Boris Nemtsov terá sido assassinado com duas armas diferentes

Ilya Schurov / Wikimedia

Boris Nemtsov, principal opositor do presidente russo Vladiimr Putin

Boris Nemtsov, principal opositor do presidente russo Vladiimr Putin

A peritagem médica do assassinato de Boris Nemtsov mostra que o político oposicionista russo poderá ter sido morto com duas pistolas diferentes, revela jornal russo Kommersant este sábado.

Boris Nemtsov, que ocupou uma série de cargos importantes no governo russo na década de 1990, e passou para a oposição na década de 2000, foi morto no centro de Moscovo na noite de 27 de fevereiro deste ano.

A jovem ucraniana que acompanhava Boris Nemtsov no momento em que o líder da oposição russa foi morto afirma que não viu os assassinos.

A testemunha diz que recorda apenas a passagem de um “automóvel de cor clara”.

“Após ter examinado as características dos ferimentos no corpo do político, os médicos legistas concluíram que as lesões poderiam ter sido causadas por duas armas diferentes“, escreve o Kommersant.

“Nemtsov poderá ter recebido três ferimentos de uma pistola com silenciador, como relatou inicialmente Dadaev, mas outros foram causados por armas que não o têm”, revela o jornal.

Cinco pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento no assassinato uma semana após a tragédia.

Segundo a Sputnik News, o principal suspeito é Zaur Dadaev, de origem chechena. A investigação encontra-se ainda em curso.

Esta sexta-feira foi detido outro suspeito do assassinato, Ruslan Muhadinov, que será o condutor do carro a partir do qual Nemtsov foi baleado e morto.

Desde o início da investigação foram obtidas diversas provas que constatam que o assassinato foi feito sob encomenda.

A investigação não exclui que os autores do crime possam desconhecer quem tenha ordenado o assassinato de Nemtsov.

A imprensa internacional reagiu na altura à morte de Nemtsov – na sua maioria, dando ênfase às actividades oposicionistas do político.

O secretário de imprensa do Kremlin, Dmitri Peskov, reagiu a esse respeito afirmando que “com todo o meu respeito pela memória de Boris Nemtsov, no plano político ele não representava nenhuma ameaça nem para o governo da Rússia nem para Vladimir Putin pessoalmente”.

ZAP / Sputnik

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19: Brasil supera as 100.000 mortes

O Brasil ultrapassou hoje a barreira das 100.000 mortes associadas à covid-19, quase cinco meses depois da confirmação do primeiro óbito no país, indicam dados oficiais divulgados pelas secretarias regionais de Saúde. Segundo os mais recentes …

As vacas leiteiras têm relações complexas (que se alteram quando mudam de grupo)

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Chile e dos Estados Unidos concluiu que as vacas leiteiras vivem em redes sociais complexas que se alteram quando estes animais são movidos para outros grupos.  Para …

Virgin Galactic quer desenvolver avião comercial supersónico (que promete superar a velocidade do som)

A Virgin Galactic vai aliar-se à Rolls-Royce para criar um avião comercial supersónico, ainda mais rápido do que o mítico Concorde. A empresa de turismo espacial Virgin Galactic anunciou uma parceria com a Rolls-Royce para desenvolver …

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …