“Salvator Mundi” poderá não fazer parte da grande exposição do Louvre por dúvidas de autenticidade

Justin Lane / EPA

A pintura Salvator Mundi pode não vir a fazer parte da grande exposição de outubro do Museu do Louvre, em Paris, que comemorará os 500 anos do seu alegado autor, Leonardo da Vinci.

Em causa não estará, ao contrário do que se possa imaginar, o súbito desaparecimento da obra, cujo paredeiro se desconhece. O problema será a autenticidade do quadro, que levanta dúvidas entre os curadores do Louvre.

A revelação foi feita ao The Guardian pelo historiador de arte Ben Lewis, autor de The Last Leonardo, sobre a história do Salvator Mundi. O escritor, afirmou no festival literário de Hay, no País de Gales, que, segundo lhe contaram as suas fontes no museu parisiense, “não há muitos curadores no Louvre a acreditar” que a pintura foi feita por Leonardo.

Por essa razão, se esta for de facto incluída na exposição de outubro, como está previsto, terá de ser descrita como um trabalho da oficina do artista. Mas, segundo Lewis, é muito pouco provável que tal venha a acontecer.

“O dono não a pode emprestar”, afirmou o historiador, lembrando que o valor do Salvator Mundi desceria se não fosse apresentado como uma obra de Leonardo da Vinci.

Apesar das aparentes dúvidas dos curadores do Louvre de Paris, alguns dos principais especialistas na obra de Leonardo da Vinci não hesitam em considerar a pintura verdadeira. É esta a opinião de Martin Kemp, da Universidade de Oxford, e de Frank Zöllner, autor do mais completo livro sobre as obras do artista florentino.

Zöllner já havido declarado que o Salvator Mundi foi certamente desenhado “por Leonardo, executada pela sua oficina e possivelmente retrabalhada por si”. Sobre o seu súbito desaparecimento, o especialista alemão defendeu que tudo não passava de “uma campanha de desinformação para tornar o quadro ainda mais interessante”.

A pintura, que se acredita ter sido executada total ou parcialmente por Da Vinci, foi vendida por um valor recorde de 400 milhões de euros em 2017. Depois de esta ter sido comprada por Bader bin Abdullah bin Mohammed bin Farhan al-Saud, parente afastado da família real da Arábia Saudita, foi anunciado que a pintura de Cristo seria a estrela do novo Louvre de Abu Dhabi, que abriu portas em novembro desse ano.

Apesar de se acreditar que Leonardo da Vinci esteve envolvido na produção do quadro, vários especialistas continuam a questionar e a pôr em causa a sua autoria, que chegou a ser atribuída a Bernardo Luini, que fazia parte do círculo do pintor florentino. Esta teoria voltou a ser defendida muito recentemente pelo historiador de arte Matthew Landrus.

A exposição organizada pelo Louvre para celebrar os 500 anos do nascimento de Leonardo está agendada para outubro. A data que foi avançada pela instituição parisiense é 24 de outubro, sendo que, se tudo correr como planeado, poderá ser visitada até 24 de fevereiro do próximo ano.

Até lá, o museu espera conseguir reunir o maior número de obras do artista possível, de modo a apresentar uma “retrospetiva sem precedentes da carreira de pintor” de Leonardo da Vinci. Esta “ilustrará como ele dava a maior importância à pintura e como a sua investigação do mundo, à qual ele se referia como a ciência da pintura era o instrumento da sua arte, que tinha por objetivo nada mais do que dar vida às suas pinturas”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo sugere que os macacos podem ter-se domesticado como os humanos

Um novo estudo sugere que os macacos, tal como os humanos, podem envolver-se no processo de auto-domesticação, alterando o curso da sua própria evolução e fisiologia através da forma como se comportam uns com os …

A estrela morta que emitiu ondas de rádio no interior da Via Láctea voltou a fazê-lo

O magnetar SGR 1935+2154, que em abril emitiu a primeira explosão de rádio conhecida de dentro da Via Láctea, explodiu mais uma vez. A pequena estrela morta responsável pela primeira deteção de explosões rápidas de rádio …

"Asteróide do caos". Novos dados confirmam que Apophis pode impactar com a Terra em 2068

Um astrónomo do Instituto de Astronomia da Universidade do Havai revelou novas descobertas críticas relacionadas com um grande asteróide que deverá passar muito perto da Terra. Dave Tholen e os seus colaboradores anunciaram a deteção da …

Luís Filipe Vieira reeleito com 62,59% dos votos

Luís Filipe Vieira foi reeleito para um sexto mandato como presidente do SL Benfica, com 62,59% dos votos dos sócios. Vieira está à frente do emblema da Luz desde 2003. Nem a pandemia travou os sócios …

Sporting 3-1 Gil Vicente | “Pote” de ouro na recta final

Sofrimento e alívio. O Sporting esteve a perder em casa por 1-0 com o Gil Vicente até aos 82 minutos, mas deu a volta ao marcador num curto espaço de tempo, acabando por fixar o …

Descoberto na Austrália recife de coral mais alto do que o Empire State Building

Um novo recife "maciço" de 500 metros foi descoberto na Grande Barreira de Corais da Austrália, tornando-o mais alto do que alguns dos arranha-céus mais altos do mundo. Os cientistas encontraram o recife separado - o …

Encontrados restos de ossos e madeira em pregos que terão sido usados na crucificação de Jesus

Um geólogo israelita analisou pregos supostamente associados à crucificação de Jesus Cristo e descobriu que os objetos contêm traços de osso e madeira. Em 1990, durante a escavação em Jerusalém do túmulo de Caifás, o sumo …

Oreo construiu um "Cofre do Apocalipse" para proteger as suas famosas bolachas

Depois do Svalbard Global Seed Vault, que guarda mais de um milhão de amostras de sementes num bunker, e o Arctic World Archive, que preserva os dados do mundo de hoje, a Oreo criou um "Cofre do …

"O Palmeiras sabe quem é o Abel?" - as dúvidas no Brasil, parte II

Abel Ferreira deverá ser confirmado como novo treinador do Palmeiras nesta sexta-feira. No Brasil voltam a surgir questões sobre as contratações de técnicos estrangeiros. Lembra-se de Marco de Vargas, o jornalista da FOX Brasil que não …

Guru de seita de escravas sexuais condenado a 120 anos de prisão

O guru de uma seita de escravas sexuais, conhecida como NXIVM, foi condenado a 120 anos de prisão. Foi considerado culpado de obrigar mulheres a fazer sexo com ele. Keith Raniere, guru da seita de escravas …