Sócrates e Santos Silva financiaram a campanha de António Costa

(dr) SedeNacionalPartidoSocialista / Facebook

O secretário-geral do PS, António Costa

O secretário-geral do PS, António Costa

José Sócrates e o amigo Carlos Santos Silva, ambos em prisão preventiva no âmbito da Operação Marquês, financiaram a campanha de António Costa para as primárias do PS com um total de 12 mil euros.

Em declarações à revista Visão, o diretor financeiro da campanha, Agostinho Abade, facultou os valores exatos: José Sócrates terá contribuído com dois mil euros e Carlos Santos Silva com dez mil – “por indicação de Sócrates”, já que o ex-administrador do Grupo Lena não tinha ligação directa com a estrutura da campanha de António Costa, escreve a revista.

Os donativos terão sido efetuados através de transferências bancárias, e a revista afirma que o Ministério Público estará a tentar apurar a origem destas e outras movimentações de dinheiro dos dois arguidos.

Estes 12 mil euros cobrem quase na totalidade os 13 mil euros que António Costa tinha previsto no que toca aos donativos privados para as eleições primárias, dentro do seu orçamento de campanha de 163 mil euros.

De acordo com o jornal i, os relatórios com a justificação de receitas e gastos de campanha ainda não foram entregues à Comissão de Fiscalização Económica e Financeira do PS para serem integradas nas contas do partido, que foi o principal financiador das candidaturas (ao todo 300 mil euros).

O presidente da comissão socialista, Domingues Azevedo, afirmou ao i que o órgão a que preside “é o primeiro a responder pelas contas do partido” e que “não foi notificado para o que quer que fosse pelo DCIAP”.

ZAP

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. A ser verdade o alegado nesta notícia, o donativo no valor de 10 000€ não ultrapassa o valor máximo previsto na Lei n.º 19/2003, de 20 de junho (Financiamento dos Partidos Políticos e das Campanhas Eleitorais) com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 287/2003, de 12 de novembro (Declaração de Rectificação n.º 4/2004, de 9 de janeiro) Lei n.º 64-A/2008, de 31 de dezembro, Lei n.º 55/2010, de 24 de dezembro e Lei n.º 1/2013, de 3 de janeiro, já que “Os donativos de natureza pecuniária feitos por pessoas singulares identificadas estão sujeitos ao limite anual de 25 vezes o valor do IAS por doador e são obrigatoriamente titulados por cheque ou transferência bancária.
    25 X 419.22€ IAS (indexante dos apoios sociais) = 10480.5

    Declaração de interesses: Não pertenço a qualquer partido político, não sou apoiante do PS ou de António Costa.
    Estou FARTA de notícias deste tipo que “informam” de forma muito parcial e que são tendenciosas!!!

  2. Cara Manuela Magno
    Excelente a sua explicação técnica e legal mas não toca no aspecto mais importante. A questão aqui, aos olhos da lei, poderá ser a origem do dinheiro. Ou seja o Sr. Silva ou o Sr. Sócrates, em especial este último, pode ser investigado, como qualquer cidadão, através de uma comparação de gastos versus recebimentos. O Sr. Sócrates gastava balúrdios em Paris, fatos Armani, casas em Lisboa, motorista privado, carros, frequentava a melhor restauração de Paris, viagens em executiva. Agora financia partido em 2.000 + 10.000 euros.
    Para lhe dar um exemplo eu já fui chamado às finanças para explicar como comprei a minha casa!!! E fui lá e expliquei. O Sr. Sócrates bem que tentará explicar a origem dos milhões e nós cá iremos esperar calmamente que a justiça se pronuncie.
    Por último não acredito na sua declaração de interesses nem sequer vislumbro qq parcialidade na notícia. No fundamental o que é dito é que dois cidadãos abonaram para o Sr. Costa 12.000 euros. FACTO! Vê algum problema nisso?
    Declaração de interesses: Não pertenço a qualquer partido político, não sou apoiante do PS ou de António Costa pois ainda possuo alguma sanidade mental!

  3. Gaita… se isto é Política… eu quero voltar pará ilha…
    Se um pai, doa a um filho algum valor, terá que pagar impostos sobre isso.
    Se um cidadão anónimo compra alguma coisa, é chamado às finanças para demonstrar de onde obteve o rendimento.
    As “empresas a que chamamos partidos políticos” estão isentas de impostos?
    PIOR QUE AS BALAS DO INIMIGO… SÓ A ESTUPIDEZ DE UM POVO.
    Se certo gatuno nacional para semana decidir bater com a língua nos dentes, ou a Comissão de Inquérito, se cala, ou será que haverá cadeias que chegues para tantos políticos, à esquerda e direita.
    “CAMBADA DE GATUNOS E VIGARISTAS”
    Volte Dr Oliveira Salazar.

  4. Eu continuo a ver aqui uma sede sangue terrivel, tal é a ansia de desviar atenções,
    vejo tambem uma pressa tal de condenar em praça publica o que a justiça ainda não conseguiu explicar, pessoas que mentem descaradamente com a maior cara de pau e ouras que inventam mentiras tudo em prol da inveja e pequenez.
    Pois eu não sou filiado nem subjugado politico de ninguem, e enoja-me as posições tomadas por pseudo-proto-democratas.
    Lembro aqui que no tempo do Estado Novo tambem todas as instituições estavam a funcionar, assim como funcionavam muito bem no regime Nazi e no Estalinista funcionava muitissimo bem tambem.
    Se ler-mos os sermões de Antonio Vieira constataremos que a mesquinhez que nos assola agora é exactamente a mesma que constrangia as mentes evoluidas da época, pelo que somos a verificar que uma grande franja deste povo continua fisica e mentalmente corrupto como então.

  5. A onde é que este ex primeiro tinha um tostão antes de ter ido ao poder?
    Trabalho,págo impostos,tenho 3 filhos e sinto me achincalhado por ver que este camarada do náda aparece com 20 milhõesra porque sei que são 282 milhões 2º o ECONÓMICO isto é apenas a amost,que soares,Costa,Almeida sanTos,,e outros estão preocupados porque lhes vai tocar.Ora eu votar que é o único direito que tenho,nestes trastes nunca,São gente que não presta para governar, devem estar presos num campo de trabalhos forçados que infelizmente em Portugal ainda não existe.

  6. ser do )ps( ja e uma vergonha,porque entre socrates o costa ,mario soares ,e muitos outros sao uns corrutos de primeiro gabarito.dou razao ao passos coelho porque ele começo a governar com o pais no fundo e agora depois de muitos sacrificios nosso tamos outra vez por cima e como agora o (ps) ta a crer mostrar serviço ta a prometer tudo o que o povo quer ouvir ,assim e o povo /nao ve um palmo a frente fica cego com as promessas que vai ouvindo .se lembraren se ke portugal tava no nivel nen era do lixo ,tava abaixo de lixo na europa porque o portugues gosta de ser escravo ,poe isto portugal e considerado o pais dos banana deixo aki um apelo a todos /lembrem se como o partido sosialista deixo o pais a beira da bancarrota e olhem pra ele agora votem com um partido ke nos tirou da ruina ou entao votem no partido ke nos vai afundar novamente (ps) se o socrates eo amigo financiarem a campanha do costa e sinal ke e dinheiro sujo e ke kando pucharem fio a meada vai muitos mais para a cadeia se a nossa justiça fuciona e isto ke vai acontecer depois de serem apertados eles começam a falar e o medo de muitos ke tao a crer tirar socrates da cadeia por esta razao .so um cego e ke nao ve .

  7. Ainda somos um povo que “emprenha” pelos ouvidos e por isso preocupa-me o aparente “eruditismo” que se passeia por aqui com discursos de “engana tolos”

RESPONDER

Príncipe germânico foi enterrado com seis mulheres em redor de um caldeirão

Um cemitério pertencente a um senhor de alto estatuto foi descoberto na Saxónia-Anhalt, perto de Brücken-Hackpfüffel, numa escavação que os arqueólogos estão a descrever como a mais importante dos últimos 40 anos da história da …

Entre interrupções e insultos, Biden chama palhaço a Trump (e este põe em causa a sua sanidade mental)

Aconteceu ontem o primeiro de três debates, nos quais os candidatos republicano e democrata à Casa Branca - Donald Trump e Joe Biden - têm oportunidade de apresentar aos eleitores norte-americanos as suas propostas para …

Europa alarga restrições. Alemanha limita festas, Eslováquia em emergência e Itália não facilita

Os país europeus estão a anunciar novas medidas restritivas contra a covid-19, num altura em que o número de infeções voltou a aumentar e o inverno está a chegar. De acodo com o Diário de Notícias, …

Jogos da seleção com Espanha e Suécia vão ter adeptos nas bancadas

Os próximos jogos da seleção portuguesa frente à Espanha e à Suécia, no estádio Alvalade XXI, foram autorizados a receber público, revelou, esta terça-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "No jogo de preparação entre as …

Santos Silva rejeita apoio a Ana Gomes (e diz que polémica com embaixador dos EUA foi ultrapassada)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, falou, em entrevista à TVI24 esta terça-feira, sobre a aprovação do Orçamento de Estado para 2021 e as eleições presidenciais e desvalorizou a polémica com o embaixador …

Santa Clara-Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo entre o Santa Clara e o Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga, vai ter uma assistência de mil pessoas, sendo o primeiro jogo profissional da época a ter público no estádio …

Uma rara "anomalia climática" agravou a 1.ª Guerra e a gripe espanhola

Uma equipa de cientistas descobriu uma anomalia climática que ocorre uma vez em cada 100 anos durante a I Guerra Mundial, que provavelmente aumentou a mortalidade durante a guerra e a pandemia de gripe nos …

Marcelo defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse agora uma crise política

O Presidente da República defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse a criação de condições para uma crise política no atual contexto de crise sanitária e consequente crise económica. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu esta …

"Cada qual no seu lugar". Jerónimo avisa Marcelo que “tudo tem limites” nos poderes presidenciais

O secretário-geral do PCP avisou Marcelo Rebelo de Sousa que “tudo tem limites” quanto aos poderes presidenciais, face aos sucessivos apelos para a viabilização do Orçamento do Estado de 2021 pela esquerda ou pelo PSD. “Cada …

Ferro Rodrigues não aceita projeto de lei do Chega por inconstitucionalidade

O projeto de lei do Chega para limitar o cargo de primeiro-ministro e outros governantes apenas a portadores de nacionalidade portuguesa originária foi rejeitado pela Assembleia da República devido a inconstitucionalidade. O despacho do presidente da …