Quase um terço das offshore do Panama Papers teve origem na China

Quase um terço das empresas offshore expostas pelo caso Panama Papers teve origem em Hong Kong e na China continental, segundo novos dados revelados hoje pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ).

No conjunto, os escritórios na China da Mossack Fonseca, empresa alegadamente envolvida em esquemas de evasão fiscal, criaram 16.300 empresas de fachada, ou 29% do conjunto mundial.

De acordo com o jornal britânico Guardian, que fez parte da investigação, familiares de oito membros da elite do Partido Comunista Chinês foram relevados pela investigação aos Panama Papers.

Entre os familiares ou pessoas próximos de altos responsáveis chineses envolvidos figura Deng Jiagui, o marido da irmã mais velha do atual Presidente Xi Jinping.

Após ascender ao poder, em 2012, Xi lançou uma mediática campanha anticorrupção, enquanto reprimiu ativistas e dissidentes que exigiam maior escrutínio sobre os titulares de cargos públicos.

Familiares de Zhao Gaoli e Liu Yunshan, atuais membros do Politburo do PCC, criaram também empresas de fachada, revelou o ICIJ.

O Guardian implicou ainda familiares do ex-primeiro-ministro chinês Li Peng, que integrou a sangrenta repressão do movimento pró-democracia da Praça Tiananmen, em 1989.

Entre os nomes chineses envolvidos, consta ainda Chen Dongsheng, o marido de uma das netas de Mao Zedong, o fundador da República Popular da China,

Chen foi dono da Keen Best International Limited, uma firma com sede nas Ilhas Virgens Britânicas.

A investigação da ICIJ abrangeu 11,5 milhões de documentos ligados a quase quatro décadas de atividade da Mossack Fonseca, que conta com uma carteira de clientes prestigiados, entre os quais responsáveis políticos ou personalidades de primeiro plano do desporto ou da cultura.

De acordo com o ICIJ, pelo menos oito atuais ou antigos membros do Comité Permanente do Politburo do Partido Comunista Chinês, a cúpula do poder na China, terão colocado os seus bens em empresas offshore.

No “Índex de Transparência” de 2015, que avalia o nível da corrupção em 168 países, a China figura em 83º lugar.

No ano passado, o país asiático registou uma massiva fuga de capitais privados, apesar das restrições cambiais impostas por Pequim. A economia chinesa registou no mesmo período o menor crescimento dos últimos 25 anos.

A criação de empresas offshore não é ilegal, apesar de visar frequentemente o branqueamento de capitais ou a evasão fiscal.

Agência Brasil

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Nada me admira o envolvimento de altos dirigentes chineses neste esquema fraudulento e vergonhoso. Num país regido por um capitalismo de estado centralizador e prepotente, em que as ideias de justiça social, igualdade e vanguarda popular foram totalmente obliteradas, não é de estranhar tais comportamentos.

  2. Façam como o wikileaks ponham os papeis todos cá fora e nós logo decidimos quem são os mais maus e os menos bons. já tiveram um ano pra filtrar toda a informação não nos queiram agora dizer o que havemos de pensar disto tudo.

  3. Sou só eu que acho estranho que não haja americanos nestes Panamá papers? Será que não têm dinheiro escondido nos offshores? Nem um nome conhecido só uns zés ninguém… Curioso que todo este caso incida maioritariamente nos russos e nos chineses… até é de estranhar não terem encontrado nenhum cubano, talvez exista mas como vive em Miami não foi incluído na lista. Isto a cima de tudo cheira a esturro, cheira a operação económica com fins estratégico políticos. Queimam uns testas de ferro, aproveitam para generalizar um ataque ideológico massivo. Sou completamente contra os offshores e em vez de fogo de artifício para distrair a populaça deviam era acabar de vez com os offshores de uma vez

RESPONDER

Poluição do ar leva Sarajevo a cancelar todos os eventos públicos

As autoridades bósnias consideram que a poluição na capital do país, Sarajevo, atingiu níveis perigosos nos últimos dias. Perante a densa nuvem de nevoeiro que paira na cidade, o governo regional decidiu cancelar todos os …

A banana colada à parede que custou 108 mil euros foi comida

A banana mais cara do mundo, presa a uma parede com fita adesiva, foi descascada e comida por um artista que visitava o stand da galeria Perrotin, na feira de arte contemporânea Art Basel, nos …

Empresas norte-americanas reforçam domínio na venda global de armas

O Instituto Internacional de Estudos de Paz de Estocolmo (SIPRI) revelou esta segunda-feira que as empresas norte-americanas aumentaram o domínio no comércio global de armas em 2018, para 59% do volume total entre as 100 …

Faltam medicamentos para doenças crónicas nas Farmácias (e ninguém sabe porquê)

Há medicamentos para doenças crónicas que estão, constantemente, em falta nas Farmácias Portuguesas. Uma situação preocupante, sobretudo para os pacientes que deles precisam, e que não tem uma explicação. A Associação Nacional de Farmácias está …

Mais de dois mil coalas mortos devido aos incêndios na Austrália

O presidente da Aliança das Florestas do Nordeste da Austrália disse que os incêndios florestais que deflagram no leste do país, desde o início de novembro, provocaram a morte a mais de dois mil coalas. O …

Regionalização sem referendo é “golpe de estado palaciano”

Luís Marques Mendes falou este domingo, no habitual espaço de comentário político na SIC, sobre a regionalização, os "tempos difíceis para a direita", Greta Thunberg e Joe Berardo. Houve ainda tempo para falar sobre o …

China diz que detidos em Xinjiang estão "formados" e "vivem felizes"

Um alto quadro do regime chinês afirmou, esta segunda-feira, que os membros de minorias étnicas chinesas de origem muçulmana mantidos em "centros de treino vocacional" no extremo oeste do país já se "formaram" e levam …

Greve geral volta a parar França. Filas de trânsito chegam aos 620 quilómetros

Os acessos a Paris estão, esta manhã, muito complicados devido ao quinto dia de greve contra a reforma das pensões e que afeta sobretudo a rede de transportes na capital francesa. De acordo com as autoridades, …

"Mário Centeno está a perder influência no Governo". Os (maus) sinais para o Orçamento de Estado 2020

A proposta de Orçamento do Estado para 2020 [OE 2020] vai ser apresentada daqui a uma semana e alguns economistas antecipam os riscos do documento, falando de uma "situação potencialmente perigosa para as contas públicas" …

Utilizadores russos do Reddit terão divulgado documentos comprometedores sobre o Brexit

A rede social Reddit anunciou ter concluído que utilizadores russos estiveram na origem da divulgação de documentos confidenciais do governo britânico sobre as negociações comerciais do Brexit. O Reddit anunciou, num comunicado citado pela Associated Press, …