Salgado acrescenta nova versão sobre pagamentos a Zeinal Bava

Manuel De Almeida / Lusa

Ricardo Salgado , ex-presidente do BES, à saída do Tribunal Central de Instrução Criminal

O antigo presidente do Banco Espírito Santo (BES) Ricardo Salgado apresentou ao juiz de instrução criminal da Operação Marquês Ivo Rosa uma nova versão sobre os pagamentos feitos ao então presidente da PT Zeinal Bava. 

De acordo com o jornal Observador, que avança a notícia esta terça-feira, Salgado disse que a transferência de 6,7 milhões de euros feita em dezembro de 2007 visava financiar a entrada de Bava no capital da PT, que era na altura a maior empresa portuguesa.

Anteriormente, recorda o diário, o banqueiro tinha dito que as transferências para Bava tinham como objetivo convencê-lo a não se transferir para a concorrência depois de ter ido para o Brasil em 2013 para liderar a operadora Oi em representação da PT.

Estes 6,7 milhões de euros fazem parte de uma de três tranches que foram transferidas entre 2007 e 2011 para Bava. Ao todo, o antigo líder da PT recebeu 25,2 milhões de euros do Grupo Espírito Santo. O primeiro pagamento foi de 6,7 milhões (2007), o segundo de 8,5 milhões (2010) e o terceiro de 10 milhões (2011).

Durante a audição desta segunda-feira, Ricardo Salgado explicou pela primeira vez a primeira tranche transferida, alegando que quando foi constituído arguido, em janeiro de 2007, não se lembrava o pagamento em causa tivesse sido feito.

Perante Ivo Rosa, escreve ainda o Observador, Salgado negou que receasse vir a ser envolvido em investigações criminais por ter feito transferências para Bava. “Isso foram adiantamentos de pagamentos fiduciários”, afirmou. Na prática, os fundos pertenciam ao GES mas estavam à guarda de Bava numa conta bancária propositadamente aberta para o efeito na Union des Banque Suisses (UBS), em Singapura, em nome de uma sociedade offshore controlada pelo gestor da PT.

Quando Salgado foi constituído arguido, em janeiro de 2017, ligou as transferências de 18,5 milhões de euros à ida de Zeinal Bava ao Brasil. Agora, alterou a versão, dizendo que a transferência de 6,7 milhões de euros realizada nada tem a ver com a ida de Bava para o Brasil. Essa transferência visava sim garantir que Bava continuava na PT ao financiar a entrada de Bava no capital da empresa.

Esta mesma versão foi apresentava por Bava quando foi ouvido há cerca de duas semanas. O antigo líder da PT disse a Ivo Rosa que queria ser um acionista de revelo da PT, pretensão que transmitiu a Salgado, que se disponibilizou, segundo contou, para lhe emprestar o dinheiro. “Todo o dinheiro utilizado serviu para comprar ações da empresa”.

Salgado revelou ainda que Bava queria um valor a rondar os 15 milhões de euros mas o ex-líder do BES disse-lhe que a disponibilidade daquele momento apenas permitiria transferir um valor entre 5 e os 7 milhões de euros.

À saída do tribunal, Salgado garantiu ontem que foi chamado para falar sobre estas transferências, dizendo não ter sido interrogado sobre José Sócrates. Após o interrogatório, que durou cerca de uma hora e meia, o antigo banqueiro disse ainda que “não há discrepâncias”  entre o seu depoimento e o de Bava.

Nunca na minha vida corrompi ninguém”, afirmou à saída, citado pela agência Lusa.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Ricardo tem sérios problemas de memória. Há um tempo esqueceu-se de declarar uma prenda de 14 milhões. Agora afinal lembou-se da “verdadeira” razão pela qual fez estas transferências. Como contribuinte sinto-me “encornado” com tamanhas e tão frequentes faltas de memória…

RESPONDER

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …

Miguel Guimarães reeleito bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, foi eleito esta quinta-feira para um segundo mandato, com 93% dos votos. De acordo com os resultados provisórios avançados pela Ordem, estando contados 16.723 votos, Miguel Guimarães foi …

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …

Detidos cinco suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano em Bragança

A Polícia Judiciária anunciou, esta sexta-feira, que foram detidos cinco homens, suspeitos de estarem envolvidos na morte do estudante cabo-verdiano, em Bragança. A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, em comunicado, que procedeu, esta quinta-feira, a "buscas domiciliárias, …

Cláudio Monteiro renuncia a cargo de juiz do Tribunal Constitucional

O juiz renunciou ao mandato do Tribunal Constitucional por ter sido, entretanto, nomeado Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal. O juiz Cláudio Monteiro renunciou, esta quinta-feira, ao mandato de juiz do Tribunal Constitucional (TC), de acordo com …

Proposta do BE sobre IVA da energia vai ser rejeitada pelo Governo, revela PS

Uma proposta do Bloco de Esquerda (BE) para reduzir o IVA sobre a eletricidade e o gás natural, sem impacto no Orçamento de Estado para 2020, vai ser rejeitada pelo Governo, por não corresponder à sua …

Petição quer enfermeiros como profissão de desgaste rápido e subsídio de risco. 2.500 já assinaram

Mais de 2.500 pessoas já assinaram uma petição online que defende a atribuição do estatuto de profissão de desgaste rápido aos enfermeiros, bem como a atribuição de um subsídio de risco. No texto, os promotores defendem …