Sócrates fica em prisão preventiva

José Sena Goulão / Lusa

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O Ministério Público propôs esta terça-feira que o ex-primeiro-ministro José Sócrates continue em prisão preventiva, por não haver consentimento à utilização de vigilância eletrónica, divulgou hoje a Procuradoria-Geral da República.

“Não havendo consentimento à utilização deste meio de controlo à distância, considerou o Ministério Público que a substituição da prisão preventiva ficou inviabilizada“, lê-se na nota da PGR.

O Ministério Público entende subsistir, nesta fase da investigação, de forma significativa, “o perigo de perturbação do inquérito – de perturbação da recolha e da conservação da prova – mantendo-se também, ainda que de forma mais diminuta, o perigo de fuga”.

No passadi dia 6 de junho, o Ministério Público tinha proposto a alteração da medida de coação do ex-primeiro-ministro José Sócrates, de prisão preventiva para prisão domiciliária, disse hoje aos jornalistas o advogado de José Sócrates, à saída do estabelecimento Prisional de Évora.

Esta segunda-feira, no entanto, o ex.primeiro-ministro fez saber que recusaria a proposta do Ministério Público de que ficasse a aguardar o desenrolar da “Operação Marquês” em prisão domiciliária, com vigilância eletrónica.

“Agora, o Ministério Público propõe prisão domiciliária com vigilância eletrónica, que continua a ser prisão, só que necessita do meu acordo. Nunca, em consciência, poderia dá-lo“, responde José Sócrates, numa carta a que a SIC teve acesso.

Na sequência desta recusa, o Ministério Público considerou não haver outra alternativa que não fosse a de manter a medida de prisão preventiva aplicada em Novembro ao ex-governante.

Abaixo, o comunicado do Ministério Público.

“Ao abrigo do disposto no art. 86.º, n.º 13, al. b) do Código de Processo Penal, a Procuradoria-Geral da República torna público o seguinte:

O Ministério Público, no âmbito do reexame dos pressupostos das medidas de coação, cujo prazo termina hoje, promoveu a alteração da medida aplicada ao arguido José Sócrates.

À semelhança do que aconteceu recentemente em relação ao arguido Carlos Santos Silva, foi promovida a substituição da prisão preventiva pela obrigação de permanência na habitação com vigilância eletrónica.

O arguido José Sócrates não deu o consentimento à aplicação da vigilância eletrónica, consentimento que, nos termos da lei, é obrigatório.

Sobre o arguido recaem suspeitas da prática dos crimes de corrupção passiva para ato ilícito, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais.

O Ministério Público entende subsistir, nesta fase da investigação, de forma significativa, o perigo de perturbação do inquérito – de perturbação da recolha e da conservação da prova – mantendo-se também, ainda que de forma mais diminuta, o perigo de fuga. Estes perigos poderiam ser acautelados com a substituição da prisão preventiva pelas medidas de coação de obrigação de permanência na habitação somada à proibição de contactos com os outros intervenientes processuais, desde que o respetivo cumprimento fosse fiscalizado através de vigilância eletrónica.

Não havendo consentimento à utilização deste meio de controlo à distância, considerou o Ministério Público que a substituição da prisão preventiva ficou inviabilizada, por entender que a medida proposta era a única que acautelava os perigos acima referidos.

O inquérito encontra-se em segredo de justiça.

Lisboa, 9 de junho de 2015”

ZAP / Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Vivemos num estado de direito democrático no qual prevalecem os direitos liberdades e garantias dos cidadãos consagrados na constituição, na qual está inscrita a independência do poder judicial face ao poder legislativo e político.
    A próxima revisão da medida de coação aponta para até 9 de Set.

  2. Seis meses sem acusação. Seis meses sem acesso aos autos. Seis meses de uma furiosa campanha mediática de denegrimento e de difamação sem que se possa defender.

    • Em meio civilizado não se fale do que não se sabe, sobretudo qdo a ignorância resulta de manifesto desconhecimento da lei. E no exercício de cidadania responsável fale-se do que se sabe ou questione-se…
      O detento pode ficar até um ano dentro, período no qual será deduzida a acusação… E/ou ainda, caso se verifiquem certas variáveis, pode mesmo ficar detido até e durante o julgamento…

  3. Não parece um preso político, é um preso político! Eles bem tentam arranjar outros motivos mas ainda não conseguiram. Sócrates vai conseguir passar esta fraude judiciária. Tem coragem e caráter!!

  4. …Acabaram-se as procissões ao adro? Ninguém empresta ombros p’ró andor? E grupo coral p´ró hino “obrigado pela vida(inha) Sócrates” (refrão repete 3 vezes)
    O “grande líder” mantém-se arrecadado a gozar expedientes de retórica melodramática e prosa teatral.
    Qdo pela 1ª vez tiver contacto (apenas consulta) com o processo talvez comece a fiar fininho.

  5. Há gentinha que não percebe o que são Homens de carácter!
    Fica o registo para os mais inrédulos:
    – Os Homens de carácter, não dobram, não cedem, mantêm as suas convicções! Não se deixam manobrar por gente mesquinha!

Scarlett Johansson é a atriz mais bem paga do mundo

Scarlett Johansson é a atriz mais bem paga do mundo, de acordo com uma lista divulgada pela Forbes esta sexta-feira. É o segundo ano consecutivo que a norte-americana figura no primeiro lugar. Pelo segundo ano consecutivo, …

Divórcio chega ao Espaço. Astronauta acedeu à conta da ex-mulher a partir da EEI

A NASA está a investigar aquele que pode ser o primeiro crime cometido no espaço. Uma astronauta acedeu à conta bancária da ex-mulher a partir da Estação Espacial Internacional. A astronauta Anne McClain é acusada de …

Portimonense 1-3 Sporting CP | Raphinha dá vida a visão de Bruno

O Sporting assumiu a liderança da Liga NOS, ao arrancar uma vitória por 3-1 no terreno do Portimonense. Raphinha foi o herói da partida ao apontar dois golos. Num jogo que teve um arranque louco, com …

Psicólogos revelam o que pensam as outras pessoas das suas selfies

Uma experiência com centenas de utilizadores do Instagram descobriu que aqueles que publicam muitas selfies são vistos como menos amigáveis, bem-sucedidos, extrovertidos e também mais inseguros. "Mesmo quando dois feeds têm conteúdo semelhante, como conquistas ou …

Descoberta em Alenquer uma das maiores muralhas do país do Calcolítico

Arqueólogos portugueses e espanhóis descobriram em Alenquer uma muralha monumental, uma das maiores do país do período Calcolítico, com quatro a cinco mil anos, após terem realizado este mês as primeiras escavações. A uma altitude de …

Minas americanas continuam inseguras apesar de multas de mil milhões de dólares

O veredito é dado pela sistema federal que multa as empresas mineiras: nem os mais de mil milhões de dólares em multas se revelaram suficientes para desencorajar as práticas inseguras do setor. Esta foi a conclusão …

Ainda há esperança. Corais do Atlântico reproduziram-se pela primeira vez em laboratório

Este é um avanço histórico que poderia ajudar a salvar corais em todo o mundo, incluindo o ameaçado recife da Flórida, nos Estados Unidos. O Aquário da Flórida, nos Estados Unidos, conseguiu que o coral Dendrogyra …

Cientistas descobrem a melhor maneira de ensinar uma nova língua a crianças

As pessoas muitas vezes assumem que as crianças aprendem novas línguas facilmente e sem esforço, independentemente da situação em que se encontram. Mas será verdade que as crianças absorvem linguagem como esponjas? Estudos mostraram que as …

Cientistas descobrem que as mantas gostam de socializar e de fazer amigos

Embora já tenham sido consideradas criaturas solitárias, um novo estudo descobriu que as mantas formam relações sociais e escolhem parceiros sociais. De acordo com o IFLScience, uma equipa de cientistas estudou mais de 500 grupos sociais …

Planta que não se reproduzia há 60 milhões de anos no Reino Unido revivida pelas alterações climáticas

Há 60 milhões de anos que as cicas não se reproduziam no Reino Unido. Agora, com a subida das temperaturas devido às alterações climáticas, fizeram-no pela primeira vez. As cicas são plantas lenhosas muito parecidas com …