Rui Pinto desencriptou discos rígidos a troco de imunidade

Rui Pinto / Twitter

Hacker Rui Pinto

Rui Pinto chegou a um acordo com o Ministério Público e aceitou desencriptar discos rígidos a troco de imunidade. Assim, o jovem português não pode ser julgado pelo conteúdo dos discos.

Rui Pinto aceitou desencriptar os discos rígidos que a Polícia Judiciária não estava a conseguir descodificar. Em troca, o whistleblower português recebe imunidade de qualquer informação que esteja nos discos rígidos e que possa ser usada contra ele, escreve a Sábado.

Uma vez que o material foi obtido de forma ilícita, nunca poderá ser utilizado como prova nas investigações, servindo apenas como informação para as autoridades. Agora, o próprio pirata informático está imune ao conteúdo dos discos rígidos após ter chegado a acordo com o Ministério Público.

Assim, Rui Pinto conseguiu também a libertação da prisão preventiva em que esteve durante mais de um ano.

Existe a hipóteses de o acordo com o MP ser contestado em tribunal, já que a lei portuguesa não prevê recompensas de uma eventual cooperação com as autoridades. A revista Sábado escreve que os advogados do SL Benfica, por exemplo, estão atentos e vão averiguar a legalidade do acordo.

O pirata informático vai ser julgado um crime de tentativa de extorsão, seis de acesso ilegítimo, 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência e um de sabotagem informática. Em abril, acordou com as autoridades ceder as senhas para os discos rígidos. Nestes, há informação que originou o ‘Football Leaks’ e divulgações do ‘Luanda Leaks’.

Atualmente tem colaborado com as autoridades em várias investigações, concordando não voltar a praticar os crimes e não revelar as senhas dos sistemas. A cooperação levou à suspensão de cinco inquéritos abertos contra o jovem hacker.

Esta quarta-feira, Rui Pinto fez uma publicação no Twitter, na qual defendeu a utilização de dados resultantes de fugas de informação como prova em processos relacionados com crimes fiscais.

“Será que os nossos vizinhos espanhóis deixaram de ser um Estado de Direito, por utilizarem a Lista Falciani como meio prova?”, questionou Rui Pinto.

Rui Pinto procedeu a citar um acórdão do Tribunal Constitucional Espanhol, que considerou sem efeito o recurso de um empresário condenado por evasão fiscal num processo relacionado com informações divulgadas por Hervé Falciani, que fez chegar às autoridades uma lista de clientes do banco suíço HSBC com registos de cerca de 130 mil contas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ou é burro(a) ou fazes parte da pandilha que explora e faz de marionetes uma boa parte da nossa população, criando ou permitindo que outros ainda mais poderosos criem situações e/ou pseudo-realidades que nos agrilhoarão cada vez mais (alta probabilidade que nem percebas do que aqui estarei a falar, tal probreza de espírito é a tua). De qualquer maneira, aposto que fazes parte do primeiro tipo (de 2), dos que referi antes, o dos burros, ma fazendo o jogo dos poderosos e xico-espertos.

    Pelos vistos defendes que todos os visados nas informações coletadas pelo hacker, sejam tornadas irrelevantes, e apenas dada relevância ao ato de hacker praticada pelo dito Rui Pinto. Quem vai por aí, certamente não está a defender o aperfeiçoamento do estado de direito para todos, mas o do direito que foi produzido e que melhor serve os poderosos e xico-espertos. Será que ainda não percebeste que os alvos deste hacker apenas alvejaram ações ilícitas praticadas por elementos influentes e capazes de produzir efeitos mais nefastos, e não os de pessoas a fazerem ações incorretas ou ilícitas como as de roubas uma laranja ou ir à horta para ter mais de comer ou poder pagar a escola do filho?
    Vê se te enxergas. Educa-te competentemente, aprende a ver e ser imparcial, informando-te melhor, e sim, só depois os teus ditos poderão ser uma mais valia de informação para as pessoas de bem.

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …