Verdadeiro autor do atentado de Berlim poderá ser afinal um tunisino

Janos Marjai / EPA

-

As autoridades alemãs suspeitam que o autor do ataque, da passada-segunda-feira, possa ter sido cometido por um tunisino, depois de terem encontrado documentos de identificação no camião que irrompeu contra uma multidão num mercado de natal de Berlim.

Segundo a BBC, a polícia alemã está à procura de um homem de nacionalidade tunisina, chamado Anis A, que nasceu em Tataouine, no ano de 1992.

As autoridades encontraram documentos de identificação no camião que irrompeu, na segunda-feira, contra a multidão num mercado de natal da capital.

Está em curso uma operação policial no estado da Renânia do Norte-Vestefália, uma vez que os documentos em causa foram aí emitidos.

Ainda não é certo se este será o seu verdadeiro nome porque, tal como refere o Der Spiegel, o indivíduo utiliza nomes falsos e terá várias identidades.

Os investigadores acreditam que o suspeito pode estar ferido, na sequência da luta que terá tido com o condutor do camião, que foi assassinado a tiro.

Ao final da tarde desta terça-feira, o paquistanês de 23 anos que tinha sido detido na noite do ataque acabou por ser libertado.

O requerente de asilo esteve a ser interrogado pelas autoridades mas negou sempre o seu envolvimento no atentado que causou a morte de 12 pessoas.

A polícia não conseguiu encontrar nenhuma relação com o jovem, chamado Naved B., e acabou por admitir que tinha “o homem errado”.

Daesh reivindicou o ataque

Ontem, o grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou o atentado através da sua agência de propaganda.

A chanceler alemã, Angela Merkel, já tinha confirmado que as autoridades do país acreditavam que o atropelamento tinha sido um “atentado terrorista”.

“De acordo com o que sabemos, temos que assumir que se tratou de um ataque terrorista“, disse aos jornalistas.

A polícia de Berlim disse que o camião, com matrícula polaca e carregado com vigas de aço, poderá ter sido roubado de uma obra na Polónia.

Além das 12 vítimas mortais, o ataque premeditado fez ainda 48 feridos, sendo que muitos se encontram em estado grave.

Os mercados de Natal na Alemanha estão encerrados e a praça onde ocorreu o ataque converteu-se num local de homenagem às vítimas.

O atentado evoca lembranças do ataque com um camião em Nice, durante as comemorações do Dia da Bastilha, em julho, que provocou a morte a 86 pessoas.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O que é que interessa saber se é tunisino ou magrebino…
    Na Alemanha há milhares de guerrilheiros do Daesh infiltrados com os refugiados que Merkel protegeu, prontos a cometer novos atentados.
    Se a política europeia se resume a ser reactiva e perseguir quem faz o atentado, então podem esperar por muitos atentados, muitas mortes e muitas perseguições…

  2. A Merkel é responsável pela insegurança que se vive na Alemanha e na Europa devido a ter permitido a entrada de milhões de refugiados na Europa. Infelizmente, esse erro vai sair-lhe caro já nas próximas eleições, onde será derrotada por um candidato mais à direita. Os políticos têm que aprender que tomar decisões contrárias aos interesses da maioria do povo, pode ser fatal. O que há a fazer agora é corrigir os erros passados e mandar de volta quem não conseguir provar que é perseguido no seu país, ou seja, que é refugiado.

  3. Talvez seja um tunisino e imaginasse estar a levar um camião de primaveras árabes aos alemães que juntamente com os restantes europeus elogiaram e apoiaram esse começo das guerras pelos países árabes e que tão bons resultados têm trazido tanto a eles com a nós, se não abrirem os olhos de vez qualquer dia teremos a guerra declarada por cá.

  4. Bem… Mas q’a estupidez!..

    Pelos vistos os terroristas continuam a levar consigo e a largar no local do crime, os seus documentos de identificação. Não só nos aviões, como no Bataclan e agora… Na cabine do camião!

    Eu se fosse terrorista, era o que fazia! Não, não era largar o meu passaporte no local do crime… Era gamar o passaporte a alguém e largá-lo no local do crime!
    Aliás… Não era só se fosse terrorista. Se fosse polícia fazia parecido: Primeiro deixava fugir o terrorista e depois dizia que encontrei um passaporte de um gajo qualquer à escolha, sem ter de o mostrar a ninguém.

    Ah e tal… “Vou ali matar umas pessoas mas deixa lá ver se levo a minha identificação, não vá aparecer a polícia…” – Tem pai q’é cego… Mas alguem pode acreditar em tamanha estupidez?!.. Tudo já vale nas agendas políticas e jogos de poder. A quantidade de gente que a oposição da Merkle acabou de mandar matar… Verdadeiramente incrível. Quase tão incrível como as pessoas não perceberem isto.

RESPONDER

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …