Tunisino detido por alegado envolvimento no atentado de Berlim foi libertado

Michael Kappeler / EPA

-

As autoridades alemãs libertaram esta quinta-feira um tunisino de 40 anos que foi detido por suspeita de ter ligações com Anis Amri, o presumível autor do atentado com um camião num mercado de Natal em Berlim.

Atentado em Berlim

A libertação foi decretada pelo Ministério Público berlinense depois de ter sido verificado que não existia uma relação entre os dois indivíduos.

Uma porta-voz do Ministério Público informou hoje ainda que, de acordo com as investigações em curso, Anis Amri passou efetivamente pela Holanda e por França, antes de chegar a Itália, onde foi abatido a tiro por uma patrulha da Polícia de Milão, durante uma operação de rotina de controlo.

O tunisino foi detido na quarta-feira de manhã depois de a polícia federal ter feito buscas na sua casa e no local de trabalho.

“O falecido suspeito Anis Amri tinha gravado o número de telemóvel deste cidadão da Tunísia, de 40 anos. As investigações indicam que ele pode ter estado envolvido no ataque”, disse na altura o gabinete do procurador responsável pelo caso num comunicado, citado pela agência Associated Press.

No dia 19 de dezembro, um camião conduzido presumivelmente por Anis Amri, também ele tunisino, abalroou um mercado de Natal no centro de Berlim, matando 12 pessoas e ferindo 48.

No dia seguinte, o grupo extremista Estado Islâmico reivindicou o atentado.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Infarmed retira do mercado protetor solar infantil

O Infarmed disse esta sexta-feira que está acompanhar as precauções da agência espanhola do medicamento em relação aos produtos de proteção solar ISDIN, indicando que em novos testes detetou variabilidade e inconsistência no fator de …

Com 13 anos, herdeira da Coroa de Espanha discursa pela primeira vez

O rei Filipe VI transmitiu esta sexta-feira à princesa Leonor o compromisso "pessoal e institucional" que possui como herdeira da Coroa na entrega dos Prémios Princesa de Astúrias 2019, cerimónia acompanhada no exterior por uma …

"El Mencho" quer ser o próximo "El Chapo" (e está a matar polícias para o conseguir)

"El Mencho", líder de um dos cartéis mais influentes do México, foi responsável pelo massacre de 14 polícias. O barão da droga quer ser o próximo "El Chapo". No México, Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como "El …

Marcelo promulga regime de acolhimento residencial para crianças e jovens em perigo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta sexta-feira o diploma governamental que estabelece o regime de execução do acolhimento residencial, medida de promoção dos direitos e de proteção das crianças e jovens …

Lenny Kravitz regressa a Lisboa para um concerto em 2020

Lenny Kravitz regressa a Portugal em 2020. O músico irá atuar na Altice Arena, em Lisboa, no dia 25 de julho do próximo ano. Este concerto faz parte da digressão "Here to Love", de apoio ao …

Conspirador condenado a pagar 450.000 dólares por negar massacre de Sandy Hook

Um tribunal de Wisconsin, nos Estados Unidos, condenou um conspirador a indemnizar o pai de uma das crianças que morreu no tiroteio de Sandy Hook, em 2012, com 450.000 dólares depois de este afirmar que …

Adepto do Nápoles acusado da morte de apoiante do Inter

  O adepto do Nápoles tem antecedentes criminais e, segundo a investigação, poderá estar ligado à camorra, uma organização criminosa italiana. Um adepto radical do Nápoles foi esta sexta-feira detido sob a acusação de homicídio de um …

As temperaturas no Qatar estão tão altas que já há ar condicionado nas ruas

As temperaturas no Qatar, um dos lugares mais quentes do planeta, aumentaram tanto que as autoridades estão a instalar equipamentos de ar condicionado no exterior dos edifícios, nas ruas e nos mercados. O país, onde as …

Quadro de Nicolas de Staël vendido em Paris por valor recorde de 20 milhões de euros

Um quadro do pintor francês, de origem russa, Nicolas de Staël, foi vendido por 20 milhões de euros, um recorde para o artista, num leilão que decorreu em Paris e que foi organizado pela casa …

Duterte encoraja polícia a “matar todos” os suspeitos de tráfico de droga

O presidente das Filipinas encorajou o novo chefe da polícia da cidade de Bacolod, no centro do país, a matar todos os suspeitos de tráfico de droga. “Tens permissão para matar todos”, disse esta quinta-feira Rodrigo …