Sócrates terá recebido 40 envelopes com 1,2 milhões de euros

André Kosters / Lusa

O ex-primeiro-ministro José Sócrates

A acusação pública dá conta que foram monitorizadas 40 entregas de dinheiro vivo, guardado em envelopes, a José Sócrates, familiares e amigos próximos do ex-primeiro-ministro.

Esta sexta-feira, dia 9 de abril, o juiz Ivo Rosa anunciará a decisão instrutória que ditará quem vai a julgamento no âmbito da Operação Marquês, que tem como principal arguido o antigo primeiro-ministro José Sócrates.

Ao jornal Público, o seu advogado, Pedro Delille, disse que José Sócrates ainda não tinha decidido se ia estar presente no Campus da Justiça, em Lisboa, para a leitura da decisão instrutória.

Os arguidos não são obrigados a estar presentes, podendo ser representados pelos respetivos advogados. O matutino sabe que Hélder Bataglia, Zeinal Bava, José Paulo Bernardo Pinto de Sousa e Ricardo Salgado também não deverão estar presentes em tribunal. A leitura, que começa às 14h30, será transmitida em direto por vários canais de televisão.

A acusação pública, escreve o Correio da Manhã, dá conta que o Ministério Público monitorizou 40 entregas de dinheiro vivo, guardado em envelopes, a José Sócrates, familiares e amigos próximos. Os registos bancários estimam que o Sócrates recebeu um total de cerca de 1,2 milhões de euros.

Os pedidos de dinheiro correspondiam aos levantamentos feitos por Santos Silva das suas contas correntes, salienta o jornal. Os valores foram contabilizados através de vigilâncias e escutas.

A investigação do Ministério Público revela que várias pessoas encontraram-se com Santos Silva, a pedido de Sócrates, para receber o dinheiro. Desde o então deputado socialista André Figueiredo ao seu motorista pessoal, João Perna. Por telefone, os interlocutores chamavam “documentos” aos envelopes.

O Correio da Manhã dá o exemplo de entregas ocorridas em setembro de 2013, após José Sócrates ter ultrapassado o limite do seu cartão de crédito e de a sua ex-mulher, Sofia Fava, ter pedido dinheiro para fazer face a despesas em Paris.

O principal arguido da Operação Marquês, José Sócrates, apresentou um requerimento de abertura de instrução de apenas 12 páginas, concentrando-se em nulidades formais, escreve o Observador.

A defesa de Sócrates alega que, na primeira distribuição dos autos ao juiz Carlos Alexandre, se verificou uma manipulação e viciação das regras aplicáveis e que não se realizou qualquer sorteio mas sim uma distribuição manual.

Caso Ivo Rosa dê razão à defesa do político, todas as decisões tomadas pelo juiz Carlos Alexandre teriam de ser anuladas.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …