Reembolso da sobretaxa do IRS é cada vez mais improvável

Ricardo Graça / Lusa

A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

Se o ritmo de cobrança do IRS e do IVA se mantiver igual ao registado até outubro, os contribuintes não deverão reaver nada da sobretaxa que pagaram este ano por via do crédito fiscal.

Depois de a execução orçamental de setembro, revelada duas semanas depois das eleições, ter baixado a estimativa de devolução da sobretaxa de 35% para 9,7%, o Jornal de Negócios divulgou ontem uma previsão, com base em informações da Autoridade Tributária (AT), que aponta que a devolução pode chegar a 0% em outubro.

Os dados sobre a execução orçamental do mês de outubro só serão publicados na próxima quarta-feira, dia 25, mas ao que o Diário Económico apurou, a alteração face a setembro está no IVA.

De acordo com especialistas ouvidos pelo Diário de Notícias, está agora a verificar-se uma maior rapidez nos reembolsos do IVA por parte do Estado às empresas.

Domingues de Azevedo, bastonário da Ordem dos Contabilistas Certificados, refere que as informações que lhe chegam por parte das empresas dão conta de uma aceleração nos reembolsos do IVA desde o mês passado. “Neste momento, as devoluções do IVA estão a ser desbloqueadas e a ser processadas de forma mais rápida. Isto começou a sentir-se a partir de meados de outubro”, referiu ao DN.

O bastonário acredita que as estimativas não vão melhorar. “Quem paga sobretaxa deve esperar receber 0%”, confirma.

Também Vasco Valdez, responsável pela pasta dos Assuntos Fiscais no governo de Durão Barroso, afirma ao DN que, neste momento, apenas o governo tem dados que permitem saber se vai ou não haver lugar a devolução da sobretaxa, mas refere que tendo em conta os indicadores que vão sendo conhecidos “não há razões para acreditar que o crédito fiscal se materialize”.

Para haver lugar à devolução de parte da sobretaxa cobrada, é preciso que as receitas conjugadas do IRS e do IVA cresçam acima de 3,7%, em termos homólogos. No entanto, conjugando o comportamento dos dois impostos até outubro, verifica-se que o ritmo de crescimento ronda precisamente os 3,7%, não permitindo atribuir nenhum crédito fiscal.

O que está a acontecer contraria as previsões anteriores do Governo. Em vésperas das eleições legislativas, o Ministério das Finanças previa a devolução de 35% da sobretaxa. Na altura, a 25 de setembro, Passos Coelho anunciava: “o mês passado apontava para 25%, este mês para 35,3%, mas não é um valor fechado. Não é uma promessa, não é um anúncio para as eleições. A minha expectativa dada a evolução é ter fechado até ao final do ano um valor de devolução muito significativo”.

Esta queda a pique das previsões de devolução da sobretaxa está já a causar desconforto entre os partidos da coligação, e levou mesmo o deputado socialista João Galamba a exigir com “carácter de urgência” a presença de para ouvir Paulo Núncio e Hélder Reis, secretários de Estado dos Assuntos Fiscais e do Orçamento, no Parlamento.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos, Paulo Ralha, acusa o Governo de mentir: “Se esta notícia se confirma, é o cenário mais drástico, quer dizer que nos mentiram descaradamente e não fizeram projeções sérias, mas baseadas num contexto eleitoralista”.

O Diário Económico ressalva que, tendo em conta que o prazo de entrega do IVA do último trimestre termina a dia 15 de novembro e é um mês em que é expectável maior cobrança de IVA, se a coleta for idêntica à de agosto e o comportamento do IRS se mantiver inalterado, o crescimento das receitas obtidas com os dois impostos seria de cerca de 4%.

ZAP

7 COMENTÁRIOS

  1. HA HA e quem pensava que isso ia ser verdade devia viver no mundo da ilusão, ainda vão devolver 50 cêntimos só para dizer que dão, mais uma vez se demonstra que os políticos são uma cambada de ilusionistas que quando lhes interessa dizem tudo mesmo que não seja verdade, venham agora os amigos PSD dizerem que é por isto ou por aquilo como desculpas, realmente não a ninguém seja a esquerda ou a direita que seja verdadeiro e leve o Pais para a frente.
    Ai que afinal os cofres estão vazios como sempre ou então é o Presidente que tem afinal aquela grande almofada que tanto fala cheia de guita, mas deve é dormir em cima dela.

  2. Parece que há quem “engravide” pelos ouvidos e independentemente do género!
    Reparem, por exemplo, que um dos picos do iva acontece exactamente no último e festivo trimestre do ano! Ainda estou para ver o tamanho de alguns sapos!

    • Eu não até porque não é por ser PSD CDS ,poderia ter sido PS ou outro simplesmente , o problema é que foi dito em altura de eleições e nisso só acredita hoje em dia que não olha para a nossa historia, alguma vez viu ser cumprida qualquer coisa dita em campanha eleitoral, eu pelo menos não me lembro.

  3. Devolução da sobretaxa de IRS
    … os dados mais recentes apontam para uma reposição de 8% e 8,5%.
    Haverá por aí uns quantos a esticar as orelhas… Só espero que não perguntem para quê! Não servindo de couratos tão pouco para bater uma na outra restar-lhes-á os adornos.

RESPONDER

Além de um ícone da ciência, Marie Curie também foi uma heroína de guerra

Marie Curie foi, além de uma cientista conceituada, vencedora de dois prémios Nobel, uma filantropa que usou as suas competências na área da ciência para ajudar a salvar vidas na I Guerra Mundial. Se perguntarmos a …

Incêndios: Costa garante que "nada ficará como dantes", a ministra "não teve férias"

O primeiro-ministro pediu hoje consenso político para a aplicação das recomendações da comissão independente aos fogos de junho e prometeu que, no fim dos incêndios, o Governo assumirá totais responsabilidades na reconstrução do território e …

Mosteiro alemão com 900 anos vai fechar. Não há monges

Um antigo mosteiro na Alemanha, com quase nove séculos de actividade, está prestes a fechar as portas, devido a problemas financeiros e à escassez de monges. À medida que a Igreja Católica vê declinar significativamente o …

Furacão Ophelia com ventos de 150 Km/h faz três mortos na Irlanda

A Irlanda está em alerta vermelho com os ventos provocados pelo furacão a atingirem os 150 km/h. A tempestade provocada pelo furacão Ophelia causou esta segunda-feira a morte de três pessoas na Irlanda, segundo informações da …

Oposição venezuelana não aceita resultados das eleições regionais

O Conselho Nacional Eleitoral dá conta de que o PSUV, o partido no Governo, ganhou em 17 dos 23 Estados do país, nas eleições deste domingo. A aliança opositora venezuelana Mesa de Unidade Democrática (MUD) rejeitou, …

Número de mortos em atentado na Somália já ultrapassou os 300

O número de mortos do violento atentado terrorista registado no sábado em Mogadíscio, capital da Somália, já ultrapassou as três centenas, havendo, porém, a certeza que o total vítimas será ainda maior, indicou fonte médica …

Astrónomos detetam um novo tipo de ondas gravitacionais: "O princípio de uma nova era"

Segundo os cientistas, as novas emissões de radiação agora detetadas são consequência da fusão de duas estrelas de neutrões numa galáxia distante. Uma equipa internacional anunciou esta segunda-feira ter conseguido ver através da luz e das …

Sal no pão vai baixar ainda mais a partir de 2018

O teor de sal no pão vai baixar ainda mais a partir do próximo ano, de acordo com um protocolo que será assinado, esta segunda-feira, entre o Estado e a indústria da panificação e pastelaria. Segundo …

Falsos recibos verdes podem enfrentar "aumento de impostos desumano" em 2018

"Um aumento de impostos desumano", é o que antecipa o fiscalista Mendes da Silva sobre as mudanças no regime simplificado dos trabalhadores independentes, os chamados recibos verdes, que estão previstas no Orçamento de Estado para …

Bancos obrigados a comunicar mais cedo transferências para offshores

Os bancos serão obrigados a comunicar mais cedo à administração tributária a lista das transferências realizadas para contas sediadas em paraísos fiscais sempre que as movimentações ultrapassem os 15 mil euros. As declarações deveriam ser feitas …