Seguro pede a Costa que diga algo de novo

Ricardo Oliveira, António José Seguro / Flickr

O líder do PS, António José Seguro

O líder do PS, António José Seguro

O candidato às primárias do PS António José Seguro sugeriu hoje ao seu adversário, António Costa, que diga “qualquer coisa de diferente e de novo” e não ande a repetir as suas ideias.

O líder socialista reagia a declarações de António Costa no encerramento da convenção “Mobilizar Portugal”, no sábado, em Aveiro, onde garantiu que “o PS pretende governar com uma maioria absoluta, porque é necessário estabilidade para criar um Governo forte, que permita fazer a mudança que é necessário fazer”.

“É curioso, porque, em abril do ano passado, no encerramento do congresso do PS, eu tive a oportunidade de dizer que essa é a ambição do PS”, afirmou António José Seguro, durante uma visita à Feira Regional de Oliveira do Hospital (ExpOH).

Por isso, deixou uma sugestão a António Costa: “Que não repita mais aquilo que eu tenho andado a dizer, nem aquilo que são as posições do PS e que diga qualquer coisa de diferente e de novo”.

António José Seguro escusou-se a comentar a crítica implícita que lhe fez o seu opositor ao afirmar que, se o PS quiser “ser só alternância”, basta ganhar “por poucochinho”.

“Quem se conforma em ganhar por poucochinho é porque está disposto, simplesmente, em fazer poucochinho”, tinha dito António Costa em Aveiro.

O líder socialista frisou que a sua responsabilidade é “trazer o PS das derrotas para as vitórias“, o que foi conseguido, e que o objetivo de ganhar as próximas eleições legislativas “se mantém intacto”.

“É nesse objetivo em que estamos concentrados, porque o país precisa de uma mudança de política, precisa de colocar o emprego e o crescimento económico no topo das prioridades”, defendeu.

Na sua opinião, é preciso dotar a economia portuguesa “de um motor, de um plano de reindustrialização” para os setores tradicionais, como o têxtil, o calçado ou os moldes.

A necessidade de reduzir as importações com a aposta na agricultura e também de apoiar “as start up e muitas empresas, sobretudo da nova geração de portugueses, que são empresas de base tecnológica”, foram outras medidas que apontou.

O secretário-geral do PS lamentou que muitos portugueses optem por emigrar, porque “não encontram em Portugal nenhuma oportunidade de emprego, de trabalho”.

“Aquilo que neste momento mais me revolta é que existam portugueses que tenham de sair do país porque não encontram aqui oportunidades de trabalho”, acrescentou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …

Rio diz ser preocupante "notória desvalorização" que PS faz do ministro das Finanças

O líder do PSD disse, esta sexta-feira, ser preocupante a "notória desvalorização" que o Governo tem feito do ministro da Finanças, apontando como exemplo as novas regras de contratação nas PPP. "Temos assistido nos últimos dias …

Morreu a indiana que foi queimada quando ia a caminho do tribunal

A suposta vítima de violação, que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal, morreu, esta sexta-feira, num hospital de Nova Deli. A mulher foi atacada por um grupo de homens na cidade de Unnao, no …

André Ventura avança com castração química para quem abusa de menores

André Ventura, líder e deputado único do partido Chega, entregou esta sexta-feira na Assembleia da República um projeto de lei que cria a pena acessória de castração química, agravando a moldura penal para os abusadores …

Centeno com apoios de peso para recandidatura ao Eurogrupo

Ao que tudo indica, o ministro das Finanças não deverá ter grande oposição em Bruxelas caso queira um segundo mandato como presidente do Eurogrupo. De Bruxelas chegam notícias de que Mário Centeno já terá apoios para …

Bruno Lage: "Respeito as opiniões, mas sou eu o treinador"

O Benfica venceu com uma goleada, esta sexta-feira, no terreno do Boavista (4-1) e aumentou provisoriamente para cinco pontos a vantagem sobre o FC Porto na liderança do campeonato. No final do jogo, o treinador do …