PS admite nacionalização do Novo Banco se não existirem ofertas válidas

O vice-presidente da bancada socialista, João Galamba, admitiu esta quarta-feira a nacionalização do Novo Banco como último recurso, caso não existam compradores e ofertas válidas.

A hipótese foi colocada durante o Fórum da TSF. “Se não houver nenhuma oferta que proteja os contribuintes, que dê viabilidade ao banco, se calhar, o melhor é mesmo o banco ficar na esfera pública”, disse o socialista.

João Galamba não afasta a possibilidade de discutir a proposta do PCP para nacionalizar o Novo Banco, mas sublinha que o PS defende a venda da instituição a privados.

“No caso do Novo Banco, temos bastante mais tempo para lidar com o problema [do que com o Banif], até agosto de 2017 para vender. A ideia do PS é vender o banco e tentar realizar o maior ganho financeiro possível e limitar as perdas e recuperar o máximo de valor possível para o Estado e contribuintes portugueses”, disse o deputado, no parlamento.

O economista socialista salientou, no entanto, que o “debate não deve estar centrado em vender ou nacionalizar”.

PCP apresentou esta terça-feira um projeto de resolução para a nacionalização do Novo Banco, o “banco bom” originado pela resolução do antigo BES e o investimento por parte do Estado de cerca de 4,9 mil milhões de euros para recapitalizar o fundo de resolução bancária.

O primeiro-ministro e líder socialista, António Costa, afirmou sobre o assunto que “a pressa é má conselheira” e há que “dar tempo para se encontrar uma boa solução” para o Novo Banco.

João Galamba ressaltou que “é preciso perceber exatamente o que implicaria ser público”, lembrando que “o Estado já tem um banco público” e “ter dois não seria propriamente a escolha do PS”.

“Divergimos do PCP, agora temos um ano para debater o problema e avaliar potenciais ofertas de compradores e veremos o que vai acontecer. Quem defende a nacionalização do Novo Banco tem de explicar por que a defende, qual o modelo de negócio que defende, qual a compatibilização da existência de outro banco público – com uma dimensão, neste caso, até maior do que a Caixa Geral de Depósitos -, em que medida o acionista Estado teria capacidade financeira para atuar nos dois bancos”, enumerou o deputado socialista.

João Galamba remeteu o sentido de voto do grupo parlamentar socialista relativamente à iniciativa do PCP para depois do natural “debate interno”.

Na segunda-feira, o economista Vítor Bento – conselheiro de Estado de Cavaco Silva e ex-presidente do Novo Banco -, admitiu que a nacionalização da instituição poderá ser “uma saída possível”, considerando que “a venda não será já muito favorável”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Confinamento, covid-19, discriminação. Eis as 10 candidatas a Palavra do Ano de 2020

A Porto Editora revelou esta terça-feira as dez candidatas a Palavra do Ano de 2020. Este ano, a iniciativa lançada em 2009 decorre, pela primeira vez, em simultâneo com Angola e Moçambique. De acordo com o …

Mais mortes e menos nascimentos. Portugal está com o maior saldo natural negativo do século

Como avança o Público esta quarta-feira, há 12 anos consecutivos que há mais mortes do que nascimentos em Portugal, mas este ano o país a bateu o recorde do saldo natural negativo. Desde 2009 que o …

"Não há plano B". Costa deixa avisos e recados a Hungria e Polónia

O primeiro-ministro português, António Costa, alertou, em Bruxelas, que não há um plano B ao bloqueio na aprovação do orçamento da União Europeia (UE) e do novo Fundo de Recuperação criado para responder à pandemia, …

Santos deu "nega" ao Benfica e Lucas Veríssimo ameaçou não jogar

O Conselho Fiscal do Santos "negou" a transferência de Lucas Veríssimo para o SL Benfica. O jogador ameaçou mesmo não entrar em campo contra o LDU Quito, na noite passada. O Conselho Fiscal do Santos emitiu …

Governo britânico substitui confinamento por restrições (com oposição interna no Partido Conservador)

Boris Johnson conseguiu ver aprovado o novo plano de restrições. Dos votos contra, 56 foram de deputados conservadores e 16 de deputados do Partido Trabalhista. O Governo britânico conseguiu ver aprovado o novo plano de restrições …

Sporting tem sete jogadores na porta de saída e outro para trazer Matheus Reis

O Sporting CP quer livrar-se de sete jogadores excedentários que estão a treinar com a equipa B. O clube quer também trazer Matheus Reis já neste mercado de inverno. Aproxima-se o mercado de inverno e o …

Sindicato acusa TAP de manipulação e diz que não há "trabalhadores a mais"

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) acusou a TAP de “manipulação, falta de ética e desonestidade” e defendeu que a empresa não tem “trabalhadores a mais” e deve procurar os “sorvedouros de …

Menos de 1% dos infetados estavam registados na app StayAway Covid

Menos de 1% das pessoas infetadas com covid-19 desde a disponibilização da app StayAway Covid notificaram a sua infeção. Já mais de 2,6 milhões de pessoas têm a aplicação. Desde o lançamento da aplicação de rastreio …

Guardiola lança farpas ao FC Porto, mas até isso Marchesín defendeu

Pep Guardiola mostrou-se frustrado com a forma como o FC Porto disputou o jogo. Entre os postes, Marchesín foi defendendo (praticamente) tudo o que havia para defender. O FC Porto está nos oitavos de final da …

Eurodeputado húngaro opositor do casamento gay é apanhado em "orgia" homossexual

József Szájer foi autor da revisão constitucional que proíbe o casamento gay na Hungria. Este domingo, foi apanhado a quebrar o confinamento ao participar numa "orgia" num bar gay. O eurodeputado húngaro József Szájer foi autor …