Leonardo da Vinci pode ter sofrido de défice de atenção e hiperatividade

Mido / Wikimedia

Leonardo da Vinci

O génio renascentista Leonardo da Vinci, que morreu há 500 anos, poderá ter sofrido de Síndrome de Défice de Atenção e Hiperatividade, doença que pode explicar a sua incapacidade de terminar projetos.

Esta é a conclusão de um novo estudo, cujos resultados foram esta quinta-feira publicados na revista científica especializada Brain.

Além de ser uma possível explicação para o adiamento de ações do artista e inventor, a Síndrome de Défice de Atenção e Hiperatividade pode ainda justificar a sua criatividade, segundo o investigador Marco Catani, do King’s College London, no Reino Unido.

“Estou convencido de que a Síndrome de Défice de Atenção e Hiperatividade é a hipótese mais plausível para explicar a dificuldade de Leonardo em acabar os projetos”, afirmou, citado em comunicado pela instituição britânica.

De acordo com o investigador, “registos históricos revelam que Leonardo passava imenso tempo a planear projetos, mas tinha falta de perseverança“.

A Síndrome de Défice de Atenção e Hiperatividade é uma perturbação do comportamento que se caracteriza, nomeadamente, por incapacidade em terminar tarefas, dispersão de pensamento e inquietação. Apesar de a doença estar identificada em crianças, o seu diagnóstico tem vindo a aumentar entre os adultos, incluindo estudantes universitários e pessoas com carreiras de sucesso, refere o comunicado do King’s College London.

Catani espera que o legado de Da Vinci possa mudar o estigma associado à Síndrome de Défice de Atenção e Hiperatividade. “O caso de Leonardo mostra que a Síndrome de Défice de Atenção e Hiperatividade não está ligada a um Quociente de Inteligência baixo ou à falta de criatividade, mas à dificuldade em capitalizar talentos naturais”.

Uma outra publicação, divulgada no início de maio na revista académica da Real Sociedade de Medicina Britânica, sugeria que o pintor pode ter sofrido uma paralisia na mão após um acidente, o que o teria impedido de concluir algumas das suas obras, como Mona Lisa.

A alegação foi feita pelos médicos italianos, Davide Lazzeri e Carlo Rossi, que analisaram a representação da mão direita de Da Vinci em duas obras de arte. Pelas imagens, os especialistas diagnosticaram paralisia ulnar, ou “mão em garra“, e sugeriram que o estado da mão do artista pode ter sido causado por um desmaio.

Leonardo da Vinci, inventor, artista, engenheiro mecânico e cientista multifacetado italiano, morreu em 02 de maio de 1519, em Amboise, França, aos 67 anos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Polícias saem à rua para reivindicar promessas do Governo. Chega e mais seis partidos vão ao protesto

Elementos das forças de segurança (PSP e GNR) manifestam-se esta quinta-feira, em Lisboa, para pressionarem o novo Governo a cumprir as reivindicações da classe e as promessas do anterior Executivo. Sob o lema “tolerância zero”, a …

Homens ficam mais stressados quando esposas ganham quase tanto como eles

https://vimeo.com/374392301 Um novo estudo sugere que o homem fica mais stressado quando a mulher ganha mais do que 40% do rendimento do casal. Em sentido contrário, ficam menos ansiosos quando a esposa ganha menos do que …

Estratégia Nacional para Sem-Abrigo prevê que ninguém fique na rua mais de 24 horas

A atual Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo está assente num modelo de intervenção em que ninguém fique na rua por mais de 24 horas e um conhecimento permanente do …

Protesto nacional de quinta-feira na Colômbia leva governo a encerrar fronteiras

A Colômbia é esta quinta-feira palco de um protesto nacional convocado por sindicatos e movimentos sociais, que levou as autoridades a adotarem várias medidas preventivas, designadamente o encerramento das fronteiras. O objetivo do Governo é assegurar …

Na Austrália, há cobras que saltam (e os cientistas querem saber porquê)

Cientistas da Virgínia, no Estados Unidos, descobriram na Austrália uma espécie de cobra comum das árvores que é capaz de saltar entre galhos e folhas. Tratam-de das cobras de árvores australianas da espécie Dendrelaphis, espécimes …

Entomólogo diz que há "abelhas" em Marte (e tem provas)

Enquanto os cientistas tentam encontrar vida em Marte com experiências no terreno, como a sonda Curiosity, o entomólogo William Romoser, professor emérito na Universidade do Ohio, nos Estados Unidos, afirma que já temos provas da …

Luas de Neptuno dançam de forma única e perpétua

De acordo com uma investigação publicada recentemente, mesmo para os padrões selvagens do Sistema Solar exterior, as órbitas estranhas das duas luas mais interiores de Neptuno não têm rival. Especialistas em dinâmica orbital estão a chamar …

O Senhor dos Anéis. Série já tem segunda temporada garantida (e a primeira ainda nem estreou)

A primeira temporada da série de O Senhor dos Anéis, produzida pela Amazon Prime, ainda nem estreou e a sua segunda temporada já está confirmada. A declaração foi feita por Jennifer Salke, da Amazon Studios, ao …

John Legend atua em julho no festival EDP Cool Jazz

O músico norte-americano, responsável por temas como "All of me" e "Ordinary People", regressa a Portugal, em julho, para um concerto no festival EDP Cool Jazz, em Cascais. John Legend atua a 3 de julho no …

Cruzeiro de luxo que rumava à Antártida está retido há quase 20 dias devido a uma dívida milionária

Um cruzeiro de luxo que rumava à Antártida está retido há quase 20 dias em Buenos Aires, na Argentina, devido a uma dívida milionária.  Trata-se do cruzeiro turísitico RCGS Resolute que pertence à empresa do Canadá …