Defesa de Sócrates exige que escutas sejam invalidadas

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O advogado de José Sócrates entrega esta segunda-feira no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa, um recurso relativo à medida de coação para pedir a libertação do ex-primeiro-ministro e que será apreciado no Tribunal da Relação de Lisboa.

De acordo com o Diário de Notícias, um dos pilares sobre os quais assenta o recurso da prisão preventiva de José Sócrates é a invalidação das escutas telefónicas.

João Araújo considera que José Sócrates deveria ter sido constituído arguido assim que se tornou suspeito aos olhos do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), e que sem isso as escutas telefónicas dos últimos seis meses não poderiam ter sido feitas, pelo que deveriam ser consideradas inválidas.

Na quinta-feira passada, o advogado deslocou-se à prisão de Évora, onde o antigo primeiro-ministro se encontra detido preventivamente, tendo afirmado aos jornalistas que entregaria hoje, perto das 16h, o recurso, considerando que “é altura de José Sócrates se defender publicamente”.

João Araújo considera ainda que o prazo do inquérito é excessivo e que a prisão preventiva não poderia ter acontecido só 10 meses depois do início da investigação, razão pela qual pede que o seu cliente seja libertado.

“Há um cidadão injustamente preso, em meu entender” e, por isso, “tem que ser libertado, logo que alguém se aperceba da injustiça, da ilegalidade”, sustentou na ocasião, acrescentando esperar que Sócrates “vá passar o Natal a casa porque, só o fato de estar preso há 15 dias, é um abuso”, o qual “tem que cessar o mais depressa possível”.

O recurso é entregue no TCIC, tribunal que decretou a prisão preventiva ao antigo primeiro-ministro socialista, subindo depois para o Tribunal da Relação.

Antes do recurso do advogado de José Sócrates, deram entrada no Supremo Tribunal de Justiça três pedidos de habeas corpus, todos à revelia da defesa do antigo primeiro-ministro.

O primeiro pedido de habeas corpus foi recusado por falta de fundamento legal, o segundo não chegou a ser admitido para apreciação. O terceiro será decidido na quarta-feira.

José Sócrates encontra-se detido preventivamente desde 25 de novembro indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pois, as escutas não fizeram nada aos outros dos apitos de oiro, foram/são consideradas ilegais. Então agora já são legais?! Algo cheira mal e já há muito.

  2. Ah!Ah!Ah! Mas este manjerico está em condições de exigir alguma coisa? Cambada de …de gravata e luvas brancas. Estou farta de pertencer a este país….

  3. É só esquemas atrás de esquemas, antes nos vários casos em que esteve envolvido. Agora é para fugir à justiça. Deixem mas é a justiça funcionar. E os portugueses não devem esquecer que é por causa dos negócios deste senhor como PPP’s e outros esquemas, para além da má gestão pública que levou o país à banca rota, que lhes cortaram nos salários e nas reformas. Deixem a justiça funcionar e se este senhor for declarado culpado como todos os indícios indicam, que se faça justiça exemplarmente em nome de tudo o que foi roubado aos portugueses.

  4. Se calhar o advogado de JS até tem razão, mas o que não percebo é que as escutas servem para uns e não servem para outros. No negócio da sucata, não serviram contra JS porque não havia autorização superior por ser PM, e agora deve ser por ser EX-PM.

    Se o homem está preso de forma ilegal, soltem-no.

    Se o homem está preso cumprindo os requisitos da Lei, deixem-no estar.

    Não gosto nem nunca gostei dele, mas pessoalmente gostava que estivesse inocente, pois é muito triste termos um EX-PM acusado de crimes greves que têm origem enquanto responsável governativo.

    Nós portugueses vamos sair mal disto, porque ou ficam mal os políticos ou a justiça.

    Investigado à meses, ou há dados concretos ou não há.

RESPONDER

Metallica regressam a Portugal

A banda americana regressa a Portugal a 1 de maio de 2019, num concerto no estádio do Restelo, em Lisboa. O concerto em solo luso da digressão WorldWired será o primeiro de 20 concertos agendados …

Jovem indonésio sobreviveu 48 dias à deriva no Pacífico

Um jovem indonésio sobreviveu 48 dias com a ajuda de uma plataforma para captura de peixe até ter sido resgatado por um cargueiro a cerca de dois mil quilómetros do território norte-americano de Guam, no …

Câmara de Braga condenada a pagar mais 4 milhões pelo Estádio

Construído nos mandatos de Mesquita Machado, o estádio tinha um orçamento inicial de 65 milhões, mas acabou por custar mais de 150 milhões. O Tribunal Administrativo e Fiscal condenou a Câmara de Braga a pagar mais …

Movimento de Rui Moreira confronta António Costa sobre Infarmed

A Associação Cívica Porto, o Nosso Movimento pediu, este domingo, ao primeiro-ministro que esclareça se apoiou o ministro da Saúde na decisão de reavaliar a eventual transferência do Infarmed para o Porto. A associação Porto, o …

Nova acusação de assédio sexual contra juiz nomeado por Trump para o Supremo

O juiz nomeado pelo Presidente dos EUA para o Supremo Tribunal foi acusado por uma segunda mulher, este domingo, de assédio sexual na década de 80.  A New Yorker noticiou, este domingo, que os democratas que …

"Hard Brexit" pode ser o fim do Reino Unido

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, tem sido alertada por elementos do seu Executivo para o possível desmembramento do Reino Unido, num cenário de saída da União Europeia sem acordo, o chamado ‘hard Brexit’. Após …

Duas sondas japonesas pousaram num asteróide e fizeram História

Pela primeira vez na história, o Homem conseguiu aterrar dois rovers não tripulados num asteróide. A proeza histórica aconteceu este sábado e deveu-se aos japoneses. "Fiquei impressionado com o que conquistamos no Japão. Este é apenas …

Milionário da Somague declara falência e pede perdão de 67 milhões de euros

O ex-presidente da Somague, Diogo Vaz Guedes, declarou falência, pedindo o perdão de dívidas superiores a 67 milhões de euros. O Novo Banco e o BCP estão entre os credores do milionário. O jornal Correio da …

A China está (literalmente) a comprar um país africano

A Zâmbia corre o risco de perder a sua soberania devido à enorme dívida externa que tem com a China. O país poderá ser obrigado a entregar a Pequim a propriedade das suas principais infraestruturas de …

Conselho Superior de Magistratura não abre inquérito a juízes que desvalorizaram violação

O Conselho Superior de Magistratura considera que não existem "erros grosseiros" ou "linguagem manifestamente inadequada" no acórdão que confirma pena suspensa de dois homens julgados em primeira instância por violação. O Conselho Superior de Magistratura não …