PSD quer que injeções no Novo Banco passem pela AR. BE acusa-o de ter chumbado diploma idêntico

Tiago Petinga / Lusa

O deputado do PSD Duarte Pacheco

O PSD anunciou, esta quarta-feira, que vai apresentar uma iniciativa para que novas injeções no Novo Banco só possam ocorrer depois de o Parlamento ser informado.

No arranque do debate de atualidade sobre o Novo Banco, pedido pelo PSD, BE e CDS-PP, a continuidade do ministro das Finanças no Governo foi questionada e apontadas contradições entre o discurso de Mário Centeno e o do primeiro-ministro, bem como com o do Presidente da República.

“Ou estamos a assistir a uma remodelação em direto e o ministro das Finanças sairá do Governo porque considera o seu primeiro-ministro ‘irresponsável’. Ou já assistimos a uma remodelação e o ministro das Finanças passou a dirigir o Governo. O que o Governo não nos pode dizer é que se compromete a não pagar sem auditoria e que paga sem auditoria, ou que a auditoria é indispensável, mas não é necessária”, acusou a deputada do Bloco de Esquerda, Mariana Mortágua.

Pela bancada do PSD, o deputado Duarte Pacheco defendeu que “o primeiro-ministro concorda com o princípio” de que transferências de montantes elevados, como a que foi feita para o Fundo de Resolução destinada a recapitalizar o Novo Banco, deveriam ser precedidas de “uma auditoria, de uma análise, de um estudo”.

“O primeiro-ministro concorda com este princípio e por isso deu uma garantia a este Parlamento, o Presidente da República concorda com este princípio, não é indiferente o Estado cumprir os seus compromissos antes ou depois de saber o que se passou”.

Para “prevenir a arrogância do ministro das Finanças que o primeiro-ministro não consegue controlar”, o deputado do PSD anunciou a apresentação de uma iniciativa legislativa. “Vamos apresentar uma iniciativa para definir que novas transferências só poderão ocorrer após a Assembleia da República ser informada dos termos e das razões para o efeito”.

Pela bancada do Bloco, Mariana Mortágua apontou que o que o PSD vem agora defender foi “exatamente a proposta” que o Bloco apresentou em janeiro, no âmbito do Orçamento do Estado, e que os sociais-democratas chumbaram — uma afirmação que alguns deputados do PSD rejeitaram, num aparte.

“Se tivesse sido aprovada em janeiro, quando a propusemos, esta medida teria impedido a transferência deste 850 milhões. Esperamos que, desta vez, a indignação do PSD contribua para a aprovação destas iniciativas”, afirmou a deputada, que já tinha anunciado que iria reapresentar o diploma no Parlamento.

Na sexta-feira passada, o primeiro-ministro explicou que não foi informado pelo Ministério das Finanças do pagamento de 850 milhões de euros, tendo pedido desculpa ao Bloco de Esquerda pela informação errada transmitida durante o debate quinzenal.

Centeno admitiu, entretanto, numa entrevista à TSF, que se tratou de “uma falha de comunicação” entre o seu gabinete e o do primeiro-ministro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O PPD e o CDS são muito esquecidos, só para os lembrar,Banco madeirense (total de três mil milhões de euros, contando já com as ajudas de 2013 e 2014) Somando isto aos dez mil milhões de euros dá 13 mil milhões de euros, Em janeiro de 2013, o antigo ministro das Finanças Vítor Gaspar aprovou uma injeção de capital de 700 milhões de euros. De 2007 a 2014 em forma de ajudas ao setor financeiro – BPN, BES, BPP, recapitalizações da CGD, que teve de absorver perdas avultadas do BPN, etc., mais juros sobre isto tudo – Portugal tem empatados até agora 13 mil milhões de euros nos bancos.além da megainjeção de capital (2255 milhões de euros, 825 milhões vêm do tempo do PSD-CDS), avançou com 745 milhões de euros. Onde estava, os políticos que hoje se dizem revoltados nesta época? Onde estavam os políticos doo PPD,CDS,PS,PCP e BE? Onde estavam os comentadores que estão tão revoltados? E as O.Profissionais seja Enfermeiros, Médicos, etc .etc etc? Ou se for dado pelos nosso é bom mas se for dado pelos outros é mau?

  2. senhor Duarte Pacheco o seu partido e o CDS deveriam ter feito essa proposta quando eram governo, mas nessa altura até chumbavam as chamadas ao Parlamento dos vossos ministros como foi em Julho de 2013 chumbaram a ida da ministra das finanças Luísa Albuquerque, mas tanto o PPD, CDS e o PS quando são governo chumbam as chamadas dos vossos ministros, assim como aplaudem tudo quando são oposição vem e tudo, é como diz o outro tudo que eu faço é bem feito tudo que os outros fazem é mal feito cai bombas em tanto ladoque matam inocentes, só não cai uma na A.R. quando estão todos na A.R. isso e que tenho pena.

RESPONDER

Ciclone mortal deixou uma praia da Índia coberta de ouro

Centenas de pescadores, mulheres e crianças no distrito de East Godavari, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, passaram o fim de semana a vasculhar a praia local em busca de ouro. Após o …

O Flamengo de Jorge Jesus foi "um mero acidente de percurso"

2019 foi uma exceção para a equipa brasileira que, depois de ter vencido (quase) tudo, neste ano já foi afastado da Taça do Brasil e da Libertadores: "O português foi embora e com ele toda …

Concorrência condena MEO a pagar 84 milhões por combinar preços com a NOWO

A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas. “A Autoridade da Concorrência …

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …

Alterações climáticas podem colapsar os sistemas de saúde, alertam especialistas

O quinto relatório anual da Lancet sobre saúde e clima revelou que todos os países enfrentam ameaças à saúde humana, "que se multiplicam e se intensificam" à medida que as alterações climáticas originam novas pandemias …

Obama, Bush e Clinton vão vacinar-se publicamente para encorajar os norte-americanos

Os ex-presidentes dos EUA Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton disseram que estão prontos para serem vacinados publicamente contra a covid-19, a fim de encorajar os seus concidadãos a fazer o mesmo. Obama disse …