//

PSP tentou prender Pedro Dias, mas o MP não o permitiu

4

Paulo Novais / Lusa

Pedro Dias, suspeito de um duplo homicídio em Aguiar da Beira

Pedro Dias, suspeito de um duplo homicídio em Aguiar da Beira.

A PSP pediu ao Ministério Público a emissão de um mandado de prisão para Pedro Dias, no âmbito de um caso de violência doméstica, alegando que ele era “perigoso”. Mas o MP recusou.

Este dado é avançado pelo Correio da Manhã que realça que, em 2009, o Ministério Público “travou” a prisão de Pedro Dias, depois de a PSP ter solicitado que fosse detido, considerando que era “um homem perigoso”.

Em causa está um processo em que era acusado de “perseguir e torturar a ex-companheira”, refere o CM, considerando que esta, uma veterinária, “vivia absolutamente apavorada” e que seria “sujeita a verdadeiros actos de tortura”.

Mas o MP recusou a detenção, considerando que o Termo de Identidade e Residência “era suficiente”.

Pedro Dias, que é suspeito de ter matado duas pessoas em Aguiar da Beira, acabou por ser condenado pelo Tribunal de Aveiro a uma pena suspensa.

O CM atesta ainda que o homem de 42 anos foi “definido como sociopata” no processo e que “tentou manipular os testes médicos”.

De acordo com o mesmo jornal, o homicida também “teve problemas” com a primeira mulher, com quem esteve casado durante dois anos e meio.

A esposa terá contraído um empréstimo de 25 mil euros, feito apenas em seu nome, para Pedro Dias comprar uma quinta, mas este nunca lhe terá pago o dinheiro, acabando por ser condenado a pagar metade do valor à ex-mulher.

Neste momento, o suspeito, acusado de dois homicídios qualificados e três na forma tentada, está em preventiva na prisão de Monsanto, em Lisboa.

ZAP

4 Comments

  1. E agora continua a levar a dele avante recusando-se a fazer prova de ADN, é o país que temos cada vez mais entregue aos bandidos e seus protectores logo a começar na AR.

  2. Em Portugal a (J)ustiça está mais preocupada com os direitos e bem estar dos agressores do que com os das vítimas. Porque será?

    • Esta é fácil… porque quem devia dar o exemplo é ainda pior que o pior dos criminosos!

      Ex.:Políticos, Juízes, Advogados, Administradores públicos … e toda a corja…

  3. Essa gente do MP só querem saber dos seus direitos pessoais, como todas as decisões erradas que tomam, não têm consequência para os próprios, há-de haver muitos Pedro Dias e muitos criminosos que se ficam a rir.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.