PJ faz buscas na Câmara de Pedrogão Grande

Município de Pedrógão Grande / Facebook

O presidente da Câmara de Pedrogão Grande, Valdemar Alves (à direita).

A Polícia Judiciária está a realizar buscas na Câmara de Pedrogão Grande no âmbito das suspeitas de irregularidades na atribuição de fundos para a reconstrução de casas destruídas pelo grande incêndio de 2017, revelou fonte da Polícia Judiciária (PJ).

As buscas dos inspetores da PJ realizam-se também na Casa da Cultura, onde esteve sediado o gabinete que analisava os processos sobre a reconstrução das casas.

A notícia foi avançada pela TVI24. Entretanto uma fonte da PJ esclareceu à agência Lusa que são diligências de investigação no “âmbito do processo de atribuição de fundos para a reconstrução de casas”.

“Estamos empenhadíssimos em investigar num prazo curto”, sintetizou a referida fonte.

Em causa neste processo estão denúncias feitas por duas reportagens, uma da Visão e outra da TVI, que aludiam a situações ilegais na atribuição de fundos para a reconstrução de habitações.

As duas reportagens referiam que casas que não eram de primeira habitação foram contempladas com obras em detrimento de outras mais urgentes, e também que casas que não arderam foram reconstruídas com fundos solidários.

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Abrunhosa, negou a existência destas situações, mas, ainda assim, enviou 21 processos para análise ao Ministério Público.

O presidente da Câmara de Pedrogão Grande, Valdemar Alves, também negou estas acusações, enviando igualmente para análise um conjunto de processos.

O incêndio que deflagrou em 17 de Junho de 2017, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrogão Grande, e que alastrou depois a concelhos vizinhos, provocou 66 mortos e 253 feridos, sete deles com gravidade, tendo destruído cerca de 500 casas, 261 das quais eram habitações permanentes, e 50 empresas.

Em Junho, no inquérito relacionado com a responsabilidade do incêndio, eram 10 os arguidos, todos pessoas singulares, de acordo com a Procuradoria-Geral Distrital de Coimbra.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. É tudo muito estranho. Aquela gente deixou que as casas fossem construidas e só depois é que veem denunciar? Porque não denunciaram logo quando as mesmas estavam a começar a reabilitação? Ai se havia ilegalidade podiam parar.
    Ou estavam à espera que também chagasse a eles e como não chegou vieram então fazer a denuncia.

    • É tudo muito estranho. Aquela gente deixou que as casas fossem construidas e só depois é que veem denunciar? Porque não denunciaram logo quando as mesmas estavam a começar a reabilitação? Ai se havia ilegalidade podiam parar.
      Ou estavam à espera que também chegasse a eles e como não chegou vieram então fazer a denuncia.

  2. O Baldermar tb conhecido como baldemerd.. sempre foi conhecido pelas malandrices… mas noutro partido..
    COmo já nada podia fazer… limites de mandatos..
    Mudou-se para o do Costinha… e continuou a brincar… é assim..
    Vamos lá ver quando começarem a desenterrar mais uns casos que por ali houve..

  3. “É tudo muito estranho” foi necessário a coragem de uma jornalista da TVI, desmascarar algum de incorreto, e já foi ameaçada ir a tribunal por falar de mais.
    Será que não há Autoridades Policiais para investigar estes e outros casos?
    Sr. Presidente Marcelo, o seu povo não quer só Beijinhos e Aulas de Natação. na sua situação exija Disciplina Rigor e Honestidade nos seus Políticos

    • O Sr. Presidente Marcelo, está tão ocupado a promover Fátima e o catolicismo, pois, não terá tempo para exigir Disciplina, Rigor e Honestidade…

RESPONDER

Infarmed já tem substituto para medicamento de Parkinson que esgotou

O Infarmed, Autoridade Nacional do Medicamento, garantiu uma alternativa ao Sinemet, medicamento para a doença de Parkinson que está esgotado nas farmácias portuguesas. "Na sequência das diversas reuniões com as empresas que têm medicamentos nesta área, …

Outono chega no domingo com temperaturas de verão

O outono começa no domingo com temperaturas acima dos 30 graus Celsius, podendo aproximar-se dos 40 nas regiões da Beira Baixa, Alentejo e Vale do Tejo, segundo Ricardo Tavares, do Instituto Português do Mar e …

Sánchez disposto a ir ao senado explicar “erro numa passagem” do seu livro

O primeiro-ministro espanhol disse, esta quinta-feira, que está disposto a ir ao senado explicar o "erro numa passagem" de um livro que escreveu e que "vai ser corrigido", avisando a oposição que vai continuar a …

Empresa austríaca cria método que transforma plástico em petróleo

A companhia petrolífera austríaca OMV apresentou esta quinta-feira um inovador procedimento que permite a produção de petróleo a partir de resíduos de plástico - material que é precisamente fabricado a partir deste recurso natural. A inovadora …

José Sócrates promete escrever um livro sobre a "traição" do PS

O ex-primeiro-ministro socialista compara a sua situação com a do ex-Presidente brasileiro Lula da Silva. A única diferença, segundo José Sócrates, é que "o PT manteve-se sempre ao lado de Lula". Numa entrevista ao Folha de …

Em nome da ciência, polvos tomaram ecstasy (e houve muito amor à mistura)

O que é que acontece quando um polvo consome drogas, mais concretamente ecstasy? Cientistas norte-americanos tiveram a oportunidade de realizar essa experiência. De acordo com o Science Alert, a equipa de investigadores deu MDMA, substância psicotrópica …

Recapitalização da CGD faz disparar défice de 0,9% para 3%

Sem a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD), o défice orçamental de 2017 situar-se-ia nos 0,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Mas o cheque de quase 4 mil milhões de euros que o Governo …

Jovem foi violada quando estava inconsciente. Tribunal fala em "sedução mútua"

Uma jovem de 26 anos foi violada por dois indivíduos quando estava desmaiada, numa discoteca em Vila Nova de Gaia. A Relação do Porto entendeu que os criminosos não devem ser condenados a uma pena …

7 dos 10 políticos mais ricos de Portugal são do PS. Basílio tem 11 milhões

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, tem um património superior a 11,5 milhões de euros, sendo assim o político em funções mais rico de Portugal. Os dados são avançados pela revista Sábado …

Trump ameaça paralisar Governo se não houver dinheiro para o muro

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou esta sexta-feira travar um acordo orçamental que permitiria evitar a paralisação das instituições federais do país, por este não prever financiamento para construir o seu desejado muro na fronteira …