Principal opositor de Putin assassinado a tiro junto ao Kremlin

Ilya Schurov / Wikimedia

Boris Nemtsov, principal opositor do presidente russo Vladiimr Putin

Boris Nemtsov, líder da oposição ao presidente russo, foi na noite desta sexta-feira assassinado a tiro, em pleno centro de Moscovo, anunciou a polícia da capital.

O presidente Vladimir Putin já reagiu, considerando o assassínio “uma provocação”.

Boris Nemtsov passeava a pé com uma jovem na Grande Ponte de Pedra, nas proximidades do Kremlin, quando “lhe dispararam quatro tiros nas costas, causando a sua morte”, disse uma porta-voz do Ministério do Interior russo, Elena Alexeeva, à cadeia de televisão Russia 24.

Várias pessoas foram testemunhas do assassinato, adiantou a polícia, citada pela agência noticiosa RIA Novosti.

“Estou a ver, à minha frente, o corpo de Boris. Estão muitos polícias à sua volta”, disse uma pessoa próxima de Nemtsov, o opositor Ilia Iachine, à Ria Novosti.

No local encontravam-se uma dezena de viaturas e ambulâncias, com os polícias a bloquearem o acesso, como testemunhou uma jornalista da agência noticiosa AFP.

Três horas antes de ser assassinado, Boris Nemtsov apelou aos ouvintes de uma rádio moscovita a manifestarem-se, num discurso crítico sobre a Ucrânia e o Presidente Vladimir Putin.

Durante 45 minutos, Boris Nemtsov apresentou as suas propostas para “mudar a Rússia” à rádio Ekho Moskvy.

Boris Nemtsov tinha 55 anos. Foi vice-primeiro ministro do governo do presidente Boris Yeltsin, tendo na altura sido considerado um possível candidato à presidente. Desde o início da presidência de Vladimir Putin, Nemtsov posicionou-se como um crítico activo da sua actuação.

Depois de sair do parlamento, em 2003, ajudou a criar e liderou vários partidos e grupos da oposição.

Era desde 2012 presidente do RPR/PARNAS, Partido Republicano da Rússia / Partido da Liberdade Popular.

Assassinato foi “minuciosamente planeado”

A morte do antigo vice-primeiro-ministro foi “minuciosamente planeada”, adiantaram este sábado os investigadores da comissão responsável pela investigação.

“Não há qualquer dúvidas de que este crime foi minuciosamente planeado, tal como o lugar escolhido para o assassínio”, na Ponte de Pedra, mesmo ao lado do Kremlin, adiantou a comissão de investigação, em comunicado.

“Tudo indica que a arma usada terá sido uma pistola Makarov”, um revólver utilizado pelas forças policiais e pelo exército russo“, prossegue o texto.

Os investigadores encontraram também no local do crime seis cápsulas de munições de calibre 9 mm, provenientes de diferentes fabricantes, o que torna mais difícil rastrear a sua origem.

“Boris Nemtsov dirigia-se com a sua companheira para casa, localizada próximo do local do crime. É evidente que os organizadores e os autores do crime estavam informados do seu trajeto“, concluiu a comissão responsável pela investigação.

Segundo o comunicado, testemunhas do crime foram já interrogadas pelos investigadores.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto sim, é uma Politica Patriótica e de Esquerda. Os que antes da queda do muro de Berlim não sabiam o que era o Comunismo (coitados tão ingénuos e mal informados) podiam s pronunciar-se agora, mas não convém.

  2. Isto sim é uma ditadura no seu melhor! Há alguma diferença que diga que é de esquerda ou de direita? Se há não se nota! O que sobressai são as declarações de um ditador, dirigente máximo de um país dito civilizado, que são de um cinismo e de um faraisaísmo, que se não estivesse em causa a morte de um ser humano, seriam para rir.

RESPONDER

Meteoritos desconhecidos podem estar a "bombardear" a atmosfera da Terra à velocidade da luz

Não é segredo que a Terra ocasionalmente recebe rochas do Espaço que explodem na atmosfera ou causam impacto na superfície. A Terra também vê chuvas de meteoros regularmente sempre que passa por nuvens de detritos …

Descoberto o ingrediente secreto para desenvolver um escudo contra radiação espacial mortal

Investigadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte desenvolveram uma nova técnica para proteger eletrónicos da tecnologia de exploração militar e espacial da radiação ionizante. A nova abordagem é mais económica do que as técnicas …

Guardas e familiares das vítimas pediram clemência. Mas Nicholas Sutton foi executado

O norte-americano foi executado, esta quinta-feira, no Tennessee, devido ao assassinato de quatro pessoas, apesar de alguns pedidos de clemência por parte de guardas prisionais e familiares das vítimas. De acordo com a CNN, Nicholas Sutton, …

O primeiro drone acrobático tripulado de sempre é testado a fazer piruetas

Um novo vídeo mostra que o "Big Drone", da Drone Champions AG, é capaz de fazer acrobacias alucinantes com um passageiro dentro. A tecnologia dos drones melhora de vento em popa com o passar dos anos …

Fenómeno extremo ameaça corais na Grande Barreira na Austrália. E já matou quase metade

A Grande Barreira de Coral da Austrália pode estar a enfrentar a terceira "descoloração" no espaço de cinco anos, fenómeno provocado por um aumento da temperatura das águas do mar. Como avançou o Expresso, este fenómeno …

Trump critica cerimónia dos Óscares, "Parasitas" e Brad Pitt

O Presidente norte-americano criticou a cerimónia dos Óscares, esta quinta-feira, nomeadamente a atribuição do prémio de Melhor Filme para o sul-coreano "Parasitas" e ainda o ator Brad Pitt. Na noite desta quinta-feira, num comício em Colorado …

Paris lança número de emergência para fazer frente à crise de percevejos

O Governo francês lançou uma campanha, esta quinta-feira, para fazer frente à crise de percevejos que se instalou em Paris. Segundo a agência France-Press, citada pelo The Guardian, casas e hotéis da capital francesa estão a …

"Radical chique" e "ressentido". Filho de Paulo Branco pode ter sido o pivot do escândalo sexual em França

Juan Branco, o filho do produtor de cinema Paulo Branco, é o homem do momento em França. O advogado de 30 anos saltou para as luzes dos média no âmbito da divulgação do vídeo sexual …

Alcochete. "Se Mustafá estivesse lá aquilo não tinha acontecido"

O arguido Emanuel Calças disse, esta sexta-feira, em tribunal que, se Mustafá estivesse com o grupo que invadiu a academia do Sporting, "aquilo não tinha acontecido". "Tenho a certeza de que se o Mustafá estivesse presente …

Coronavírus ameaça o têxtil português (mas também é uma "oportunidade")

O sector têxtil nacional está ameaçado e pode parar a produção já em Março. Tudo devido à falta de matéria-prima que vem da China e que se deve à epidemia do novo coronavírus. A "situação …