Verdadeiro autor do atentado de Berlim poderá ser afinal um tunisino

Janos Marjai / EPA

-

As autoridades alemãs suspeitam que o autor do ataque, da passada-segunda-feira, possa ter sido cometido por um tunisino, depois de terem encontrado documentos de identificação no camião que irrompeu contra uma multidão num mercado de natal de Berlim.

Segundo a BBC, a polícia alemã está à procura de um homem de nacionalidade tunisina, chamado Anis A, que nasceu em Tataouine, no ano de 1992.

As autoridades encontraram documentos de identificação no camião que irrompeu, na segunda-feira, contra a multidão num mercado de natal da capital.

Está em curso uma operação policial no estado da Renânia do Norte-Vestefália, uma vez que os documentos em causa foram aí emitidos.

Ainda não é certo se este será o seu verdadeiro nome porque, tal como refere o Der Spiegel, o indivíduo utiliza nomes falsos e terá várias identidades.

Os investigadores acreditam que o suspeito pode estar ferido, na sequência da luta que terá tido com o condutor do camião, que foi assassinado a tiro.

Ao final da tarde desta terça-feira, o paquistanês de 23 anos que tinha sido detido na noite do ataque acabou por ser libertado.

O requerente de asilo esteve a ser interrogado pelas autoridades mas negou sempre o seu envolvimento no atentado que causou a morte de 12 pessoas.

A polícia não conseguiu encontrar nenhuma relação com o jovem, chamado Naved B., e acabou por admitir que tinha “o homem errado”.

Daesh reivindicou o ataque

Ontem, o grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou o atentado através da sua agência de propaganda.

A chanceler alemã, Angela Merkel, já tinha confirmado que as autoridades do país acreditavam que o atropelamento tinha sido um “atentado terrorista”.

“De acordo com o que sabemos, temos que assumir que se tratou de um ataque terrorista“, disse aos jornalistas.

A polícia de Berlim disse que o camião, com matrícula polaca e carregado com vigas de aço, poderá ter sido roubado de uma obra na Polónia.

Além das 12 vítimas mortais, o ataque premeditado fez ainda 48 feridos, sendo que muitos se encontram em estado grave.

Os mercados de Natal na Alemanha estão encerrados e a praça onde ocorreu o ataque converteu-se num local de homenagem às vítimas.

O atentado evoca lembranças do ataque com um camião em Nice, durante as comemorações do Dia da Bastilha, em julho, que provocou a morte a 86 pessoas.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O que é que interessa saber se é tunisino ou magrebino…
    Na Alemanha há milhares de guerrilheiros do Daesh infiltrados com os refugiados que Merkel protegeu, prontos a cometer novos atentados.
    Se a política europeia se resume a ser reactiva e perseguir quem faz o atentado, então podem esperar por muitos atentados, muitas mortes e muitas perseguições…

  2. A Merkel é responsável pela insegurança que se vive na Alemanha e na Europa devido a ter permitido a entrada de milhões de refugiados na Europa. Infelizmente, esse erro vai sair-lhe caro já nas próximas eleições, onde será derrotada por um candidato mais à direita. Os políticos têm que aprender que tomar decisões contrárias aos interesses da maioria do povo, pode ser fatal. O que há a fazer agora é corrigir os erros passados e mandar de volta quem não conseguir provar que é perseguido no seu país, ou seja, que é refugiado.

  3. Talvez seja um tunisino e imaginasse estar a levar um camião de primaveras árabes aos alemães que juntamente com os restantes europeus elogiaram e apoiaram esse começo das guerras pelos países árabes e que tão bons resultados têm trazido tanto a eles com a nós, se não abrirem os olhos de vez qualquer dia teremos a guerra declarada por cá.

  4. Bem… Mas q’a estupidez!..

    Pelos vistos os terroristas continuam a levar consigo e a largar no local do crime, os seus documentos de identificação. Não só nos aviões, como no Bataclan e agora… Na cabine do camião!

    Eu se fosse terrorista, era o que fazia! Não, não era largar o meu passaporte no local do crime… Era gamar o passaporte a alguém e largá-lo no local do crime!
    Aliás… Não era só se fosse terrorista. Se fosse polícia fazia parecido: Primeiro deixava fugir o terrorista e depois dizia que encontrei um passaporte de um gajo qualquer à escolha, sem ter de o mostrar a ninguém.

    Ah e tal… “Vou ali matar umas pessoas mas deixa lá ver se levo a minha identificação, não vá aparecer a polícia…” – Tem pai q’é cego… Mas alguem pode acreditar em tamanha estupidez?!.. Tudo já vale nas agendas políticas e jogos de poder. A quantidade de gente que a oposição da Merkle acabou de mandar matar… Verdadeiramente incrível. Quase tão incrível como as pessoas não perceberem isto.

RESPONDER

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …