Rui Pinto desencriptou discos rígidos a troco de imunidade

Rui Pinto / Twitter

Hacker Rui Pinto

Rui Pinto chegou a um acordo com o Ministério Público e aceitou desencriptar discos rígidos a troco de imunidade. Assim, o jovem português não pode ser julgado pelo conteúdo dos discos.

Rui Pinto aceitou desencriptar os discos rígidos que a Polícia Judiciária não estava a conseguir descodificar. Em troca, o whistleblower português recebe imunidade de qualquer informação que esteja nos discos rígidos e que possa ser usada contra ele, escreve a Sábado.

Uma vez que o material foi obtido de forma ilícita, nunca poderá ser utilizado como prova nas investigações, servindo apenas como informação para as autoridades. Agora, o próprio pirata informático está imune ao conteúdo dos discos rígidos após ter chegado a acordo com o Ministério Público.

Assim, Rui Pinto conseguiu também a libertação da prisão preventiva em que esteve durante mais de um ano.

Existe a hipóteses de o acordo com o MP ser contestado em tribunal, já que a lei portuguesa não prevê recompensas de uma eventual cooperação com as autoridades. A revista Sábado escreve que os advogados do SL Benfica, por exemplo, estão atentos e vão averiguar a legalidade do acordo.

O pirata informático vai ser julgado um crime de tentativa de extorsão, seis de acesso ilegítimo, 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência e um de sabotagem informática. Em abril, acordou com as autoridades ceder as senhas para os discos rígidos. Nestes, há informação que originou o ‘Football Leaks’ e divulgações do ‘Luanda Leaks’.

Atualmente tem colaborado com as autoridades em várias investigações, concordando não voltar a praticar os crimes e não revelar as senhas dos sistemas. A cooperação levou à suspensão de cinco inquéritos abertos contra o jovem hacker.

Esta quarta-feira, Rui Pinto fez uma publicação no Twitter, na qual defendeu a utilização de dados resultantes de fugas de informação como prova em processos relacionados com crimes fiscais.

“Será que os nossos vizinhos espanhóis deixaram de ser um Estado de Direito, por utilizarem a Lista Falciani como meio prova?”, questionou Rui Pinto.

Rui Pinto procedeu a citar um acórdão do Tribunal Constitucional Espanhol, que considerou sem efeito o recurso de um empresário condenado por evasão fiscal num processo relacionado com informações divulgadas por Hervé Falciani, que fez chegar às autoridades uma lista de clientes do banco suíço HSBC com registos de cerca de 130 mil contas.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ou é burro(a) ou fazes parte da pandilha que explora e faz de marionetes uma boa parte da nossa população, criando ou permitindo que outros ainda mais poderosos criem situações e/ou pseudo-realidades que nos agrilhoarão cada vez mais (alta probabilidade que nem percebas do que aqui estarei a falar, tal probreza de espírito é a tua). De qualquer maneira, aposto que fazes parte do primeiro tipo (de 2), dos que referi antes, o dos burros, ma fazendo o jogo dos poderosos e xico-espertos.

    Pelos vistos defendes que todos os visados nas informações coletadas pelo hacker, sejam tornadas irrelevantes, e apenas dada relevância ao ato de hacker praticada pelo dito Rui Pinto. Quem vai por aí, certamente não está a defender o aperfeiçoamento do estado de direito para todos, mas o do direito que foi produzido e que melhor serve os poderosos e xico-espertos. Será que ainda não percebeste que os alvos deste hacker apenas alvejaram ações ilícitas praticadas por elementos influentes e capazes de produzir efeitos mais nefastos, e não os de pessoas a fazerem ações incorretas ou ilícitas como as de roubas uma laranja ou ir à horta para ter mais de comer ou poder pagar a escola do filho?
    Vê se te enxergas. Educa-te competentemente, aprende a ver e ser imparcial, informando-te melhor, e sim, só depois os teus ditos poderão ser uma mais valia de informação para as pessoas de bem.

RESPONDER

Rui Pinto fala em "tortura psicológica na prisão" (e critica António Costa)

O alegado pirata informático Rui Pinto criticou este domingo o primeiro-ministro António Costa no Twitter, acusando-o de desvalorizar “as questões de Estado de direito” . Numa mensagem publicada no Twitter, Rui Pinto acusou António Costa de …

Polónia avisa que mecanismo de condicionalidade pode ser usado contra Portugal

O Governo polaco avisou esta segunda-feira que o mecanismo de condicionalidade do pacote financeiro europeu, que vincula a distribuição de fundos ao Estado de Direito, poderia também ser usado no futuro contra Portugal, Espanha ou …

Apesar do apelo das autoridades, centenas de pessoas saíram à rua para fazer a festa em Guimarães

Foram muitos os nicolinos que se juntaram, na manhã deste domingo, no Centro Histórico de Guimarães. O típico cortejo do Pinheiro deveria ter-se realizado ontem à noite mas devido às restrições aplicadas no âmbito do …

"Ainda tem muito a oferecer". Poiares Maduro vê Passos a suceder a Ursula von der Leyen na Comissão Europeia

Miguel Poiares Maduro, ex-ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, disse, em entrevista à TSF, que Pedro Passos Coelho "tem qualidades políticas que lhe permitem aspirar a qualquer cargo político em Portugal". Em entrevista à TSF, o …

"Ou o Governo nos recebe ou levam-nos de ambulância ou caixão". Ljubomir e mais 8 em greve de fome

Nove elementos do movimento "A pão e a água" estão em greve de fome desde a passada sexta-feira, 27 de Novembro. São empresários da restauração e da animação nocturna, entre os quais se encontra o …

Bombeiros "em falência" exigem que Estado pague dívidas de 44 milhões de euros

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, diz que as corporações de bombeiros estão "em falência técnica" e reclama ao Estado o pagamento de 44 milhões de euros em dívidas. A Liga dos …

Médico de Maradona investigado por suspeitas de homicídio por negligência

O médico de Diego Maradona está sob investigação por suspeitas de homicídio por negligência. Leopoldo Luque desmente e diz que não tem nada a esconder. A casa e o consultório do médico de Diego Maradona, em …

Sporting acusado de pagar mais por Mattheus Oliveira para influenciar resultado

A Procuradoria-Geral da República está a investigar a transferência de Mattheus Oliveira, do Estoril para o Sporting CP, em 2017. Há suspeitas de influência de resultados. A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias, que esclarece …

BPP apresenta novas provas de alegado desvio de 11,6 milhões. João Rendeiro é um dos acusados

O Banco Privado Português alega que tem novas provas sobre como é que 11,6 milhões de euros do banco foram parar à esfera pessoal de João Rendeiro, Salvador Fezas Vital, António Guichard Alves e Fernando …

Fórmula 1. Grosjean sobreviveu a acidente aparatoso e bem pode agradecer ao "halo"

Romain Grosjean escapou com vida a um acidente que podia ter sido fatal. O piloto francês pode agradecer ao halo, um dispositivo de segurança que foi bastante criticado na altura da sua implementação. Logo na primeira …