fazer face aos efeitos da pandemia de covid-19, ficou a saber-se que a TAP vai avançar com um processo de lay-off para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os restantes.

Segundo o jornal online Observador, o próximo passo para assegurar que a empresa se mantém solvente deverá ser um empréstimo bancário com aval do Estado cujo valor poderá rondar entre os 200 milhões e os 300 milhões de euros.

Para já, fonte do Ministério das Infraestruturas adianta apenas que o “Governo não está a ponderar nenhuma proposta em particular, (… ) mas vai analisar a situação da TAP e depois decidir”.

De acordo com o mesmo jornal, há várias opções à vista, entre as quais “uma companhia mais pequena, uma empresa integrada num maior grupo empresarial internacional ou até uma TAP totalmente pública“.

Este último cenário não é descartado pelo Governo, sobretudo se recordarmos as recentes declarações do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira. “O Estado tem ferramentas para nacionalizar empresas e vai usá-las se achar conveniente”.

Sobre a TAP, o governante disse que o Governo “não deixará de usar todos os poderes a seu favor para salvaguardar a posição estratégica” e “assegurar a preservação” do valor da empresa.

Esta quarta-feira, aliás, a Comissão de Trabalhadores (CT) da companhia aérea nacional reforçou o apelo para que isso aconteça. O organismo “vem pedindo há anos que a TAP se torne 100% pública e agora é o momento para isso acontecer, é por isto que temos de continuar a lutar”, sublinhou em comunicado.

No mesmo dia, porém, numa entrevista à TSF, o acionista privado Humberto Pedrosa descartou essa possibilidade. O empresário concorda que o Estado tem de ajudar a TAP, “como os estados noutros países estão a ajudar as companhias aéreas”, mas afasta o cenário da nacionalização.

“Enquanto conseguirmos resolver os problemas e ter soluções para eles, não deverá pôr-se essa possibilidade”, declarou Pedrosa, garantindo ainda que não pensa, “de maneira nenhuma”, sair da estrutura acionista.

Atualmente, a TAP conta com uma participação de 50% do Estado, através da Parpública, estando 45% da companhia aérea nas mãos dos privados do consórcio Atlantic Gateway e 5% do capital nas mãos dos trabalhadores.

Com os salários em regime de layoff, além de se prever o pagamento de dois terços do vencimento bruto no caso de suspensão de trabalho, há também um limite mínimo e máximo, estabelecendo-se este último nos 1905 euros.

Segundo o jornal Público, no entanto, esse teto não será aplicado. Fonte oficial da transportadora adiantou que se optou “por ir além do que a lei permite” e “não penalizar tanto os trabalhadores”.

No caso dos trabalhadores que ficam com horário reduzido, os pagamentos serão de 80% das remunerações fixas mensais.

Esta quarta-feira, numa mensagem enviada aos trabalhadores, o presidente executivo, Antonoaldo Neves, apelou para que mantenham a empresa viva e sustentável, deixando ainda o seu agradecimento pelo “espírito de missão” demonstrado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …