Revelados os indícios de crime que deixaram Sócrates exaltado e agressivo

Mário Cruz / Lusa

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates.

Desmentiu tudo, exaltou-se e chegou a ser agressivo com os investigadores da “Operação Marquês”, acusando-os de “delírio”. Assim descreve a Sábado a postura de José Sócrates no último interrogatório a que foi sujeito e onde foi confrontado com os indícios que há contra ele.

A revista Sábado teve acesso ao despacho de indiciação do Ministério Público (MP) com que Sócrates foi confrontado, durante o interrogatório do passado 13 de Março.

Na sua edição desta quinta-feira, a publicação revela o conteúdo do documento com 105 páginas, onde 103 incluem os indícios de crime imputados a Sócrates que deverão ser usados contra ele, aquando da formulação da acusação.

Os procuradores Rosário Teixeira, Filipe Preces e Filipe Costa, e o inspector das Finanças Paulo Silva terão confrontado Sócrates com esses indícios, acusando-o de ter escondido “luvas” pagas pelo Grupo Lena, pelo Grupo Espírito Santo e pelos responsáveis do Empreendimento Vale do Lobo, no Algarve.

Durante um interrogatório de cinco horas e meia, Sócrates exaltou-se em muitas ocasiões, chegou a “levantar a voz” e a ser “agressivo” para com os inquiridores, negando todos os indícios, conforme relata a Sábado.

O ex-primeiro-ministro acusou os investigadores do MP de puro delírio, argumentando que as insinuações contra ele são “falsas e mentirosas”, segundo nota a publicação.

127 entregas em dinheiro

No despacho a que a Sábado teve acesso, há novos dados sobre as entregas em dinheiro que Santos Silva terá feito a Sócrates. Em vez das 40 entregas em dinheiro vivo citadas inicialmente, o MP defende agora, que foram “pelo menos” 127.

Santos Silva terá feito 127 levantamentos bancários de dinheiro vivo, num total de 993 mil euros, “todos eles ocorridos na sequência de solicitação do arguido José Sócrates e/ou realizados no interesse deste”, defende o MP.

Os investigadores notam que os levantamentos começaram em Dezembro de 2010, quando Sócrates ainda era primeiro-ministro, e que as entregas eram feitas em envelopes em quantias entre os 10 mil e os 100 mil euros.

As despesas pagas pelo amigo de Sócrates

Além disso, Santos Silva também terá pago várias despesas de Sócrates, desde viagens e férias, passando por gastos com a casa e dentistas, até obras de arte.

No despacho, enunciam-se essas despesas, sendo que algumas delas são as seguintes, segundo cita a Sábado:

– 2,8 milhões de euros na compra de apartamento em Paris;
– 480 mil euros em obras e arquitectos no apartamento em Paris;
– 428 mil euros em viagens e alojamentos;
– 334 mil euros em honorários pagos à ex-mulher Sofia Fava;
– 200 mil euros em obras de arte;
– 173 mil euros em pagamentos a João Perna, motorista de Sócrates;
– 143 mil euros em férias com a ex-namorada Fernanda Câncio em Menorca (Espanha, 2008), em Veneza (2008/2009) e em Formentera (Espanha, 2014);
– 114 mil euros em exemplares do livro “A Confiança do Mundo” que foi escrito por Sócrates;
– 98 mil euros pagos a Ana Bessa, mulher do ex-ministro Pedro Silva Pereira;
– 95 mil euros a Domingos Farinho que terá ajudado Sócrates a escrever o livro “A Confiança do Mundo”;
– 92 mil euros em mobiliário e despesas de condomínio do apartamento de Paris;
– 92 mil euros pagos a Sandra Santos, amiga de Sócrates;
– 80 mil euros pagos ao blogger António Peixoto por, alegadamente, ter defendido Sócrates na Internet;
– 58 mil euros em viagens e gastos de alojamento de Sócrates;
– 37 mil euros com o funeral do irmão de Sócrates, António Pinto de Sousa;
– 6 mil euros em consultas em dentistas de Sócrates e seus familiares;

O MP argumenta que alguns destes pagamentos foram combinados telefonicamente e com recurso a palavras em código, onde ficaria patente que o tom de Sócrates não era o de quem pedia dinheiro ao amigo, mas antes, o de quem dava ordens.

Suspeitas desde o caso Freeport

O MP alega, de forma resumida, que Sócrates interveio ilegalmente em negócios, que escondeu rendimentos através de “testas-de-ferro”, que usou a sua influência para beneficiar o Grupo Lena em obras no estrangeiro, que falsificou um contrato de arrendamento de um apartamento em Paris e que forjou informação em documentos de adesão ao perdão fiscal de 2010, no âmbito do dinheiro recuperado para Portugal de contas de Carlos Santos Silva na Suíça.

Numa dessas contas no UBS da Suíça, registada no nome da offshore Belino Foundation, estaria previsto que, no caso de Santos Silva morrer, 80% do saldo deveria ser entregue a José Paulo Pinto de Sousa, o primo de Sócrates.

O MP acredita assim, que o primo e o amigo seriam ambos “testas-de-ferro” do ex-primeiro-ministro.

Os investigadores da Operação Marquês também acreditam que Sócrates já recebia contrapartidas ilegais aquando das investigações dos casos Freeport e Face Oculta, ou seja, desde 2004, altura em que arrancou o primeiro processo. Após a chegada destes casos à comunicação social, Sócrates terá passado a ser mais cauteloso, argumenta o MP.

ZAP //

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

    • O crime teima em não aparecer.
      Um tal “Homem Justo” que diz trabalhar nos serviços financeiros dos tribunais mandou uma mensagem a dizer que a magistratura já terá gasto mais de cinco milhões de euros com a investigação Marquês.
      Mandaram procuradores a Paris onde investigaram tudo e foram aos restaurantes frequentados pelo Ex-PM, pediram certidões da Conservatória Predial francesa e contataram bancos, etc. Também foram à Suíça, ao Luxemburgo, ao Reino Unido, à Venezuela, ao Brasil, a Angola, à Argélia, às Ilhas Virgens e a quase todos os offshores das Caraíbas. .
      Para além disso contrataram revisores de contas para analisar todas as despesas do gabinete de Sócrates, enquanto PM, e todas as compras e obras feitas pelo Estado.
      O “Homem Justo” diz que, apesar de terem gasto muito dinheiro em viagens e contratos, faltam ainda faturas para cobrir todas as despesas feitas pela magistratura.
      Mesmo assim, não descobriram nada de relevo, exceto uns pequenos empréstimos do amigo Santos Silva da ordem de poucos milhares de euros, o que seria irrelevante numa sala de tribunal sem qualquer coisa mais. Por: Dieter Dellinger.

  1. Isto está cada vez mais ridículo. O prazo foi prolongado de forma indefinida, mas… existem ainda mais indícios de crime! Mas estamos a brincar? E… ninguém reparou mas no início deste texto diz: “A revista Sábado teve acesso ao despacho de indiciação do Ministério Público (MP) com que Sócrates foi confrontado, durante o interrogatório do passado 13 de Março.”. Quando um processo está em investigação (ainda não há provas e, por isso não há julgamento) TUDO está em SEGREDO de JUSTIÇA!!! Então como é que a “evista Sábado teve acesso ao despacho”? Toda a gente fala da corrupção do Sócrates (e continua a não haver provas) e ninguém fala da corrupção da imprensa! Não me venham dizer que foi uma fuga de informação… Este “acesso” a informação que pode prejudicar o processo (a favor ou contra) foi conseguida como? Foi oferecida? E, mesmo que tenha sido oferecida, não é isto um acto criminoso (quebra de sigilo)? Aaaaa-cooooor-DAAAAAAIIIIIIII!!!!!

  2. Impressionante que ainda existe povo que gosta de ser roubado à descarada e ainda defendem os ladrões. Povo burro!!!

  3. A justiça sabe que Dias Loureiro e Oliveira Costa praticaram corrupção, mas arquivaram os processos por deficiência na acusação.
    Com Sócrates a justiça também vai falhar. Ou por prescrição dos factos, ou porque os investigadores se enrolaram num mega processo, com dezenas de arguidos, com milhões de documentos (!!!), onde as acusações continuam mal fundamentadas. Ninguém explica porque não fragmentaram a acusação em casos individuais. Para quê misturar, o Processo Marques com BES, com PT, com Angola, com Octapharma, com a CGD… ? É a receita do “tudo ao molho e fé em Deus” e a montanha a parir um rato.

    A nossa justiça não está preparada para julgar bandidos VIP. São rápidos com os pés rapados que roubam um pão no supermercado.

  4. Confesso que acho uma certa piada á notícia.
    Primeiro porque continua-se a navegar nos “indicios” e, nesta perpectiva, a notícia limita-se a encher apenas papel da revista. Basicamente é mais do mesmo, que nada esclarece e apenas especula.
    Em segundo lugar porque isto levanta questões pertinentes. Desde logo, porque razão e como, estando em segredo de justiça, a revista tem acesso a estes elementos? Quem os forneceu? A troco de quê?
    O que não são indícios mas sim certezas, é que todos nós já pagámos por isto 6 milhões, numa investigação que continua a não produzir resultados palpaveis e que vai saltitando de teoria em teoria…

    • Pois… E os “juízes” e os pseudo “investigadores”, nada lhes acontece. Não lhes reduzem o salário porque se atrasam (coitados). A mim, se me atrasasse um minuto, já me reduziam 30 min! Esta gente que se vinga do Sócrates (não está minimamente interessada na justiça) vai-nos custar muito dinheiro, como diz e nada lhes vai acontecer. Temos de lhes pagar o salário e depois temos de lhes pagar a… vingança!… isto sem falar no processo que o Sócrates vai pôr ao Estado (o que faz muito mal – deveria colocar um processo aos “juízes”, “procuradores” e “investigadores”, porque, ou são incompetentes ou são corruptos… ou as duas coisas!). Onde já se viu um juiz a ser julgado por ter feito o Estado gastar dinheiro num processo sem pernas para andar? E; se alguma vez isso acontecer… Quem o vai julgar? Um colega de profissão? Está-se mesmo a ver onde isso iria parar. E ainda dizem que estão a devolver a credibilidade e transparência da “Justiça” portuguesa. Estão no bom caminho, não Bazuka?

      • Exacto! Mas foi exatamente por Socrates ter mexido com os senhores magistrados e juizes, retirando-lhes mordomias vergonhosas e, de algum modo, beliscando a aura de “Endeusamento” que paira na cabeça desses senhores, que se julgam Deuses e acima de qualquer Lei “terrena”, que o lixaram, numa vingança absolutamente escabrosa e claramente direccionada e pensada ao pormenor, desde os timmings escolhidos, a cobertura mediática intensa e sem igual por alguns pasquins que até têm um canal de TV, a detençåo ao vivo no aeroporto (devem ter adivinhado se calhar), a exposição constante, diária, muitas vezes sem nada que justificasse (factos novos por exemplo) de primeira página, enfim, tudo bem concertado, diria mesmo, bem concertado DEMAIS. Aquilo não era informar, era enxovalhar, tinha um objectivo claro de denegrir e “queimar” a pessoa, tentando cortar-lhe horizontes políticos futuros. Só isso explica aquilo que referiu, e que eu já aqui referi também dezenas de vezes, isto é, muita escumalha trafulha, que fez vigarices duma dimensão muito maior, em valor, do que aquelas que acusam Sócrates, tiveram um “tratamento” muito soft, continuaram por aí a passear, muito discretamente, a ir ao estrangeiro, etc, sem que houvesse uma cobertura mediática tão persecutória e intensa. Fizeram, basicamente, uma vidinha tranquila, sem sobressaltos.
        Para mim, independentemente de conclusões finais, este homem foi alvo de uma perseguição e duma vingança que só não vê mesmo quem fôr ceguinho ou já esteja mentalmente tomado pela toxicidade com que foi levando, numa autentica lavagem ao cerebro, promovida por alguns meios de comunicação social.

  5. Os valores são irrealistas, quem dá 80 mil euros a um blogger por o ter defendido na Internet?
    E há funerais de 37 mil euros? Quem dá 173 mil euros a um motorista? Só se fosse para pagar uma chantagem. Nada disto faz sentido…

    • Pois… Assim como não faz sentido aquilo que o senhor Joca diz anteriormente. O “Socas” teria de ser multimilionário! Afinal quantos mil milhões ele roubou? Será ele o homem mais rico do mundo? Às vezes até parece que tudo que é roubado no Mundo, foi roubado pelo “Socas”. Só em Portugal, será que nenhum antecessor e sucessor nada roubou?

    • Tal e qual. Esta gente está doida! Aliás, só demonstra o delírio. 37 mil euros para um funeral. 80 mil euros a um blogger…
      Só mesmo totós é que encaixam estas tretas.
      Mas tretas telenovelas mexicanas à parte: Onde estão os actos corruptos? Quais? Quais as obras, quem foram os beneficiados, em que obras, quem as autorizou? Lembro só aos que não podem morder a língua sob pena de morrer envenenados, de que um primeiro ministro não delega nem assina obras. Não se vive em ditadura, há todo um staff, engenharia, orçamentistas, financiamentos. A única coisa que eu conheço que tenha sido feita por trinta e um de boca foi o negócio das acções do BPN do Cavaco e a golpada tipo Ocean Eleven do Dias Loureiro…

  6. Sócrates o culpado disto tudo
    Não tarda muito virá o Rosário Teixeira dizer que:
    Os 10 mil milhões que voaram para as OffShores foi para dar ao Sócrates.
    O queijeiro do PSD é insolvente porque o dinheiro gamado se destinou a Sócrates.
    Que o Duarte Lima não tem chêto porque era para Sócrates.
    Que o Oliveira e Costa tem apoio judiciário porque o guito era do Sócrates.
    Que o Arlindo de Carvalho afinal era testa-de-ferro do Sócrates.
    Que o Pinhal e o De Beck gamaram no BCP mas dando-o a Sócrates.
    Que o Joaquim Coimbra e os seus bancos-laranja-fantasma eram do Sócrates.
    Que afinal as almofadas do BES foram para o Sócrates.
    Que o Banif e a Famiglia estavam feitos com o Sócrates.
    Que o banco do Relvas afinal é do Sócrates.
    Que o Veiga e o irmão do Flopes são outros testas do Sócrates.
    Que o Álvaro Sobrinho só carrega as malas de guito do Sócrates.
    Que os Vistos-Laranja-Gold revertiam para Sócrates.
    Que as Tecnoformas e os dinheiros públicos da formação foram para o Sócrates.
    Que o Centro Português para a Cooperação era disfarce do Sócrates.
    Que o guito dos submarinos foi para dar ao Socrates.
    Que o guito do Deutsche Bank foi para dar ao Socrates.
    Que a divida global em Portugal é superior a 700 mil milhoes? 4 vezes maior que o nosso PIB? foi o Socrates que gamou o guito.
    Que a divida global que vale mais de três vezes a economia mundial (320% do PIB 216 biliões de dolares) foi para dar ao Socrates.
    Que D. Afonso Henriques não pagou as 4 onças de oiro ao Papa, porque foi para dar ao Sócrates.
    Que D. Afonso Henriques vai ser arguido por ter batido na mãe e o seu filho D. Sancho I por ter batido no pai e a culpa foi do Socrates.
    E podia aqui ficar horas a divagar sobre possíveis caldinhos…do Sócrates.
    Tudo isto para justificar 23 milhões de um tipo que afinal até pedia envelopes para beber uma bica. Por: O Traste.

    OBs. Desde logo não se compreende a razão porque não é dado o mesmo tratamento a todos os casos onde está implicada gente da direita PSD/CDS tais como:- BES , BPN, SLN, Monte Branco, Face Oculta, Apito Dourado, Vistos Gold, submarinos, assassinato de Rosalina Ribeiro e já agora Técnoforma, Furacão, Portucale, Apito Dourado, Face Oculta, Remédio Santo, Dívida da Madeira, Pandur, Milénio BCP, Moderna, Porto Cale, Sobreiros, Somague, etc. etc.,

    Podes juntar mais uns, qualquer um deles já andou nas primeiras paginas do jornais e abriu telejornais com negociatas menos claras e nunca esclarecidas, Luís Filipe Menezes, Marco António Costa, Isaltino Morais, Dias Loureiro, Oliveira e Costa, Duarte Lima, Miguel Macedo, Miguel Relvas, Luis Caprichoso, Arlindo Rui, Joaquim Coimbra, Almerindo Duarte, Aprígio dos Santos, Cavaco Silva, Passos Coelho, etc …. deixei estes como exemplo, mas há muiiiiiitos mais ….. é só gente “séria”.

    http://viriatoapedrada.blogspot.pt/2016/09/a-maior-cabala-depois-de-74-iv.html

    • Essa pedrada, eu gostei, Sr Viriato. Acertou em cheio na pinha! Pena que muitos dos ressabiados apoiantes da “outra geringonça” (PSD/CDS) nunca tenham sido atingidos por ela. Para eles, tudo que está mal foi culpa do PS (e da esquerda) e tudo o que está bem (o que não é muito) foi da responsabilidade da direita (especialmente do PSD). Mesmo que algumas dessas coisas boas tenham sido imposição do Tribunal Constitucional. Valente pedrada, Sr Viriato! Parabéns!

      Nota: posso não estar sempre de acordo consigo (temos tido algumas “discordâncias”) mas aqui acertou na mouche!

  7. Esse burlão corrupto insiste em ser chamado pelos seus nomes próprios, José e Sócrates, ocultando os seus nomes de família, CARVALHO PINTO DE SOUSA, talvez pensando que se a acusação for contra o Sr. José Sócrates, não é nada com ele, pois rapazes com os nomes próprios dele devem haver muitos! Como com os meus nomes próprios Alberto Manuel, há milhentos, mas nenhum outro com os nomes de Família Bragança de Magalhães Barros Queiroz !

    • A única coisa que me apraz dizer, após comentário tão elevado e iluminado, é: QUE GRANDE OPORTUNIDADE QUE PERDEU PARA ESTAR CALADO!

RESPONDER

EUA apresentam plano de paz para o Médio Oriente já condenado pela Palestina

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, apresenta esta terça-feira o seu plano de paz para o Médio Oriente, após reuniões com líderes israelitas, que poderá estar condenado ao fracasso, perante a rejeição dos …

Vacina chinesa para o coronavírus pode começar a ser testada em menos de 40 dias

A equipa chinesa que trabalha no desenvolvimento de uma vacina para combater o coronavírus de Wuhan disse que espera poder começar os testes em menos de 40 dias, informou a agência estatal Xinhua. Pelo menos 106 …

Netanyahu anuncia retirada da sua imunidade parlamentar

Benjamin Netanyahu retirou o pedido de imunidade ao Parlamento israelita contras as três acusações de que foi alvo em novembro, que envolvem casos de corrupção, fraude e abuso de confiança. O primeiro-ministro de Israel disse, em …

Vitória já tem proposta por Tapsoba (e pode fazer encaixe histórico)

O Vitória de Guimarães recebeu uma proposta por Edmond Tapsoba que pode levar os vimaranenses a abrir mão do jogador. Sabe-se que a proposta recebida ronda os 20 milhões de euros. A notícia avançada esta terça-feira …

Livre exige que património das ex-colónias em museus portugueses seja devolvido

O Livre quer que todo o património das ex-colónias, presente em território português, possa ser restituído pelos países de origem de forma a “descolonizar” museus e monumentos estatais. O partido da papoila quer que o património …

Pedro Sánchez usou helicóptero que procurava homem desaparecido

O primeiro-ministro espanhol requisitou, na passada quinta-feira, um helicóptero que estava a ser utilizado nas operações de busca de um homem de 34 anos que estava desaparecido em Maiorca. De acordo com o jornal espanhol ABC, tratava-se …

Isabel dos Santos contrata advogados de Ronaldo, Meghan e J. K. Rowling

Isabel dos Santos decidiu esta segunda-feira processar o consórcio de jornalistas. Para tal, contratou a mesma firma de advogados que conta com clientes como Cristiano Ronaldo, Harry e Meghan Markle e J. K. Rowling. Depois de …

ERC dá parecer favorável à nova direção de informação da RTP

A Entidade Reguladora para a Comunicação (ERC) deu, esta segunda-feira, "parecer favorável à nova direção de informação da RTP", 20 dias depois de a equipa liderada por António José Teixeira ter sido indigitada. O Conselho Regulador …

OE2020. BE quer fim do regime "aberrante" dos vistos gold

O BE destacou, entre as cerca de 200 propostas de alteração que apresentou ao Orçamento do Estado, o fim do regime dos ‘vistos gold’ e a obrigação de qualquer injeção de capital no Novo Banco …

Após 20 anos de silêncio, sinos e carrilhões de Mafra voltam a tocar

Os sinos e os carrilhões do Palácio de Mafra vão tocar a partir de 1 de fevereiro, após obras de restauro, depois de os primeiros sinais de deterioração surgirem a 11 de setembro de 2001, …