Centeno já tem relatório das operações stop do Fisco. Está na gaveta há um mês

Nuno Fox / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça, terá recebido o relatório interno da Autoridade Tributária sobre a Operação Stop do Fisco, mas ainda não divulgou as suas conclusões.

O relatório interno da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) sobre as operações stop levadas a cabo para cobrar dívidas e, em alguns casos, penhorar mesmo automóveis à beira da estrada já está nas mãos do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais há um mês, de acordo com o jornal Público. A poucos dias das eleições legislativas, ainda não foi tomada qualquer decisão. O Governo diz que ainda está a analisar o documento.

De acordo com o gabinete de Mário Centeno, o relatório chegou ao Ministério das Finanças “no final da primeira semana de setembro”, estando o documento, neste momento, “em processo de avaliação”.

Em causa estão as operações stop levadas a cabo pela AT e pela GNR para cobrar dívidas fiscais, no final de maio, na região do Porto. Durante esta operação do Fisco, batizada de “Ação sobre Rodas”, as autoridades faziam o cruzamento das matrículas das viaturas com a situação dos proprietários no Fisco, convidando os cidadãos com dívidas a pagarem esses valores. Caso não o fizessem, GNR e AT estavam em condições de penhorar as viaturas.

Horas depois do começa da operação em Valongo, Trofa e Santo Tirso, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais deu indicação para cancelar esta ação, colocando a tónica na falta de proporcionalidade dos meios usados.

Na altura, o jurista Dantas Rodrigues disse que este tipo de operações constituem um “abuso de autoridade”, com “um atropelo evidente do direito de defesa”. “Esta operação é altamente ilegal“, considerou o jurista, frisando que “a cobrança de dívidas tributárias tem um regime próprio” e que “o que fizeram é uma espécie de flagrante delito de devedores e essa figura jurídica não existe em lado algum”. “Não é possível a um Estado fazer o que foi feito hoje”, acrescenta, destacando que “pressupõe um abuso de poder”.

“Há duas normas constitucionais importantes que estão a ser violadas: o direito de defesa e o artigo n.º 268″, constatou ainda Dantas Rodrigues, frisando que “a penhora e o cobrar dívidas têm formalidades que neste caso não foram cumpridas”. As pessoas que tiveram os seus carros apreendidos podem “reclamar da situação” porque os veículos foram “apreendidos ilegalmente”, destacou ainda o jurista.

Esta operação acabou mesmo por levar o diretor das Finanças do Porto a demitir-se.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Linha SNS 24 está a atender mais de 18 mil chamadas por dia

O secretário de Estado da Saúde saudou a capacidade de adaptação dos profissionais de saúde e do Governo à pandemia covid-19, dando como exemplo a Linha SNS 24 que está a atender mais de 18 …

Bolsonaro mais moderado. "A minha preocupação sempre foi salvar vidas”

O Presidente brasileiro adotou um tom mais moderado naquele que foi o seu quarto discurso ao país sobre o novo coronavírus, mas voltou a insistir na importância de a população manter os empregos durante a …

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …

Centeno deixa aviso à Zona Euro. Futuro da UE depende da resposta que der à pandemia

Mário Centeno escreveu aos ministros das Finanças da Zona Euro para os alertar que o futuro da União Europeia depende da forma como conseguir lidar com a crise económica devida à pandemia de Covid-19. Uma …